Vamos falar da Celine Dion: Falling into You

Aim, amores. Se no último post sobre a Celine eu dei a entender que faria algum comentário espirituoso sobre o "D'eux", seu principal álbum em francês, super peço desculpas, mas NÃO vou. O principal motivo é que não tem single nenhum com remixes tirado dele (que é o que importa nesta joça) e não vou gastar meu francês assim sem receber uma gorjetinha antes, tzá? 
O importante é citar que ele foi lançado um ano antes que o "Falling Into You", em 1995. Digo que o "D'eux" é o principal álbum da Celine em francês porque foi o que mais vendeu até hoje. Inclusive, segundo o Wikipedia, foi o álbum em francês que mais vendeu no mundo! Olha que loucura! Além disso, algumas músicas dele acabaram respingando em inglês no "Falling into You". "D'eux" é um álbum muito bom e sempre que o escuto me dá uma tristeza de não saber francês... Recomendo.

Enfim, vamos falar do "Falling into You", sim? Como deu pra perceber, Celine havia chegado no lugar que realmente merecia. Depois de um álbum em francês ahazzando nas vendas, o lançamento de "Because You Loved Me" impulsionou ainda mais o fenômeno chamado Celine Dion e as vendas do novo álbum bombaram alucinadamente. Enquanto Mariah começava a flertar com seus amigos do gueto, Celine preferiu continuar fiel ao seu estilo de pop romântico com um álbum repleto de baladas.
Para ajudá-la na produção, Celine contou com um time enorme de produtores, mas ainda recorrendo ao Ric Wake para as (poucas) faixas mais animadas. Nas baladas, temos David Foster (do "Something to Remember" da Madonna), Rick Nowels (que viria a produzir algumas faixas do "Ray of Light"), Jean-Jacques Goldman (com quem a Celine havia trabalhado no "D'eux"), entre outros.

Eis que em março de 1996, "Falling into You" chega as lojas e é calorosamente recebido pelos fãs da Celine e pela crítica musical, que elogiou a evolução musical desde o "The Colour of My Love" e a inclusão de novos elementos às suas musicas. 
O tracking list final (e de suas dezenas de edições internacionais) é o seguinte:

1- It's All Coming Back to Me Now (single)
2- Because You Loved Me (single)
3- Falling into You (single)
4- Make You Happy (promo)
5- Seduces Me
6- All By Myself (single)
7- Declaration of Love
8- Dreamin' of You (promo)
8- (You Make Me Feel Like) A Natural Woman (bônus das edições internacionais)
9- I Love You
10- If That's What It Takes
11- I Don't Know
12- River Deep, Mountain High
13- Call the Man (single)
14- Fly
14- Your Light (bônus de algumas edições internacionais)
15- The Power of the Dream (bônus da edição asiática) (single)
16- Sola Otra Vez (bônus das edições latinas)

Sim, meus amores, é preciso ter fôlego pra encarar a anaconda de quase oito minutos chamada It's All Coming Back to Me Now, um cover dos anos 80 que eu confesso não conhecer (e também não tenho a menor intenção de conhecer). Uma verdadeira odisséia do cafonismo. Tudo acontece nessa música eterna: piano... castanholas... guitarra e, claro, os berros da Celine. 
Em seguida, uma das baladinhas mais famosas da bunita, Because You Loved Me. A música fez um sucesso absurdo e ficou mais conhecida que o filme "Íntimo & Pessoal", onde ela aparece. Super fofa e romântica, é música pra namorar juntinho do seu bophy.
Falling into You é uma graça. Outro cover de música desconhecida e mais uma baladinha engatilhada, mas é um pouquinho mais animada. Pra quebrar tantas baladas, temos Make You Happy, que virou promo aqui no Brasil. Tem uma pegada... reggae (?!) bem passável. Nunca mudou minha vida.

Depois de fumar seu beck ao som de Celine Dion... aim, já pensou!? ahahahahaha Enfim, depois desse momento mais descontraído, todo mundo com a navalha na mão ao som de Seduces Me. Sabe... quando comprei o "Falling into You" milênios atrás, eu até a achava linda, mas hoje acho de uma breguice sem fim. Muito drama nessa vida curta!

All By Myself é outro cover e eu detesto todas as versões desta música. Com os berros da Celine não é diferente. Declaration of Love é outra tentativa de levantar o clima do álbum, mas... puta que pariu! Toda errada! Ric Wake cagou geral. 
Enfim, lá vem mais um cover! Vejam só quanta inspiração! (You Make Me Feel Like) A Natural Woman é bem famosa na voz da Aretha Franklin e Celine tenta fazer a mesma coisa, mas sorry... outra faixa que eu SEMPRE pulo.

E aí começa a parte que eu mais gosto do "Falling into You". Imagino que se ele fosse um LP, esse seria o lado B. Dreamin' of You é uma gracinha! Virou promo no México apenas, o que é uma pena. Tinha tudo pra estourar. I Love You é quase uma evolução natural de Dreamin' of You, já que mantêm praticamente o mesmo climinha. Outra que adoro. 
If That's What It Takes é na verdade a versão em inglês de uma música do "D'eux". Uma delícia! Forma um trio tão gostoso de baladas sem deixar ninguém querendo se matar. I Don't Know também já havia aparecido em francês no "D'eux", mas é mais pesada. Aqui a navalha volta pra mão, mas eu a adoro. Sempre imagino a Joana D'arc quando ela toca. Sei lá... vai entender.

E você pensando que os covers tinham acabado!? Temos ainda River Deep, Mountain High! Celine tentou ser Aretha e agora se joga na Tina Turner. Enfim, ela não consegue de novo. Call the Man (que SEMPRE me lembra "chame o velho") é uma baladinha com pegada gospel bem linda. O coral é muito bonito e bem colocado. Fly (outra faixa do "D'eux") também parece uma evolução natural da faixa anterior. Super bonita e tocante. Acho linda... de verdade.
Quanto aos inúmeros bônus, Sola Otra Vez é a versão em espanhol de All By Myself. Your Light tem uma pegada country/rock que nem parece que é a Celine cantando! É interessante, mas não parece pertencer ao "Falling into You". Por fim, The Power of the Dream, que só foi lançada no Japão, foi tema de alguma Olimpíada por aí. Bem música desse tipo de celebração mesmo. Não é feia nem nada, mas... enfim. Sabem música de desenho da Disney que é tudo igual? Entonces...

Minha única grande crítica ao "Falling into You" é a quantidade elevada de baladinhas. Claro que eu gosto da maioria, mas ficou faltando uma faixa mais dançante (e boa). Enfim, a pergunta que não quer calar é: será que a Celine imaginava o que estava reservado para ela no seu próximo álbum?
Enfim, levaria apenas um ano para Celine aparecer com o "Let's Talk About Love" e estufar toda uma população mundial com "My Heart Will Go On"...

It's All Coming Back to Me Now

Radio Edit 1
Radio Edit 2
The Moran Anthem Mix Pt. 1
The Moran Anthem Mix Pt. 2 (low quality...)
The Moran Anthem Mix
The Moran Anthem 7" Edit
The Moran Breakdown Dub (low quality...)
The Moran Virtuous Dub (low quality...)
Classic Paradise Mix
Classic Paradise Radio Mix #1
Classic Paradise Radio Mix #2
Amnesia Mix
Prophet Mix
Aphrodisiac Mix


O jantar de ontem tá voltando... Cuidado!
Amores, nada melhor do que ser brega e cafona e não ter vergonha disso! "It's All Coming Back to Me Now" é uma baladjénha mela calcinha, cueca, sutiã... enfim... tudo! Não faz muito tempo que ela apareceu por aqui, mas além de terem apagado o link, é o único single com remixes do "Falling into You". A versão original é enorme e dá sono, por isso fiquem com o Radio Edit. Tenho certeza que vocês conhecem.

Curiosamente, alguém decidiu que a música viraria hit das buatchis e chamou o Tony Moran pra dar uma levantada no clima deprê da original. O The Moran Anthem Mix Pt. 1 tem 10 minutos de pura glamour bilu quando ele ainda fazia remixes interessantes e originais, com direito a backing vocals novos. Adóro! O remix é um dance bem anos 90 com pianinho, batidas tribais... enfim, tem de tudo um pouco! Os dubs dele também são interessantes, mas a qualidade tá pra lá de cagada pra eu recomendar.

A gravadora também chamou o Love to Infinity para fazer exatamente o mesmo trabalho que ele fizeram ao longo dos anos 90 inteiros! O Classic Paradise Mix não tem nada de diferente dos outros remixes do Love to Infinity, mas mesmo assim a xente ama, néam? Como sempre, eles deixavam a criatividade fluir mais nos remixes que não levavam o nome "Classic Paradise", mas isso não quer dizer que eles são bons... Fika a dika!

10 Bilus felizes:

Anônimo disse...

No dia que Celine lançar um álbum dançante a criatividade (dos produtores, claro), ou voz, terá acabado.
Ai Maddiê, amo It's All Coming Back To Me Now, de forma louca e compulsiva. Até o nome é enorme nessa 'anaconda' hahaha. Acho que abre perfeitamente o álbum.
Mas minha favorita está no próximo. Nem vem gongar The Reason, hein!

Beijos, Bilu Demanding.

Maddyrain disse...

Bilu Demanding, saudade da senhorita por aqui!

Olha, um álbum dançante da Celine eu juro que não estarei viva pra ver! Se nem álbum de remixes ela lançou até agora...

PS.: AMO The Reason!!!!

Maddyrain

Anônimo disse...

A senhora que anda sumida, pois eu passo todo dia por aqui.

Beijos, Bilu Demanding.

Ps.: Cagando flores e vomitando arco-íris com The Reason.

Maddyrain disse...

Aim, adógo minhas fieis escudeiras.

Beijo nesse edy sofrido, mas florido.

Ah, e o próximo post vai ser sem texto, só pra desovar uns Michael Jacksons encostados aqui....

Anônimo disse...

Essa época foi o primeiro pezinho da Maria na sujeira e bandidagem. Ai, ninguém merece. Seguimos firmes e fortes com a Celine!
Michael sem textinho? E o que dizer da morte do Chavez?

Anônimo disse...

Maddy, que tal inovar na escolha dos remixes para o Daydream da Mariah?
Muitos dos remixes dele já passaram por aqui, mas alguns singles não estiveram no seu blog. Seria legal novidades.
Te adoro.

Anônimo disse...

Viu a apresentação de All I Want For Christmas, que lindeza?

Anônimo disse...

Maddy, por que a Celine nunca veio se apresentar no Brasil? Será que ela tem medo?

Fini disse...

Qual sua versão favorita de I Drove All Night?

Maddyrain disse...

Aim, fico alguns dias sem ligar meu PC arcaico e sou estufada de mensagens! Adoro!

O que dizer da morte do Chavez? Ué, morreu, néam? Não achei nada de mega importante pra parar minha vida...

Amore, o single do "Daydream" que eu selecionei ainda não apareceu por aqui... Aguardji.

Não vi nada da Mariah ao vivo... aliás, tenho medo de vê-la ao vivo atualmente...

Celine nunca deve ter vindo pro Brasil pq é esperta e tem medo dos bárbaros que por aqui encontrará! AHAHAHAHAHAAH A loka, brincadeira... Celine agora virou diva de Las Vegas, néam? Acho difícil ela lotar um estádio aqui.

Quando chegar a vez de I Drove All Night você descobrirá, amore, mas já adianto que não gosto desta música na voz dela. Ninguém conseguirá vencer a versão da Cyndi Lauper...

Um beijo,
Maddyrain

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela