Vamos falar da Mariah Carey: Emotions

Ainda curtindo todo o sucesso de seu primeiro trabalho, Mariah Carey não teve tempo nem pra gastar seu tão merecido dinheirinho na Macy's mais próxima de sua casa. Voltou correndo pro estúdio e começou as gravações de seu segundo álbum.
Felizmente, ainda estamos falando de uma Mariah Carey inocente e talentosa, sem precisar chamar toda a gangue mais perigosa de rappers americanos pra cagar na sua música. Entonces, quem Mariah decidiu convocar pra produzir suas novas músicas? Ninguém menos que o fenômeno house/dance C&C Music Factory pra dar um clima mais dance ao álbum. Além da dupla, Mariah voltaria a parceria com Walter Afanasieff nas baladinhas e teria uma música escrita e produzida pela lendária Carole King.

Pouco mais de um ano após o lançamento do "Mariah Carey", eis que vem outro álbum da bunita. "Emotions" foi lançado em setembro de 1991 e caiu no feitiço do "segundo álbum". Sabem o que acontenceu com a Lady Gaga? Então... Felizmente, Mariah não ficou presa a um segundo álbum fraco, como a xente bem sabe. Os críticos elogiaram a nova sonoridade proposta pela bunita, mas as vendas nunca foram tão boas quanto às do primeiro álbum. Enfim, "Emotions" apresenta de novo um número bem enxuto de músicas e bem poucos singles:

1- Emotions (single)
2- And You Don't Remember
3- Can't Let Go (single)
4- Make it Happen (single)
5- If It's Over
6- You're So Cold
7- So Blessed
8- To Be Around You
9- Till the End of Time
10- The Wind

Emotions foi o carro chefe do segundo trabalho da Mariah em todos os sentidos: é a primeira música e primeiro single do álbum de mesmo nome. Temos aqui um pop dance que hoje em dia é bem datado. Nunca me pegou de jeito e a considero bem marromenos. Podia ter aproveitado melhor o talento do C&C Music Factory (porque isso eles tinham bastante). And You Don't Remember é uma baladinha super potente com a voz da Mariah. Lindíssima e podia ter virado um single mela-calcinha de sucesso. 
O segundo single do álbum foi Can't Let Go, outra baladinha bem fofolete com o vozeirão da Mariah. Adoro a parte em que ela chega no clímax e a bunita começa a berrar! O último single foi Make it Happen, que já apareceu por aqui não muito tempo atrás. Mais uma faixa que podia ter ahazzado mais e acaba morrendo na praia. Outra decepção, C&C Music Factory! Olha lá!

If It's Over é mais uma balada forte e bonita em que a Carol King ahazzou na letra. A música acabou sendo lançada como single apenas para divulgar o "MTV Unplugged", onde ganhou uma versão lindíssima (como todo o álbum, aliás). You're So Cold mostra FINALMENTE o potencial dance que o C&C Music Factory podia ter extraído ao máximo da Mariah. Um piano house bem gostosinho que merecia ter recebido mais atenção.
So Blessed é tão... mas TÃO linda! A voz da Mariah tá lindíssima e o instrumental é super bonito também. To Be Around You é a última faixa dance do álbum, mas é bem esquecível também. Se Emotions é datada, essa é ainda mais! Música xoxa. Diferente de Till the End of Time, que podia encerrar o "Emotions" com chave de ouro com essa balada linda. Mariah ahazzou. A música começa super parada, praticamente com apenas a voz da Mariah e o instrumental suave, e de repente desperta. Adoro!
Enfim, o álbum fecha com The Wind, que tem toda uma pegada jazz que não me apetece, mas tem lá seus encantos.

Como deu pra perceber, eu até que gosto bastante do "Emotions", mas não dá pra negar que só as baladas salvam neste segundo álbum da Mariah. É até frustrante o potencial perdido que a parceria da Mariah com o C&C Music Factory podia ter criado.
Enfim, na época todo mundo se perguntava quando é que a bunita ia entrar em turnê, mas ela se esquivava ao máximo dizendo que tinha medo de palcos (medo este que ela parecer ter tratado muito bem com seu analista, néam?). O povo começou a pensar que a Mariah só sabia cantar e gritar no estúdio e que ao vivo ela não conseguiria chegar nas tão altas notas musicais que ela alcançava com sua voz potente. Como resolver este problema? Com um MTV Unplugged, ou Acústico MTV, como era conhecido por aqui!

O MTV Unplugged da Mariah é um dos meus álbuns favoritos da bunita e da minha coleção e sempre tá tocando aqui em casa. AMO! Isso sim é Mariah Carey de qualidade! A escolha musical ficou focada, obviamente, nos singles dos dois primeiros álbuns e conta ainda com a regravação de I'll Be There, dos Jackson 5, que virou single e explodiu. Como eu falei lá em cima, também lançaram If It's Over pra tentar levantar as vendas do "Emotions", mas não deu muito certo. Ah, e sim... Mariah conseguia gritar ao vivo, tzá melbéin?

Com esses dois lançamentos, tava bem óbvio que Mariah tinha vindo pra ficar, mesmo não conseguindo o mesmo sucesso do primeiro álbum. Será que seu próximo trabalho, o "Music Box", continuaria a manter o interesse na Mariah Carey nas alturas? Eu tenho lá minhas reservas, viu... Pelo menos David Morales surge em cena pra felicidade da nação house!

Um beijo,
Maddyrain

Emotions

MTV Unplugged
12" Club Mix
12" Instrumental
12" A Cappella
C&C 12" Club Mix No. 1 Mix
C&C Club Mix
C&C Radio Mix
C&C Dub-Dub Mix
Special Motion Mix
Special Motion Edit

You know the way to make me lose control...

Aim, tô loka emocionada com os cabelos ao vento:
Amores, se eu acho a versão original de "Emotions" bem sem gracinha, a versão do MTV Unplugged é de um glamour live house sem igual! David Cole e Robert Clivillés (aka C&C Music Factory) simplesmente ahazzaram na repaginada que deram à música.
Bom, como deu pra perceber, todos os remixes ficaram a cargo dos dois mocinhos, mas não se empolguem. Apesar de várias versões, elas diferem BEM pouco uma da outra. O 12" Club Mix torna a versão original num house bem mais digestível e interessante. O C&C 12" Club Mix No. 1 Mix (que nome dugarai) tem uma batida mais marcada. Se gostar da pegada, recomendo também o C&C Dub-Dub Mix.                

10 Bilus felizes:

Bilu Demanding disse...

Sempre a-mei! (com o máximo de ênfase possível) a faixa Emotions, mesmo antes de saber o que era uma Maraia. O álbum em si é bem xoxo, salvo uma coisa linda aqui e outra ali.
Confesso que esperava mais animação sua perante a faixa título, e acho atemporal. Mas opinião é igual edy.

Um beijo, Maddyrain.

P.s.: Ah, e descola (que bandidagem) 'Can't Let Go - Radio Edit', porfa? Sempre procurei por essa vversão, mas nunca a encontrei :(

Maddyrain disse...

Aim, gata... se "Emotions" do álbum fosse igual à versão do MTV Unplugged, eu teria soltado rojões pra ela. Mas como não é... A versão acústica eu sempre escuto e AMO.

E se joga em Can't Let Go (Edit), amore, antes que apaguem:

http://www17.zippyshare.com/v/49662200/file.html

Um beijo,
Maddyrain

Bilu Demanding disse...

Rojões pro seu edy divino! Muito obrigado, amore.

Anônimo disse...

Ai Meo Deus Linda! Agora fiquei loca! Vi que você teve a felicidade de postar em 2009 os remixes da canção "Thrill Me" - do Simply Red!!!! Então estou pedindo humilhadamente...seria possível repostar???????? Óimmmmm please gata poderosa!

Beijos minha Deusa Maddyrain!!!

Maddyrain disse...

Amore, "Thrill Me" is gone for good. Terei que farei uma nova busca dos remixes, porque não consegui encontrá-los no meu HD externo... entonces, desculpa, mas vai demorar um bocado até "Thrill Me" aparecer por aqui de novo...

:(

Beijos,
Maddyrain

Bilu Demanding disse...

Maddie, lembra que a senhora tava tendida a postar PSB? Sei que não faz muito a cabeça das bilus, mas não dá pra fazer só o que a bicharada quer! Tem que seguir sua vontade também.

Um beijo.

P.s.: ...e também estou super curioso com a discografia...

Maddyrain disse...

Amore, mas eu não desisti dos Pet Shop Boys, naum! Craro que eu acho que é muito glamour, mas duas discografias ao mesmo tempo já tá consumindo bastante o meu tempo. Eles vão ficar pra quando terminar ou a Celine ou a Mariah. Quem será que vai primeiro, néam?

Um beijo,
Maddyrain

Washington Batista disse...

Eu passei a amar a Mariah mesmo a partir do albúm Daydream. Canções como Fantasy, Open Arms, When I Saw You e Melt Away fazem parte da minha saudade da adolescência... mas essas são cenas dos proximos capítulos... amo suas resenhas, Maddy, sou seu fã!!

Anônimo disse...

Maddiê, cadê os posts? =/

Maddyrain disse...

Calma, amore... tô um pouco ocupadinha nestes dias, mas deve sair coisa nova na quinta-feira...

Um beijo,
Maddyrain

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela