Vamos falar da Celine Dion: The Colour of My Love

Se a xente pegar a Celine e a Mariah Carey e colocá-las lado a lado (que nem no Divas Live '98) pra comparar a carreira das duas, notamos algumas coisinhas parecidas aqui e ali, mas o caminho que ambas seguiram é tão completamente diferente! Na minha opinião, a Celine precisou penar mais antes de chegar aonde está hoje. Talvez a Mariah foi mais esperta e aquendou a neca certa...
Antes de explodir mundialmente (e olha que eu nem tô falando de "My Heart Will Go On"!), Celine lançou uma verdadeira prova de fogo aos seus fãs: seus dois primeiros álbuns são pra lá de chatos e somente o terceiro mostra algo realmente relevante. Tinha que ser de fato persistente e acreditar no potencial da Celine pra continuar interessado nela!

Musicalmente falando, "The Colour of My Love" não é uma enorme diferença comparado ao álbum anterior, o "Celine Dion". Baladinhas seguidas de algo mais dançante (e muitas vezes deslocado). A produção das músicas ficou nas mãos do Walter Afanasieff e Ric Wake, além de David Foster, que trabalharia com a Madonna no "Something to Remember". 
Apenas uma observação bem particular: quando comprei o "The Colour of My Love" lá pro final dos anos 90, eu me achava a fã mais fiel da Celine já que ninguém praticamente sabia que a bunita havia lançado algo antes de "Because You Loved Me"! A loka! Enfim, o "The Colour of My Love" foi lançado em novembro de 1993 e fez bastante sucesso na época, chegando ao topo de algumas paradas internacionais. Seu tracking list final é o seguinte:

1- The Power of Love (single)
2- Misled (single)
3- Think Twice (single)
4- Only One Road (single)
5- Everybody's Talkin' My Baby Down
6- Next Plane Out (single)
7- Real Emotion
8- When I Fall in Love
9- Love Doesn't Ask Why
10- Refuse to Dance
11- I Remember L.A.
12- No Living Without Loving You
13- Lovin' Proof
14- Just Walk Away (promo)
15- The Colour of My Love
16- To Love You More (bônus da edição japonesa) (single)

Lembra de "O Amor e Poder", da monstruosa Rosana? Entonces... fiquei chocada quando descobri que ela se tratava de uma regravação! Na verdade, durante muitos anos pensei que a versão original de The Power of Love fosse a da Celine. Tolinha... Internet é algo capaz de mudar nosso saber constantemente! "The Colour of My Love" abre as portas logo com uma balada pra lá de marcante e potente. Celine canta melhor do que nunca e me deixa toda cagada.
A xente se limpa e se joga na dancefloor com Misled, segundo single do álbum e uma delicinha dance. Ric Wake, produtor da música, não era muito audacioso, mas fazia um trabalho bem digno. Think Twice volta pro elemento em que Celine mais se destaca, as baladinhas. Mais uma música potente e ahazzadora de edys deprimidos.

Only One Road é uma baladinha mais up e bem bonitinha. Nenhum grande mistério. Everybody's Talkin' My Baby Down dá uma animadinha na bilu tristinha porque o bophy partiu. Dance pop chiclete do começo dos anos 90. Next Plane Out começa SUPER sem graça, mas de repente vira uma baladinha tão... mas tão fofolete. Adoro! 
Real Emotion, embora animadinha, nunca me empolgou e eu desconfio que nunca cheguei a ouvi-la inteira... e olha que o "The Colour of My Love" não é nenhuma novidade na minha coleção. Me lembra um pouco música de comercial... sei lá... talvez seja a forma como a Celine canta nos refrões que me irrita.

When I Fall in Love já foi regravada por toda uma pequena nação europeia. Sendo assim, solto vários peidinhos na água pra ela. Já Love Doesn't Asky Why, outra balada, embora bastante comum e com instrumental idêntico a tantas outras músicas, é mais bonitinha. Nenhuma grande novidade aqui. A música mais inusitada da Celine até então é, sem dúvidas, Refuse to Dance. É o que? Um dance, sim... mas não fará ninguém sair dançando pela casa. Muito estranha. E o refrão? Pra lá de sinistro! Eu gosto, mas a danada é doida.
I Remember L.A. é aquela típica balada que pode te levar ao sono se você já estiver no meio do caminho da cama. No Living Without Loving You tem uma pegada country bem bonitinha, mas nada Shania Twain, não se desesperem. Foi uma das primeiras músicas deste álbum que eu decorei sem recorrer à letra. Não sou uma bilu talentosa? Gosto dela até hoje.

Lovin' Proof é o ápice da breguice deste álbum. Muito chata e mal produzida. O comecinho, com toda aquela vibe "música revival de cantora voltando da rehab" mega me brocha. Decepcionada com você, Ric Wake!
Just Walk Away, por outro lado, é o momento "escondam as navalhas". Meo Deos, que melodrama gigantesco! Confesso que eu adógo um dramalhão, mas tenho que estar inspirada pra ouvir essa música, senão é bosta na certa! E, por fim, a música-título do álbum, que não podia ser mais sem graça. The Colour of My Love é uma baladinha que provavelmente não mudou a vida de ninguém até hoje. E também não mudará a sua, tzá? "To Love You More" foi lançada na versão japonesa do álbum, mas só irei comentá-la quando chegar o "Let's Talk About Love", quando ela recebeu a devida atenção.

Celine, meu amô, até que enfim um álbum devidamente balanceado! Chega de cinco baladas uma atrás da outra! Não há cú que aguente! Depois do lançamento do "The Colour of My Love" e seus singles de sucesso, não é nenhuma surpresa que Celine faria bastante barulho com seu próximo álbum. Mas antes, uma paradinha pra um lançamento em francês (talvez o mais importante até hoje).

Um beijo,
Maddyrain  

Misled

Album Mix
MK Mix
MK Club Mix
MK Club Radio Mix
MK's Radio Remix Edit
MK's Redirect Mix
MK's History Mix
MK Lead Mix
MK Dub Mix
E-Smoove's Mission 12"
E-Smoove's Mission 7"
Mission Dub
Richie Jones Club Mix
Richie Jones Dub
The Groove Mix
The Groove Edit


Meu edy grita como a Celine Dion:
Hoje é dia de house colado com a Celine Dion numa fofação gostosa. "Misled" é um dos singles em que a bunita mais se jogou no house na sua carreira. O Album Mix é um pop dance bem bonitinho e válido que merece uma dublagi. Até os berros da Celine estão até que contidos e combinam com as batidas animadas (mas datadas).

O Richie Jones Club Mix é um house super gostoso pra você começar a bateção de cabelón conceitual. Os remixes do MK também seguem a mesma house, mas menos pintoso. O MK Mix é interessante pra ouvir, mas confesso que não me empolga pra uma jogação na dancefloor não. Aliás, todos os remixes dele são parecidos, mas o MK's Redirect Mix é um pouco mais dançante.
O remix do E-Smoove também é aquele housezinho safado que a xente tanto gosta. O E-Smoove's Mission 12" é bem válido, mas como todos os remixes de hoje, tem a cara dos anos 90. Ou seja, carregam toda uma aura datada... mas que eu gosto, tzá?

9 Bilus felizes:

Anônimo disse...

Adoro esse álbum. Na verdade eu gosto, mas olhando pro que já passou, atóron ele.
Ai Maddy, só você pra me animar nessa noite! Vai falar brevemente sobre o D'eux no próximo post?

Um beijo.

Maddyrain disse...

Amores... começarei a pedir que não postem mais como "anônimos"... coloquem um nome... apelido... apelido de chat do UOL... fico super perdida respondendo a anônimos tão kéridos...

Querido Anônimo 1,
Vou comentar BEM brevemente do D'eux, mesmo pq não tem single pra postar dele. E espero que você esteja bem. Uma punhetinha gostosa às vezes é a solução de tudo!

Um beijo,
Maddyrain

Bilu Demanding disse...

Além disso foi o álbum em que Céline declarou ao mundo seu amor pelo René.

DJ Rick Mitchell disse...

Maddy, linda!

Sempre acompanho seu blog, e como sei que gosta de um house mais soft, fiz dois sets. Estou postando os links aqui, se gostar, comenta, gata!

O primeiro:

Soul on House Mix

1. RuPaul - A Shade Shady (Now Prance) (Wild Pitch Mix)
2. Bob Marley - Could You Be Loved (House Remix)
3. Lisa Stansfield - Little Bit Of Heaven (Roach Motel Dub Mix)
4. Debbie Pender - Movin' On (Soul Rebels Vocal Mix)
5. Michael Gray pres Hi-Fashion feat Maria Lawson - Whatcha Gonna Do (Tune Brothers Vocal Mix)
6. Sade - Hang On to Your Love (2001 White Label Mix)
7. Audioplayerz feat Sarah Brown - Crazy (Club Mix)
8. Phats & Small - Love (Original 12'' Mix)
9. Cerrone feat Jocelyn Brown - You Are The One (Jamie Lewis Remix)
10. Jamie Lewis feat Michelle Weeks - Be Thankful (Main Mix)
11. Gotye - Somebody That I Used To Know (DJ Iolibe Freeland Remix)

http://minhateca.com.br/Ricardino.Freitas/Sets/Soul+on+House+Mix,122138974.mp3(audio)


E o segundo:

Soul on House Mix 2

1. Patti LaBelle - Shoe Was On The Other Foot (Tony Moran's Miss Patti's Anthem Mix)
2. Mariah Carey - Through The Rain (Maurice Joshua Main Mix)
3. Phats & Small - Harvest For The World (Vocal Mix)
4. Ce Ce Peniston - Finally (Nasty Funk Mix)
5. Gloria Gaynor - I Will Survive '2002 (Layton & Stone Remix)
6. Evelyn Thomas vs Le Vibe - High Energy (NBG Club Mix)
7. Barbara Tucker feat Darryl D'Bonneau - Stop Playing With My Mind (Whiplash & Turner Vocal Mix)
8. Discotexx - Got To Love Somebody (Milk & Sugar Remix)
9. Janet Jackson - When I Think Of You (David Morales Classic Club Mix)
10. Sea Flowers feat Giada - Easy livin' (Club Mix)

http://minhateca.com.br/Ricardino.Freitas/Sets/Soul*20on*20House*20Mix*202,122159355.mp3

Beijos!

Maddyrain disse...

Bilu Demanding... amei o nome! aahahahahahaha

DJ Rick, obrigadjénha por compartihar seus sets! Vou ouvir com calma e catar algumas ideias pra posts futuros. Um beijo.

Maddyrain

Anônimo disse...

Maddy, quais são seus remixes favoritos, de todos os tempos?

Maddyrain disse...

Aim, amore... que pergunta difícil! É mais fácil eu listar as necas mais odaras que eu aquendei do que meus remixes favoritos! ahahahaha

Anônimo disse...

eu queria saber se vc sabe de algum vídeo em que celine canta Love Doesn't Asky Why ao vivo, eu me apaixonei por essa música n acho q ela seja mais do mesmo.Only One Road essa e incrível ela mostra todo seu vocal range, mostra seu falsete música linda cantada lindamente eu to nem ai pra produção!

Maddyrain disse...

Amore, não conheço nenhuma apresentação de "Love Doesn't Ask Why", sorry...

"Only One Road" é bonitinha sim. Gosto dela.

Um beijo,
Maddyrain

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela