Sobreviveremos (?)

Sabem, eu não sou nem um pouco ingênua a ponto de achar que vivemos numa sociedade linda e maravilhosa que aceita os gays tranquilamente e livre de quaisquer preconceitos. Será que um dia viveremos num mundo assim? Diferente do que a Rede Globo gosta de pintar em suas novelas, sei muito bem que o gay ainda é vítima de violença de todos os níveis e que vários são os Kaiques que, infelizmente, perdem a vida e a chance de ser feliz nas mãos de covardes.
Eu mesma já estive muito próxima dum caso de crime de intolerância homofóbica que ocorreu na mesma época em que aquele rapaz foi agredido na Avenida Paulista. Um amigay foi agredido junto com seu então namorado e eu quase que também teria sido vítima do agressor por questão de minutos.

Quando casos assim, que com certeza acontecem numa frequência alarmante, vêm ao público, minha vontade é me trancar em casa e sair daqui apenas com meu escudo e armadura cintilantes. Além duma arma apontada pro primeiro otário que se aproximar de mim.
E tem que ser assim? Por que é que os gays têm que viver com medo de ser o que são? Vários conhecidos vieram com o mesmo discurso após o caso do Kaique. Toma cuidado quando você for pra balada. Quando andar tarde da noite na rua. Logo menos o povo estará dando os seguintes conselhos: Toma cuidado quando você decidir ser você na rua. Cuidado ao respirar. Cuidado ao andar. Pelo amor de Deus, não encare ninguém. Ande rápido e atento a qualquer barulho. Esconda qualquer trejeito, por mais discreto que seja. Fale baixo, não chame a atenção. Quando chegar em casa, você pode fazer o que quiser, mas com as cortinas fechadas e sem incomodar os vizinhos.

Dedico a música de hoje à alma de Kaique Augusto Batista dos Santos. Que sua partida antecipada não se torne mais um crime vítima da impunidade e indiferença que permeia a sociedade inteira, inclusive os próprios gays. Que os gays saiam das suas respectivas tocas e mostrem sua real cara. Não somos Felix ou outras personagens criadas pela Globo que são motivo de deboche! Que possamos todos conviver e sobreviver livres de preconceitos.

Um beijo,
Maddyrain

I Will Survive

Album Version
Radio Edit
Hex Hector 12" Vocal Mix
Hex Hector 7" Vocal Mix
Hex Hector 7" A Capella
Roger Sanchez Overdose Mix
Roger Sanchez Radio Mix
Roger Sanchez Atmospheric Mix
Roger Sanchez Planet Dub Mix
Motiv8 Club Vocal Mix
Motiv8 Radio Mix
Motiv8 Hell Razor Dub Mix
Sure is Pure Club Mix
Sure is Pure Deep Vocal Mix


Eu espero sobreviver à sua neca:
Hoje é dia de dois clássicos aqui no blog, meu amô. O primeiro é o crássico "I Will Survive" regravado pela crássica Diana Ross. Deixando o clima disco da versão original, Diana optou por um dance bem gay, do jeito que a xente gosta. Pode se jogar na Album Version dela e se acabar de dublar! Uma delícia as backing vocals! Completamente diferente daquela outra regravação de "I Will Survive" pela Chantay Savage que já apareceu por aqui e não deixou saudade alguma.

Pra um crássico como "I Will Survive" lançado em 1995 eu esperava uma seleção mais extensa de remixes, mas não vamos reclamar. Tem Hex Hector, meu amô! E você sabe que a xente nunca reclama quando tem Hex Hector, néam? Ahazze na bateção de cabelón do Hex Hector 12" Vocal Mix. Um dance super gostoso e ahazzante.
Outro das antigas que deu as caras é o Roger Sanchez com o Roger Sanchez Overdose Mix. Acabe-se com esse house bem digno! O Roger Sanchez Atmospheric Mix é basicamente vocais e batidas, mas é super bonito. E se acabe também com o escandaloso Roger Sanchez Planet Dub Mix. Recomendado!

O Motiv8 Club Vocal Mix é um dance super acelerado e, na minha opinião, bem fora de moda. Parece música que toca nas aulas de aeróbica nas academias. Por fim, ignore o remix do Sure is Pure, que hoje MEGA cagou no maiô.

1 Bilus felizes:

Kwhaty disse...

Sempre quis essa versão da Diana Ross desde que assisti ao Será que ele é?' mas nunca consegui encontrar. Muito obrigado!

Beijos no coração.

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela