Vamos falar da Celine Dion: All the Way... A Decade of Song

Minha xente, o que fazer depois de um sucesso nível "My Heart Will Go On"? Encerrar a carreira com medo de um fracasso monumental? Essa é a saída que muitos artistas atuais podiam ter seguido, néam? Mas no caso da Celine, a bunita seguiu lindamente em frente após o sucesso avassalador do "Let's Talk About Love" e um álbum natalino que... bom... é um álbum de Natal garai! Mas antes se se jogar nos anos 2000, por que não lançar uma coletânia? Aliás, já tava na hora, principalmente depois de dez anos na estrada e uma cacetada de hits.
"All the Way... A Decade of Song" é a primeira coletânia com os singles de sucesso em inglês da Celine Dion e não podia ter vindo em melhor momento. É claro que a escolha das faixas é duvidosa... principalmente por não conter "Misled"! Tirando "Love Can Move Mountains", só tem baladinha! Enfim, é basicamente delas que vive Celine, néam?

A coletânia foi lançada no final de 1999 e não vou citar ou listar as músicas já lançadas em outros álbuns, tzá? O que nos importa hoje são as músicas inéditas! A única que teve uma divulgação mais forte foi o primeiro single, "That's the Way It Is". Em seguida, Celine tirou suas merecidas férias de dois anos antes de lançar seu próximo álbum. Enfim, o tracking list de inéditas do "All the Way" é o seguinte:

10- That's the Way It Is (single)
11- If Walls Could Talk
12- The First Time Ever I Saw Your Face (single)
13- All the Way
14- Then You Look at Me
15- I Want You to Need Me (single)
16- Live (for the One I Love) (single)

Bom, sete músicas novas numa coletânia é muito bom, néam? Pra quem tá acostumado com duas... ou no máximo três... tá ótemo! Celine foi generosa com seus fãs, não podemos negar, e também feliz na escolha dos produtores de That's the Way It Is, que trabalhavam na época com Britney Spears, Backstreet Boys e outras generalidades do mesmo tipo. Era a fórmula pro sucesso! E, surpresa... surpresa... é uma das melhores tentativas da Celine de fazer algo mais dançante até hoje! Uma graça de música.
If Walls Could Talk foi produzida por Mutt Lange, ninguém menos que o produtor e ex-marido da Shania Twain. Vale a pena lembrar que no final dos anos 90 não se falava de nada além do sucesso da bunita (que participa nos backing vocals). Uma baladinha mega lindinha que Maddyrain ama. Era pra ter sido lançada como single, mas foi cancelada. Uma pena!

The First Time Ever I Saw Your Face é cover da Roberta Flack e é lindíssima! Quase... quase... tão maravilhosa quanto à original. Celine canta com todo seu poder vocal e emoção arrepiando até os pelos mais resistentes do meu edy. All the Way é um dueto espírita com Frank Sinatra, mas não faz muito meu tipo. Tenho tendência a não gostar desses duetos póstumos...
Then You Look at Me tentou reproduzir o sucesso de "My Heart Will Go On". A música faz parte da trilha sonora do filme "O Homem Bicentenário" e também foi produzida pelo James Horner. Talvez porque o filme foi um fracasso, a música acabou não vingando. Outra faixa em que a voz da Celine mega se destaca.
Continuando o show de vocal diva, I Want You to Need Me arromba meu edy de todas as formas. Aim, que música forte! Ganhou remixes do Thunderpuss, mas que não combinam com o melodrama da original. Por fim, a coletânia fecha com Live (for the One I Love), que foi tirada do musical inspirado no livro "O Corcunda de Notre Dame". É uma balada muito bonita, mas sou tão mais tocada pelas outras que vêm antes que acabei nunca dando muita atenção a ela.

"All the Way" fez bastante sucesso e recebeu ótimas críticas. Com tanta música inédita, deu pros fãs aguentarem as férias da Celine numa boa. Claro que todo mundo tava curioso pra saber como a bunita viria no novo milênio! Aliás, todos os artistas atuantes nessa época eram "vítimas" do próximo milênio. Será que o bug do milênio afetaria suas carreiras?

Um beijo,
Maddyrain

That's the Way It Is

Metro Club Mix
Metro Edit

I Want You to Need Me

Thunderpuss Club Mix
Thunderpuss Club Instrumental
Thunderpuss Radio Mix
Thunderpuss Tribapella
ThunderDub


Tô bunita, não tô? Finalmente:
Xente, hoje é dia de post duplo! Sorriam! A vida é bela, after all... Bom, na verdade, a quantidade de remixes pra "That's the Way It Is" era tão grande que seria melhor nem postá-la, néam? Eu sou fã das produções do Metro e acho o Metro Club Mix um dance super gostosinho que combinou perfeitamente com a versão original. Uma graça!
E vejam só até quem foi remixada pelo Thunderpuss! Celine Dion! Bom, separem seus plugs de ouvido, porque o Thunderpuss Club Mix é de um escândalo sem igual. Lembro que quando esse remix tocava na buatchi, a bicharada corria pro bar, porque é muito grito agudo. Bom, eu AMO a versão original de "I Want You to Need Me" e acho essa versão club bastante dispensável, mas como é Thunderpuss, não dá pra não bater cabelo, néam? O ThunderDub é um tanto mais digestível.

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
Amores, na verdade, só tô interessada nessa edição alternativa do remix do Metro pra "That's the Way It Is". A versão ao vivo com o (sofrível) *NSYNC eu não sou obrigada!

live with *NSYNC  4:01
metro edit - alt mix  3:20

3 Bilus felizes:

Crizoste Oliveira disse...

Maddy minha goxtosa, me llame solemente as Criz. Two questions minha mona:

1º Vc realmente tem esperança da Celine lançar um Confessions ou um Light Years da vida?

2º Sua opnião vale mais que muitos Metacritics da vida alheia por aí. Diga-me, vc acha que a Celine desceu ladeira abaixo junto com a Mariah (feat. Janet Jackson) nos últimos lançamentos? Pq honestamente.. só vem coisa pior que a outra.. odeiio...

Fini disse...

As edições são uma loukura! A do brasil é mais simpleszinha, e nem ganhou Love Can Move Mountains.
Os back's da Shania são um desbunde! Ela fez mais coisinhas no próximo álbum da Celine, não?

Maddyrain disse...

Criz, amore, eu duvido MUITO que a Celine lance um album todo dançante. Não é a cara dela, néam?
E minhas opiniões são só achismos, mas fico feliz que você goste deles!

Fini, amore! Não tenho certeza se a Xana participou no próximo álbum, viu...

Um beijo,
Maddyraib

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela