Vamos falar da Kylie Minogue: Aphrodite

Passado todo esse momento de retorno ao holofote pós-batalha ao cancêr, Kylie precisava voltar ao estúdio e preparar seu novo álbum. Afinal, não dá pra viver apenas de coletâneas, néam meu amô?
Acho que o que passou pela cabeça da Kylie ao procurar um produtor para o seu próximo trabalho foi "Em time que está ganhando, não se mexe". Como a sonoridade do "X" era uma mescla de eletrônico com algo mais urbano que acabou dando certo, Kylie decidiu se aliar ao produtor Stuart Price. Pensando que seriam capazes de reproduzir o sucesso que Price e Madonna tiveram com o "Confessions on a Dancefloor", Kylie e seu novo melhor amigo da infância decidiram lançar um álbum completamente ornado no eletrônico.

Aí é que mora o perigo todo, meus amores. Um álbum com produção quase que integral de apenas um produtor pode ser genial OU uma mesmice gigantesca. Adivinhem em qual opção ficou o "Aphrodite"?
"Aphrodite" foi lançado em junho de 2010 e conseguiu sucesso considerável, mesmo com quatro singles que minguaram. O tracking list final é o seguinte:

1- All the Lovers (single)
2- Get Outta My Way (single)
3- Put Your Hands Up (If You Feel Love) (single)
4- Closer
5- Everything is Beautiful
6- Aphrodite
7- Illusion
8- Better than Today (single)
9- Too Much
10- Cupid Boy
11- Looking for an Angel
12- Can't Beat the Feeling
13- Heartstrings (bônus da edição japonesa)
13- Mighty Rivers (bônus da edição digital do iTunes)
13- Go Hard or Go Home (bônus da edição digital da Amazon) 

"Aphrodite" inicia os trabalhos no terreiro com All the Lovers, primeiro single tirado do álbum. Eu confesso que minha relação com a música é bem confusa. Não gosto, mas também não desgosto. Acho um peidinho na água. É isso. Prefiro mil vezes Get Outta My Way, que é mais dançante, mais animada e mais Kylie Minogue.
"Aphrodite" até engana bem abrindo com três músicas interessantes. Put Your Hands Up é uma das melhores músicas lançadas pela Kylie nos últimos tempos. Um dance moderno e que ficou ainda melhor com o remix dos anos 80 feito pelo Pete Hammond, antigo produtor/DJ da Kylie. Uma graça!

As coisas começam a descer ladeira abaixo com Closer. Ai que música chata, Donna Summer! Será que algum leitor meu também acha que ela lembra música de cavalaria? Será aquele som de cravo que irrita pela música inteira? Everything is Beautiful também é outra que não dura nem um minuto quando estou ouvindo "Aphrodite". Mandei uma cartinha pra Kylie perguntando se ela não tinha nada melhor pra lançar no álbum. Nunca recebi resposta...
Aphrodite melhora, mas muito pouco, o clima do álbum. Com uma pegada meio... militar (?!)... demorou bastante pra cair no meu gosto. Aim, se eu fosse a Kylie teria optado por uma produção completamente diferente pra Aphrodite, ainda mais por ela ser a faixa-título do álbum! Illusion volta pra fazer Maddyrain apertar o "skip" sem dó. Péssima. AINDA BEM que chega Better than Today pra não fazer esta que vos escrever arremessar o seu CD japonês pela janela! Aqui temos um pop animadinho e que quase me faz esquecer o quanto o "Aphrodite" é ruim. Digo "quase" porque depois vem a terrível Too Much. Xente, que música ruim! Parece música daquelas divas teen que surgem do dia pra noite, lançam uma música no YouTube e viram a sensação do momento até serem substituídas por outra diva teen idêntica.

Gostei de Cupid Boy no momento em que a ouvi. Merecia um single bem dubabadu, mas diante do fracasso que o "Aphrodite" acabou sendo, me espanta ele ter todo os singles que teve! É verdade que a música perde a graça na bridge pro refrão, mas todo o resto vale muito a pena! O mesmo eu não posso dizer de Looking for an Angel. Um pop bobinho que não me agrada em NADA. 
Felizmente, posso dizer que o álbum fecha bem com Can't Beat the Feeling. Outra que merecia ter sido single, mesmo com a sonoridade parecida aos outros singles lançados. Uma delícia de musiquinha pra dançar e dublar.   
Na seção de bônus, temos coisa boa, como Heartstrings. Não será nenhuma novidade eu dizer que ela poderia ter substituído qualquer merdinha da versão simples do álbum, néam? Super bonitinha... e acho que a produção ser do Xenomania ajuda a música a se distanciar do clima geral do "Aphrodite". Mighty Rivers tem a mesma produção e foge completamente da chatice do álbum. Por fim, Go Hard or Go Home, que é mega lado B. Eu só teria colocado no tracking list final do "Aphrodite" pra dar uma acalmada na sonoridade.

Eu juro que queria gostar do "Aphrodite", meus amores! Juro! Até acho a Les Folies Tour bonita e bem produzida (embora também a ache COMPLETAMENTE brega), mas ela não ajudou em nada a melhorar a imagem do álbum pra mim. A maior decepção acaba não sendo a própria Kylie, que... enfim... é uma artista bem irregular em seus álbuns, mas sim o Stuart Price, que salvou a Madonna com o "Confessions on a Dancefloor" e que faria um trabalho GENIAL com os Pet Shop Boys no "Eletric" anos depois, mas MEGA cagou com a Kylie Minogue!
Kylie, meu amô, a senhora tá na corda bamba e eu espero não me decepcionar novamente ao ouvir o "Kiss Me Once" pela primeira vez, okay?

(PS.: eu sei que irei...)


Get Outta My Way

Single Version
Instrumental
US Radio Edit
BBC Live Lounge Version
Stuart Price Extended Club
Bimbo Jones Club Mix
Bimbo Jones Club Mix Radio Edit
Bimbo Jones Piano Mix
Bimbo Jones Piano Mix Radio Edit
Steve Anderson's Pacha Extended Mix
Steve Anderson's Pacha Extended Mix Edit
7th Heaven Club Mix
7th Heaven Radio Edit
Paul Harris Vocal Remix
Paul Harris Vocal Remix Radio Edit
Paul Harris Dub Remix
Kris Menace Remix
Mat Zo Remix
Penguin Prison Remix
BeatauCue Remix
Daddy's Groove Magic Island Rework
Sidney Samson Remix
Yasutaka Nakata Remix


Sai da minha frente porque aquela neca é minha!
Como segundo single tirado do "Aphrodite", "Get Outta My Way" é uma gracinha. Um dance bem típico da Kylie Minogue que, no final das contas, não apresenta nada de realmente novo à discografia da bunita, mas tudo bem, vai... Não dá pra ser exigente sempre, néam? O single não fez aquele puta sucesso, o que é uma pena, já que é bem melhor que "All the Lovers".
Se nunca ouviu a música, não se culpe. Acho que ela nem chegou a tocar por aqui. Se joga na Single Version, que difere bem pouco da versão original. A BBC Live Lounge Version é uma releitura "calma lá minha filha" bem interessante. Antes de chegarmos nos remixes, ouça o Stuart Price Extended Club, que é basicamente uma versão extended da original.  

Olha, fazia tempo que um single da Kylie recebia tanto remixes, néam? Infelizmente, a maioria é dispensável. Eu gosto bastante do trabalho do Bimbo Jones. Não morro de amores e também não tá no meu Top 10, mas ele é bem competente no que faz. O Bimbo Jones Club Mix é uma versão dance club bem gostosinha e animada. Super combinou com a música. O Bimbo Jones Piano Mix é bem parecida, mas com alguns elementos novos. Não espere nenhum piano house, porque você não encontrará, tzá? 
O 7th Heaven Club Mix se joga bem pintosamente na buatchi. Uma delicinha! Sem fugir da original, o Steve Anderson's Pacha Extended Mix decepciona. Já temos uma versão extended, pra que outra!? Outro que apresenta bastante elementos da original é o Paul Harris Vocal Remix, mas mescla novas batidas. Tenho a tendência de não gostar muito desses remixes que só pegam fogo no refrão... Acho o Paul Harris Dub Remix mais interessante.
Pra não jogar todo o resto no bueiro, o Penguin Prison Remix é, no mínimo, inusitado. Uma versão meio indie pop que eu rezo que a Kylie nunca faça. 

4 Bilus felizes:

Anônimo disse...

'Seguindo a mesma linha perdida do Aphrodite, Kiss Me Once não anima nem empolga.
Fim.'

Um beijo.

Pieight disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pieight disse...

Fia, tá fora do ar ;(

Rola um repost?

Amo seu blog!

Maddyrain disse...

Ai, que uó! Já vou postar um novo link, meu amô.

Um beijo,
Maddyrain

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela