Vamos falar da Mariah Carey: Mariah Carey

Atendendo a inúmeros pedidos desesperados, vamos começar a falar de ninguém menos que nossa kérida (mas não tão kérida assim) diva, Mariah Carey. Quando conheci Mariah, eu costumava chamá-la de Maria Carêi porque eu acho que aportuguesar nomes estrangeiros é tendência.
Enfim, antes de ser descoberta, Mariah passou poucas e boas em busca de um lugar ao sol. Dona de uma das vozes mais potentes do mercado musical americano, é triste perceber que, hoje em dia, Mariah não chega a ser nem a sombra do que era no começo dos anos 90. Sua voz alcançava as mais altas notas musicais. E, vejam só, ela começou tudo sendo backing vocal de uma cantora que provavelmente deve se matar de raiva, Brenda K. Starr. Vocês a conhecem? Porque eu só fui saber que essa chica existia quando Mariah regravou "I Still Believe" anos atrás.

Mas a xente não pode falar que a Brenda é completamente inútil, meus amores. Além de ser feio e fazer mal pro seu karma, a bunita serviu para, pelo menos, apresentar a Mariah ao seu futuro produtor e marido, Tommy Mottola. Já vimos essa história antes em outro lugar... com outra cantora de voz potente... ah, é! A Celine Dion! Só para continuar a fofoca, depois de separar-se da Mariah em 98, o primo do Chiquinho Scarpa viria a se casar com a Thalia. Sim, a Maria do Bairro.
Enfim, Tommy Mottola se interessou não apenas pelo edy de Mariah, mas também pelas músicas demos que ela lhe apresentou e logo começaram a trabalhar em seu primeiro álbum. A importância de Brenda K. Starr acaba aí e ela nunca mais soltou um peido que fizesse tanto sucesso quanto os singles da Mariah.

A produção do "Mariah Carey" ficaria a cargo dos principais produtores da época, como Ric Wake e Walter Afanasieff, que também trabalharam com a Celine Dion no começo da carreira dela. O álbum foi lançado em junho de 1990 e não fez aquele sucesso todo logo de cara. Levou um tempinho até o povo se encantar com a voz da Mariah. O tracking list do Mariah Carey é o seguinte:

1- Vision of Love (single)
2- There's Got to Be a Way (single)
3- I Don't Wanna Cry (single)
4- Someday (single)
5- Vanishing
6- All in Your Mind
7- Alone in Love
8- You Need Me
9- Sent from Up Above
10- Prisoner
11- Love Takes Time (single)

Uma das grandes diferenças entre a Mariah e outras vocalistas femininas com o mesmo perfil musical é que a bunita não só cantava bem, mas também escrevia suas músicas. Fika a dika pras que só sabem cantar o que lhe colocam na frente.
O "Mariah Carey" abre logo com seu primeiro single, Vision of Love. Uma balada super bonita e que já mostra todo o poder vocal da Mariah. O clip da música é bem simples, mas tão emblemático. Esses cachinhos jamais ouvirão voz tão linda novamente...
There's Got to Be a Way foi o último single tirado do álbum e é um dance bastante esquecível. A pegada é aquela bem comum à época: batidas dance, um toquezinho r'n'b e um leve sabor gospel no fundo. I Don't Wanna Cry é uma balada mega melodramática, mas eu AMO! Todo um clima depressão latina. 

Someday é a segunda faixa dançante do "Mariah Carey" e é mais interessante que a anterior. Felizmente, não temos repetição da fórmula arcaica r'n'b + dance. Someday é dançante do começo ao fim. Eu adoro a letra dessa música, by the way!
Continuando a mesclar faixas dance com baladas, Vanishing é super bonita e é basicamente piano, gritos da Mariah e backing vocal. All in Your Mind é outro momento morno do "Mariah Carey". Um pop com batidas bem datadas e os gritos da Mariah.
Alone in Love é a típica música pra encher linguiça. Uma baladinha sem nada de especial e um tanto esquecível. A linguiça continua a crescer com a chata You Need Me. Mariah, gata, não tente mais fazer algo puxado pro "rock", tzá? Não é sua pegada.

Sent from Up Above até tem uma pegada gostosa e um começo promissor, mas depois morre na praia. Mais uma faixa pop sem dizer muito a que serve. Quando ouvi Prisoner pela primeira vez, fiquei bege por ela não ter sido lançada e ganhado uma cacetada de remixes. Claro que eu adoro ignorar aquele rap vagabundo do começo, néam? Mas, enfim... hoje em dia até entendo porque não virou single. Embora seja um dance bem gostoso, não é algo exatamente novo. 
"Mariah Carey" encerra os trabalhos com mais uma balada famosa e linda da bunita, Love Takes Time. Ela e "Vision of Love" me lembram o quão especial Mariah Carey já foi e sinto uma falta danada dela cantando assim. Enfim... a vida é dura com todos, néam?

Mariah Carey se tornou um fenômeno. Todas as rádios tocavam suas músicas e toda bilu queria gritar como ela. Bom... eu pelo menos queria! Até os clips desse primeiro álbum não são tão péssimos como geralmente são o de todo mundo começando no mundo musical. Ainda mais nos anos 90, néam? Ou seja, investiram dinheiro na bunita e ela rendeu bons frutos levando ao seu próximo álbum logo no ano seguinte... mas já adianto que a qualidade geral dá uma caída, tzá? Nem o C&C Music Factory salva!

Um beijo,
Maddyrain

Someday

MTV Unplugged
New 7" Straight
New 12" Jackswing
New 7" Jackswing
New Jack Dub Version (low quality...)
New Jack Bonus Beats
New 12" House
House Dub Version (low quality...)
Pianopercaloopapella


Someday você vai querer comer meu edy e eu vou... querer!
Amores do meu largo edy, "Someday" foi o primeiro single dance da Mariah e continua sendo uma das músicas mais bonitinhas dela até hoje. A bunita ahazzou nos vocais e a música ficou ainda mais maravilhosa com o coral gospel abalativo da versão do MTV Unplugged. Isso é Mariah Carey de verdade e não essa monstruosidade que se apresenta por aí hoje em dia!
Todos os remixes de "Someday" ficaram a cargo do lendário Shep Pettibone. O New 7" Straight segue bastante o clima pop e levemente r'n'b da versão original. Uma graça. O New 7" Jackswing acabou sendo a versão usada no clip da música. Como diz o nome, é todo trabalhado no jackswing, estilo musical bem típico do começo dos anos 90 que misturava elementos do pop com hip hop e r'n'b. A cara do Michael Jackson! Pra uma coisa mais house, temos o New 12" House, que, por sua vez, é a cara dos remixes do Shep Pettibone dessa época. Flash house dos bons!

11 Bilus felizes:

Anônimo disse...

Maddyrain quando vai ter MADONNA? Aguardo...

Maddyrain disse...

Aim, amore, já rolou tanta... mas TANTA Madonna aqui que eu até enjoei de postar ela. Além disso, sempre que vem Madonna, vem alguém pra deletar os arquivos dos servidor... Mas tenho uma balada dela pra postar e uma colaboração antiguinha também...

Um beijo,
Maddyrain

Anônimo disse...

MUITO agradecido por postar Mariah. Adorei a análise! Beijos no koolracão.

Maddyrain disse...

Aim, adoro a forma carinhosa como vocês se referem ao meu edy...

Um beijo na tua rola... (rezando pra ela ser odara e ativa)
Maddyrain

Anônimo disse...

Maddi, tô com saudades da Kilo e da Litta. Quando elas vão aparecer por essas bandas?

Anônimo disse...

Vai Postar "Emotions" no próximo...
Beijos

Anônimo disse...

Maddie, cê sabe onde o clipe de Celebration, da Kylie, foi filmado?

Unknown disse...

Maravilhosa!
Pode estar deixando bastante a desejar ultimamente, mas ainda sim é melhor que a Marceline Dion

Unknown disse...

Melhor fase da carreira da Mariah foi entre Music Box e Butterfly

Maddyrain disse...

Aim, quanta mensagem! Adógo! Ainda espero alguma com foto de neca...

Amore, sim... no próximo post da Mariah só pode ser "Emotions" mesmo porque foi o único single com remixes do álbum.

Gato, eu desconfio que "Celebration" da Kylie foi filmado no Rio, néam? Agora em qual lugar... aí já é demais!

Eu também prefiro a Mariah que a Celine, mas a fase atual dela eu SUPER ignoro. Pra mim Mariah só é interessante até o Rainbow. Depois é só porcaria atrás de porcaria. #prontofalei!

Um beijo,
Maddyrain

Anônimo disse...

Agora a dúvida: será que Maruaia pagou por seus #1s? Ou melhor, deu pro Mottola, para que ele pagasse por seus respectivos #1s? Nunca saberemos...

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela