Uma legião de CK One - Parte 2

CK One Summer 2008: dando continuidade à saga de edições limitadas do CK One, a versão de 2008 é para mim a primeira a realmente propor algo limpo, cristalino e fresco como uma edição de verão deveria ser. As notas da fragrância são melância, menta, pepino, cardamomo, musk e notas amadeiradas. Não achei nenhuma referência mais exata, mas o CK One Summer 2008 é basicamente isso que as notas descrevem: uma abertura extremamente refrescante graças ao combo melância, menta e pepino que evolui para a base tradicional de musk.
Nada de muito complexo ou misterioso, o que é perfeito para um perfume de verão. A fixação é boa, mas mais fraca que a de outras edições. Embora seja difícil de encontrá-la atualmente, a mesma fragrância foi relançada anos mais tarde...

CK One Summer 2009: mais uma edição com a cara do verão! Apaixonei-me pela edição Summer 2009 assim que li quais seriam as notas da fragrância e não me desapontei! A abertura contém notas de menta azul, pepino, limão e bergamota; o corpo apresenta água do mar, maçã verde, alecrim e flor de lótus e a base foge um pouco do tradicional musk trazendo notas de rum, sândalo, musgo de carvalho e madeiras.
Para mim, as grandes estrelas dessa edição são as notas de maçã e rum. A maçã aparece logo no início junto com a refrescância da menta e do pepino, enquanto que o rum amplifica a duração da fragrância na pele junto com as notas amadeiradas. Eu imagino que essa tal de água do mar sintética ao extremo ajude a criar um clima mais marinho ao perfume. Enfim, delicioso! Essa é outra edição que foi relançada alguns anos mais tarde para a alegria geral da nação.

CK One Summer 2010: a edição de 2010 representa um retorno às edições menos verão, praia e sol e mais primavera, parque e flores. As notas de abertura são limão siciliano, mexerica, melância e pera com notas de corpo de ninfeia, capim-limão, folha de violeta e margarida. A base é amadeirada com notas de vetiver, patchouli e cedro.
Embora não seja idêntica, a versão de 2010 me lembra a versão de 2007 em alguns aspectos e acho que o mais marcante é a presença da margarida no corpo da fragrância. A abertura é bem frutal como as notas sugerem, com prevalência da pera e o limão, mas consigo sentir a melância bem suave. Durante a evolução, as notas que brilham são as florais, como a margarida e a ninfeia. A base é suave e não explora muito profundamente as notas. No geral, embora seja um aroma agradável, é uma edição bem leve e que dura pouco tempo na pele.

CK One Summer 2011: em 2011 começou a putaria de relançarem edições antigas com frascos novos e algumas pequenas mudanças nas notas, mas nada que alterasse profundamente as fragrâncias. 
Não é nem um pouco difícil não associar a edição de 2011 com a rara de 2006. Embora a nova edição acrescente algumas notas diferentes, o resultado final é praticamente o mesmo. O lado positivo é que quem não pôde conhecer a edição de 2006 teve uma segunda chance.

CK One Shock: uma forma de compensar pela ausência de um flanker de fato novo foi o lançamento do CK One Shock. Pela primeira vez a família CK One é separada em gêneros e eu achei isso um ultraje! A graça do CK One sempre foi justamente não ser dirigido para mulheres ou homens, mas sim para todos! Enfim, as notas da versão masculina são lavanda, mexerica e pepino na saída, angélica, cardamomo, manjericão e pimenta no corpo e base de musk, patchouli, âmbar, tabaco e madeiras. Na época do lançamento, diziam que a versão masculina teria notas de energético. E não é que tem mesmo!?
Com CK One Shock a pegada não é calor e sol, mas algo mais noturno. Embora as notas de abertura proponham algo cítrico e fresco, a mexerica é acompanhada pela presença constante das notas de tabaco, pimenta, patchouli e âmbar. Isso é tudo que consigo sentir no CK One Shock. Talvez algo nessa combinação crie a sensação de Red Bull durante o desenvolvimento, não sei explicar...
Não me recordo da versão feminina, mas sei que são fragrâncias completamente diferentes. CK One Shock foi (e é) um sucesso absoluto de vendas e acabou ganhando seu próprio flanker um ano depois. É facilmente encontrado em qualquer grande perfumaria e eu super recomendo para uso à noite na balada ou num barzinho.

CK One Summer 2012: como é o relançamento da edição Summer 2009, a grande graça desta edição é o frasco que é todo customizado como se estivesse rachado. Eu juro que QUASE comprei só por isso, mas não há como negar... a fragrância não apresenta nada de novo. Ainda dá para encontrá-la facilmente nas perfumarias e é uma ótima pedida para os dias quentes. Já falei que o frasco é uma graça?!

CK One Shock Street Edition: o flanker do flanker. Mais redundância impossível! Felizmente, não há nenhuma semelhança entre as edições Shock. Na verdade, a Street Edition seria a edição de verão do CK One Shock. As notas de abertura da edição masculina são mojito e frutas cítricas acompanhadas pelo corpo de gerânio e temperos e uma base simples de cacau.
Mais uma versão descomplicada e simples (até demais). CK One Shock Street Edition abre super cítrico e mentolado pela nota sintética de mojito. A fragrância evolui muito rapidamente na minha pele, passando pelas notas de temperos e uma base EXTREMAMENTE discreta de cacau. Mas muito discreta mesmo! A fixação é fraca, mas a sensação de frescor é gostosa enquanto a fragrância dura na pele. Enfim, fiquei ligeiramente desapontada quando conheci. Esperava mais... O perfume chegou ao Brasil e pode ser encontrado em grandes perfumarias, mas não espere muito como eu esperava!

CK One Summer 2013: o último flanker lançado do CK One retorna à outra edição de verão antiga, a de 2008. Copie e cole o que eu escrevi lá em cima aqui e seja feliz. Novamente, o grande chamariz é o frasco, que desta vez simula gotas d'água na parte de trás. Uma graça! Ainda não chegou no Brasil, mas quando chegar, não deixe de conhecer, principalmente se você está procurando um perfume leve e gostoso para os dias mais quentes!

Grande parte das informações quanto às notas dos perfumes eu peguei do site Fragrantica, que é uma ótima fonte! Se joguem lá também!
Embora possa parecer que eu sou a fã número um da Calvin Klein, não se enganem! É uma das marcas que eu mais ignoro no setor de perfumes. Acho os outros lançamentos da casa extremamente sem graça (com algumas exceções, principalmente com os perfumes mais antigos)  e só passei a colecionar as edições limitadas do CK One porque tenho um fogo no kool porreta!
Enfim, percepções sobre um perfumes são extremamente pessoais e, quando compartilhadas, servem para dar alguma direção... ou, melhor ainda, sugestão para quem está procurando um perfume para comprar ou presentear. Como perfumes são baseados em química, eles reagem diferentemente na pele de cada um e algumas notas se destacam mais ou menos também. 
Espero que vocês tenham gostado desse passeio cheirosinho que fizemos juntos! Falar sobre perfumes era algo que eu já queria fazer há algum tempo e pretendo retornar ao assunto no futuro...

Um beijo,
Maddyrain
Take Me Up (Gotta Get Up)

Ralphi's Original Club Mix
Ralphi's Album Edit
Ralphi's Epic Vox Dub
Farley & Heller Fire Island Vox Mix
Farley & Heller London Groove Dub
J.J. Flores Happi Phunk Mix
Radio Edit
Giangi Cappai Vox Mix
Giangi Cappai Dub Mix
Jeff Deep Mix
Lego's Mix
Spero's Pyramid Energy Mix
Dance Works Mix


Me joga pra cima e pra baixo:
Eu super estou torcendo pra você ter cordas vocais boas, meu amô, porque a música de hoje é uma gritaria loka eterna! "Take Me Up (Gotta Get Up)" é do nosso queridinho Ralphi Rosario no seu melhor momento bilu barraqueira! Se jogue no Ralphi's Original Club Mix pra bater muito o cabelão! Uma loucura despirocada. Como eu sei que voê vai gostar, ouça também o babadérrimo Ralphi's Epic Vox Dub.

Os outros remixes não são tão bons, mas vamos lá. Temos o gostosinho Farley & Heller Fire Island Vox Mix, que sempre fazem remixes que eu gosto. Um dance bem phyno e chic. O Farley & Heller London Groove Dub ganha um órgão de igreja divino! Ahazze! O Lego's Mix também segue essa linha phynesse. Outro que é fofo nessa pegada é o Spero's Pyramid Energy Mix.
Pra você que nasceu no corpo errado, se jogue no travestismo do Giangi Cappai Vox Mix. Um bate cabelo nervoso pra você perder a compostura. 

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
Aim, e como quer! Não encontro essas versões nem chupando as pirocas mais importantes da cidade! Quem sabe a sua me dê sorte, néam?

accapella  3:18
ralphi's radio edit  3:35
lego's radio edit  3:10
dance works! hard house dub  6:29
supa fly disco tribe
pump friction vs precious paul club mix

1 Bilus felizes:

Maddie disse...

Hi, Nice post thanks for sharing. Would you please consider adding a link to my website on your page. Please email me back.

Thanks!

Madison
maddie0147 at gmail.com

Music videos
Celebrities

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela