A viada da realidade alternativa

 [Lições de simplicidade com Maddyrain:]

Vinhado, meu amô, é o ser mais deslumbrado da face da Terra. Quer exemplos? Abriu um Starbucks no teu bairro, quem vai fazer o burburinho da novidade e ficar dias entocada no recinto com seu precioso laptop só pagando de intelectual? A bicha. Forever 21 inaugura loja no Shopping Morumbi, quem tá na fila carregando dez peças femininas? A biluzinha.
Na verdade, sempre achei que algumas bilus vivem numa espécie de realidade alternativa, completamente isoladas da vida real da maioria das bichas. Se você for uma dessas bilus e se identificar com o que vou escrever, já peço desculpas logo de cara, mas também admito que muito cago e ando pra você. Um beijo com carinho.

Vou descrever a biluzinha que vive nesta outra realidade porque você com certeza conhece alguma assim. Sabe aquela bilu que foi criada na base do pão com ovo, mas arrota caviar sem nem conhecer o gosto da budega? Diz que só toma Absolut na buatchi, mas se você der um copo de Balalaika pura ela nem vai reparar na diferença? Buatchi também é um assunto polêmico. Só se joga onde o carão impera porque fazer carão é cool. Aliás, a própria cara é um cú. Repare, a cara: é igual a de tantas outras bilus! E todas têm barba, porque todo mundo tem. E tem que usar algo xadrez, porque essa moda maldita leva séculos pra passar.
Barba! Jesuis, como tô ficando bodeada de bilu com barba. Barba para mim é o novo óculos de sol, a diferença é que o óculos de sol você pode pedir pro bophy colocar de volta, a barba não. O bophy gato de barba quando a tira perde todo o encanto... e esse encanto leva pelo menos uma semana pra voltar, tzá?

Nas redes sociais, pra mantar o padrão carão, ahazza nas selfies. Xente, alguém precisa contar que jogar um efeito de Instagram não disfarça a cara feia de ninguém. Até quando uma selfie após a outra, Donna Summer? E pra mostrar o que? Mais um beicinho? Mais uma cara de tédio? A bicha debruça violentamente no blaseismo sem nem saber o que é ser blasé com glamour.
Quando não é uma das inúmeras selfies, as fotos são todas iguais. Poses e mais poses mostrando mais do mesmo... ou seja, nada. Parece que só consegue ser meramente interessante se faz algum bico ou careta. A vida da bicha da realidade alternativa deve ser uma eterna seleção de caretas pra ver qual fica melhor no Facebook. E quem disse que careta é bonita, meu amô? Um sorriso verdadeiro vai te deixar feia?
O grupo de amigos é a repetição da bicha dessa realidade. Todos são bem sucedidos, ou dizem ser (porque admitir que é um bosta é algo impossível), têm barba e usam camisa xadrez. Ainda bem que o físico não é o mesmo pra toda bicha, porque podemos encontrar desde as biluzinhas mais descuidadas até as mais viciadas em academia com a mesma atitude bueiro.

O que mais me irrita é quando a realidade alternativa se dá nos confins do Acre. A biluzinha vive sua tal vida de princesa quase que na divisa com o Suriname e quando vem à cidade grande, acha que pode ostentar a mesma atitude. Meu amô... calma lá. Se no Suriname você vive dias de rainha, aqui na selva você é meramente uma proletária.
No entanto, meu amô, é só você entochar o edy da bicha com vodka pra você ver toda a realeza ir por água abaixo. Aí a realidade alternativa de biluzinha se mescla à tua realidade. Aos teus problemas. Ah, sim, porque a bilu vive numa realidade em que ser gay é cool. Todo mundo te aceita e os problemas das outras bichas são... afinal... problemas de outras bichas. Elas que apanhem na Avenida Paulista com lâmpadas na cabeça. Pra que vou me importar se tenho meu namorado que é minha réplica, se ninguém sabe se dou ou como porque sou mega discreto (mas dou, tzá?) e tenho um emprego em que dou o truque geral?

Meu amô, pra você que vive nesta outra realidade, te dedico uma música bem bicha pra você dançar e dublar aí... escondida no seu quarto.
E só lembrando, não me inspirei em ninguém em específico pra escrever o post de hoje e passar uma singela lição de simplicidade... porque, vocês sabem, o mimimi é uma característica de TODAS as viadas do mundo, não importa qual realidade elas ocupem.

Um beijo,
Maddyrain

Ain't It Funny

Album Version
Silk's House Mix Pt. 1 & 2
Silk's House Reprise Pt. 1 & 2
Silk's House Mix 7"
Almighty Mix
Almighty Radio Mix #1
Almighty Radio Mix #2
Almighty Dub
Brandnew Extended
Brandnew Radio Mix
Murder Remix feat. Ja Rule & Caddillac Tah
Murder Remix feat. Ja Rule
Murder Remix feat. Ja Rule Instrumental

Que Ironia

Album Version
Tribal Mix
D'Hip Mix
Radio Traffic Mix
Tropical Dance Remix


A Maddyrain não é engraçada?
Admito, meu amô, que eu pouco suporto a Jennifer Lopez atualmente, mas achava a bunita dubabadu até alguns anos atrás. Pra ser mais clara, até ela começar a esfregar a xereca naquele insuportável do Pitbull e fazer todas músicas iguais. Enfim, "Ain't it Funny" é da fase dela que eu ainda gosto. A Album Version ficou pouco conhecida, mas é um pop com vibe latina bem gostosa pra você sair pela casa balançando sua saia imaginária. Ahazze na sua prova de espanhol do Fisk praticando com Que Ironia! Adógo esses perigóns latinos!
A versão que fez mais sucesso foi o Murder Remix, cheio de rappers insuportáveis e que devem estar agora provavelmente em alguma cela. J.Lo regravou todos os vocais e o remix não é ruim, não! Um r'n'b super gostoso!

Quem também retrabalhou a versão original foi o nosso adorado Steve "Silk" Hurley. O Silk's House Mix é um latin house dance super gostosinho e válido. Recomendado!
Pra você jogar o cabelón pra lá e pra cá temos também a despirocagem do Almighty Mix. Se você já ouviu algum remix produzido pelo Almighty, então já sabe o que esperar! Um dance acelerado e jogativo, do jeito que a xente adora! Os outros remixes a xente joga na privada e manda pro bueiro!

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
É bizarro, eu sei, mas sabia que esses singles mais antigos da Jennifer Lopez são bem cagadinhos pra encontrar pela internet? Então faça a linha caridosa e me ajude!

radio edit  3:22
brandnew radio mix #2  3:49
brandnew instrumental  3:47
silk's house mix pt. 1 #1  4:56
silk's house mix pt. 1 #2  4:57
silk's house mix pt. 1 #3  4:58
silk's house 7" ext.  4:48
silk's house mix dub  9:24
u-niq remix  7:33
u-niq radio remix
murder remix feat. ja rule a cappella  3:54

5 Bilus felizes:

Anônimo disse...

Uma aula de cidadania! Que lindo e emocionante. Obrigado, Maddyrain.

---

As versões procuradas você encontra fácil, fácil no youtube ;)

Anônimo disse...

adorei o site!!!!


no antigo site musicaprasbunita
tinha 12 singles remixes da cyndi lauper.

tem como postar todos eles novamente?

Maddyrain disse...

Amore, não tá nos meus planos postar todos os singles da Cyndi Lauper por aqui, sorry. Vez ou outra ela aparece...

Amore 2, eu procurei mas não achei nada no YouTube... no entanto, achei o bophy do clip de "Ain't It Funny" digno de uma homenagem!

Um beijo,
Maddyrain

Anônimo disse...

hi. can you post the remixes of i'm real next time please? thanks for sharing these mixes. keep up the good work.

-john

Maddyrain disse...

John, my dear John,
My next post with JLo will feature "Waiting for Tonight", but I like "I'm Real", so we might see it here as well... ;)

Kisses,
Maddyrain

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela