Tudo que há de mais belo no ser humano...

Sentada de frente pro espelho, com as lâmpadas todas iluminando minhas imperfeições, senti-me a bilu mais feia do universo. E olha que eu tava de maquiagem. Um bichinha com mega hair surgiu por trás da minha cadeira. Jesuis! Se eu não tivesse um controle mental digno do meu edy eu diria que você saiu do meu olho de Rá! A bicha nada disse, apenas me fuzilou com o olhar. Como se eu me importasse...
Ainda sem falar comigo, a bicha puxou minha piruka pra trás com força quase minhas sobrancelhas no processo. Prendeu tudo num coque. Me senti uma japonesa. Pegou um borrifador e espirrou algo que eu quero acreditar ser água no meu rosto. E começou sua arte de me insultar.

_ Querida, da próxima vez, nem coloca nada na cara. Achou que sabia se maquiar, não foi? Se for pra eu ficar tirando essa merda da sua cara, nem passa nada. Que é isso? Nem Avon é. Comprou essa "maquiagem" na 25 de Março, não foi? Vocês não-celebridades são todas iguais. Chegam aqui, sentam na minha cadeira, olham pra mim e vomitam "Me deixem linda" como se eu fosse o que? Um santo milagroso? Foi isso que você pensou, não foi?
_ Xente...
_ Calada, vadia. Você agora só abre a boca depois que eu reformar tua cara. Vou transformar essa favela que você chama de rosto numa mansão do Morumbi. As pessoas vão passar por você nos corredores e perguntar "Quem te maquiou foi o Juninho Borbagato, não foi?" E você dirá "Ele é o meu santo milagroso". - pegou um chumaço de algodão e começou a tirar minha maquiagem. Anos me maquiando e sendo a drag queen mais bunita da buatchi jogados no lixo. E eu não podia nem abrir a boca pra falar! E o medo daquele viadinho abusado me pintar que nem uma palhaça?! - Olha só a cor que tá saindo esse algodão! Que nojo! Se eu tivesse tomado café da manhã ele estaria todo aqui... bem em cima da sua cabeça agora. Você acha que eu não vomito em vocês, não-celebridades? Se eu pudesse vomitava no chão em que vocês passam. E para de esbugalhar esses olhos! Se eu errar um milímetro acerto sua retina e você ficará cega para sempre. Você queria ficar cega, não foi? E me processar? Isso é tão não-celebridade. Sair processando por aí. - desenrolou seu estojo de maquiagem. Parecia o tapete vermelho do Oscar. Pegou uma revista da Ana Maria e jogou no meu colo. - Tá vendo a Ana Maria? Ela não é NADA sem mim. As pessoas encontram com ela nos corredores e perguntam "Foi o Juninho Borbagato que te maquiou, não foi?" e sabe o que ela responde?
_ Aim, CHEGA! CHEGA, CARALHO! Eu sei o que ela responde! Foi o Photoshop, caralho! Como você é chato, viado do caralho! Já vi muita bicha azeda com falta de rola, mas você é insuportável! 
_ Eu mandei você...
_ Tá pra nascer o viadinho que mande em Maddy... em Soraya Místika! Tá achando o que?! Tem que ser muito ativo pra mandar em mim. Agora coloca logo essa bosta de maquiagem em mim ou sai da frente e deixa eu me maquiar em paz. Onde já se viu?! Eu sou la diva del sexo anale desde os... enfim... não vou revelar desde quando... e você vem falar que eu não uso nem Avon!? Se você fosse tão boa tinha catado a dika de que eu tava com DIOR no rosto, meu amô! DIOR. 
_ Mesmo de Dior, continuou feia... - murmurou o viadinho.
_ Eu sou bonita! Eu sou bonita! Eu sou bonita, porra! Tá pensando o que? Já ouvi muita xente me criticando na vida pra ter que ouvir você também. Aim, você é muito alta. É muito magra. Agora tá gorda demais. Tem que emagrecer. Olha o cabelo caindo. Você é alienada. E alguém já me perguntou se eu sou feliz sendo do jeito que eu sou? E sabe quem é que acaba pagando a conta quando eu vou no restaurante e me empanturro de comida? EU. Ninguém mais! Não tô vivendo a minha vida? Então, meu amô. E, francamente... você me achou feia? Você acha que eu realmente vou me importar com a opinião de uma biluzinha de mega hair?! Agora termina logo essa maquiagem porque eu quero ser a bicha mais bonita que já andou por esses corredores. Aí as pessoas vão me parar e perguntar "Foi Juninho Borbagato, não foi?" e sabe o que eu vou responder? "Foi... depois que eu coloquei aquele viado abusado no lugar dele. Na merda do lugar dele. Ou seja, atrás de mim me maquiando de boca calada". Entendeu o recado?

O vinhadinho voltou a me maquear com a lágrima de ódio querendo escorrer pelo rosto. Terminou o trabalho e eu tava realmente divina. Não posso negar que a bilu sabe o que faz. Peguei a revista da Ana Maria e devolvi pra ele.

_ Agora faz um curso de Photoshop, meu amô, porque não há entidade deste mundo carnal que faça milagre pro rosto da Ana Maria ficar desse jeito.

E fui pro palco do Mais Você. Não mexe com quem tá quieta, meu amô.

Um beijo,
Maddyrain

I'm Beautiful

Album Version
Brinsley Evans Back to the Scene of the Crime Mix
Victor Calderone Main Vocal Mix
Victor Calderone Dub
Victor Calderone Drum Dub
Danny Tenaglia Continental Club Mix
Danny's D-Tour Dub
Lil' D-Tour Groove


Eu sou gostosa! Eu sou gostosa! Eu sou gostosa, porra!
Aim, se vocês soubessem o quanto eu dancei essa música na buatchi, meus amores... Claro que não foi a Album Version, néam? Um pop com pegada street bem bobinho. Na verdade, "I'm Beautiful" é um cover de "I'm Beautiful Dammitt!", do grupo Uncanny Alliance, lançada lá no começo dos ano 90. Bette Midler desenterrou TOTAL a música e ainda lançou o Brinsley Evans Back to the Scene of the Crime Mix remixado por um dos membros originais do Uncanny Alliance. Não é fofa? O remix é uma graça, mas todos construído com o sample de "Music Sounds Better With You", do Stardust! Será que pagaram direitos autorias?

A versão que fervia na buatchi era o Victor Calderone Main Vocal Mix e talvez é um dos primeiros trabalhos grandes do Calderone, que sumiu sem deixar vestígios. Um tribal extremamente despirocado e travesti! É de quebrar o pescoço até das bilus mais acostumadas com o bate cabelo!
Outro kérido das bilus que apareceu foi o Danny Tenaglia com o Danny Tenaglia Continental Club Mix, mas ele não tava lá muito inspirado no dia em que pegou "I'm Beautiful" pra remixar. Os vocais não combinam com as batidas lentas. O Danny's D-Tour Dub acaba sendo melhor.

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
Aim, apenas uma versão... e mega rara!

brinsley evans back to the scene of the crime extended mix  6:20

5 Bilus felizes:

Anônimo disse...

E eu pensando que a senhora tivesse esquecido da sua saga rumo ao -voltando, by the way- estrelato.

Um beijo. Ah, e como deixou passar em branco o aniversário da rainha?!

Fábio disse...

Ficou lindo este texto! Dubabado!

Fábio disse...

Ficou ótemo seu texto! Dubabadu!

Lord N Music disse...

Oi Maddy, Por acaso você gosta desta: Paula Cole - I Believe In Love? Eu posso te mandar Se quiser. Eu tenho quase todos os remixes dessa música, são estes:

Album Version (5:48)
Radio Edit (4:16)
Jonathan Peters' Acapella (11:57)
Jonathan Peters' Anthem Mix (13:54)
Jonathan Peters' Anthem Radio Mix (4:16)
Jonathan Peters' Gentle Mix (11:22)
Jonathan Peters' Gentle Radio - Intro A (4:16)
Jonathan Peters' Smooth Mix (8:13)
Jonathan Peters' Dub (8:52)
Jonathan Peters' Bonus Beats (10:12)

E esses são os que faltam, mas nem procuro porque eu sei que não tem pra baixar.

Jonathan Peters' Instrumental (10:10)
Jonathan Peters' Padapella (12:28)
Jonathan Peters' Gentle Mix Acapella (7:29)

E to ansioso pela Jennifer Holliday dar as caras com o clássico dela por aqui.

Lord N.

Maddyrain disse...

Anônimo, amore, sei que MEGA abandonei o barco em agosto... Sorry!

Fábio, meu amô, obrigadjénha pelo elogio! Mesmo que duplicado.

Lord N, eu não conheço essa música e já tô com uma caralhada de música engatilhada, então não será minha prioridade no momento, mas obrigada.

Um beijo,
Maddyrain

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela