Chegadas e partidas

_ Acorda, Maddyrain! Acorda! Não pode acontecer nada que o viado logo peida e desmaia. 
_ Please, Litta... foi tudo um sonho, néam? Minha mãe não tá ali na porta, tá?
_ Tô sim. Não vai me convidar pra conhecer teu apartamento?
_ D. Beth, mas que visita inesperada!
_ "D. Beth" o cacete, bicha falsa.
_ Tô vendo que é de criação esse seu jeitinho meigo de ser, Maddyrain... - enquanto isso, D. Branca assistia tudo de camarote gozando horrores só de pensar na fofoca que ia contar pras outras velhas do prédio.
_ D. Branca, a senhora pode voltar pra portaria, tzá? O show acabou. 
_ Acabou nada... tá só começando...
_ Mas que mastrócula essa sua zeladora! - minha mãe tem um vocabulário todo próprio. Sentei no sofá.
_ Quando é que você voltou? Xente... podia ter ligado, néam?
_ E eu não te conheço? Ligar pra você não atender? Decidi chegar de supetão.
_ Mas então... chegou numa péssima hora porque nós já estávamos de saída, né Maddyrain? Temos um voo, gata. Apressa essa visita.
_ Mãe, tá dado o recado... A xente tá indo viajar pra Itália.
_ E não vai levar a mama?
_ Hmmm...
_ Não! 
_ Aim, não, mãe. Não dá. Depois que eu voltar de lá você vem me visitar de novo, tzá?
_ Deixa a chave daqui comigo. Venho regar suas plantinhas.

_ Elas são de plástico, mãe. Não precisam de água...
_ Então eu venho tirar o pó.
_ Não vai entrar pó com as janelas fechadas.
_ Deixa a chave comigo pra eu abrir um pouco, então. Precisa arejar a casa.
_ Aim, mas que mãe chata! Ela já não te falou "não" duas vezes? Tá achando que isso aqui é aquele questionário pra virar judeu? Na terceira vez vai receber um "sim"? - xente! Litta Walitta queria mesmo viajar!
_ Bom, você acha que eu não sei por que você não quer deixar a chave comigo? Tá com medo de que eu beba todas suas bebidas importadas, né?
_ Naum... tô mais preocupada com meu padê edição limitada do Japão mesmo. Não tem bebida importada aqui, mas como passarei pelo freeshop essa situação está prestes a mudar. Aí você pode ter certeza de que não te chamarei mesmo.
_ Assim você me magoa...
_ E assim nós perdemos o nosso voo. Vamos, Maddyrain. Agora. Junto.

Despedi-me de minha mãe e tomamos um táxi até o aeroporto. Sim, a corrida custou os olhos da cara, mas como quem tem olho de kool vai a Roma (no nosso caso, Nápoles), pagamos o taxista com um bokétji de duas bocas. Quem é que consegue recusar a duas bocas aveludadas no cacete, néam? Eu particularmente dispenso...
Olha, eu adógo a atmosfera dos aeroportos. Uns indo, outros voltando. Abraços de despedida e de reencontro. Mas nada me deixa mais loka do meu kool do que entrar no freeshop e fazer a loka dos perfumes... dos chocolates... das vodkas... Eu já queria voar com carregada de bebida, mas Litta me conteve. 
Assim que sentamos no avião, Litta me passou a melatonina para ajudar no sono. Eu ficar acordada durante mais de doze horas num avião sem nada pra fazer? Nem morta! Fechei os olhos e peguei no sono. Sonhei que fazia uma performance no avião que nem os aeromoços daquele filme do Almodóvar, "Amantes Passageiros". Aliás, filme péssimo! Só essa cena salva. Acordei e ainda estávamos no ar.

_ Aim, já tamos chegando?
_ Aonde?

_ Na Itália, ué!
_ Maddyrain, gata... a xente nem saiu do Brasil ainda.

_ Mas eu já dormi por tanto tempo... Não tô mais com sono.
_ Então prepare-se porque minha melatonina já acabou.

Fiquei tão feliz em saber que ainda tinha doze horas enlatada naquele avião!

Familiar Feeling

Radio Edit
DJ Plankton's Country Slice Remix
Doctor Rockitt Comes Close Mix
Robbie Rivera's Vocal Mix
Robbie Rivera's Dark & Sexy Mix
Robbie Rivera's Juicy Dark Dub
Timo Maas Main Mix
Timo Maas Main Mix Edit
Timo Maas Dub
Max Reich Vocal Mix
Max Reich Vocal Mix Edit
Max Reich Dub
Martin Buttrich Remix
Martin Buttrich Remix Edit
Martin Buttrich Instrumental


Tentaram me jogar no mar como oferenda à Iemanjá, mas eu voltei:
Xente, que loucura! Eu achei que já tinha postado "Familiar Feeling" aqui no blog séculos atrás, mas parece que me confundi. Que relapso, Maddyrain! Bom, como a música não fez aquele sucesso absoluto (como a grande maioria dos singles do Moloko), super se jogue na Radio Edit. Um pop eletrônico com pegada folk bem gracinha. A voz da Róisín Murphy é uma delícia e o Moloko se foi faz tempo, mas deixou saudade.
Aproveitando esse pezinho no folk/country, o DJ Plankton's Country Slice Remix parece quase uma versão acústica no celeiro. Super interessante e recomendado!

Bom, eu adógo praticamente tudo que o Robbie Rivera coloca a mão e o Robbie Rivera's Vocal Mix não é diferente. Um club dance climático e perfeito! Adoro a evolução desse remix. As outras versões que ele fez eu acho que ficaram muito pesadas e não combinam com o clima da música.
Timo Maas tava meio que na crista da onda (aim, me sinto TÃO velha quando falo assim) quando ele remixou "Familiar Feeling". O Timo Maas Main Mix também se joga na buatchi, mas tem uma pegada mais eletrônica. Os vocais da Róisín combinam perfeitamente com as batidas dele. Um remix bem digno! O Max Reich Vocal Mix também é bem jogativo, mas eu acho um tanto cansativo...
Por fim, nada como a phynesse do Martin Buttrich Remix. Um remix lounge super gostoso pra você deixar tocando enquanto recebe os amigays em casa e serve canapés comprados prontos no Pão de Açúcar.

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
Aim, só uma versãozinha de nada.

robbie rivera's dark & sexy mix edit  5:11

4 Bilus felizes:

Bilu Demanding disse...

Que lindinho. Mas vai viajar mesmo assim? Então tá bom.
Boa sorte nas suas 12h. 1 beijo.

Maddyrain disse...

Gata, como diria a Madonna, "Ciao, Italia!"

Um beijo,
Maddyrain

Fini disse...

Lindo lindo lindo. Eu tenho uma coisa com inventar histórias na minha mente, e com esse texto foi no céu e voltou. Já te falei que Goodbye da Celine tá na minha vida mais forte a cada dia? Entón, podia ter remixes pra dar uma passadinha aqui. Mas acho que Celine não ia querer a música da morte das mães virando batidao ahahaha
Beijos.

Maddyrain disse...

Obrigadjénha, Fini. Fico super contente quando vocês gostam do que eu escrevo.
Um beijo,
Maddyrain

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela