Parabéns, Linha Quente da Maddyrain!

Quantas vidas temos? Eu tenho pelo menos duas: aquela que realmente vivo e a outra que invento viver. Todo dia acordo reclamando do horário, aperto o botão soneca do despertador no celular entre três e quatro vezes até ter a devida coragem de levantar da cama. Imploro à Donna Summer pra não encontrar nenhum estranho em casa que me veja de pijamas e de mau humor matutino. 
O elevador desce ao térreo e eu queria que ele me teletransportasse direto pro trabalho. Ajeito a espingarda nas costas e me preparo para enfrentar os tantos leões que me perseguirão pelo dia. Quando volto pra casa, o computador olha pra mim, eu olho pra ele e rezo pra não ter nada que precise ser feito única e exclusivamente nele. Nunca entendi muito bem como quem trabalha de frente pro computador o dia inteiro consegue ter ânimo pra ficar mais tantas horas em frente a outro computador quando chega em casa.

Na minha outra vida, nem sei que horas acordo. Provavelmente quando bate a fome no meio de um sono ou quando uma neca gostosa se esfrega na minha bunda. Abro os olhos e rezo pra que o estranho ao meu lado seja no mínimo necudo. Empurro o bophy pro lado quando ele vem com beijos e te amo. Ao acordar, todo ser humano deveria amar apenas sua escova de dente.
Quando sento de frente ao computador e penso no que escrever para meus leitores, nunca tenho muito claro o que será. Muito menos qual será a música escolhida. Gosto que as coisas fluam por sua vontade própria. Será um post fictício ou algo mais pessoal? Continuarei minha história de onde parei no último post? Escreverei sobre algum artista específico? Darei minha opinião sobre algo? Acho tão engraçado quando meus leitores se identificam com algo que escrevi. Às vezes penso que somos todos iguais, vivendo vidas diferentes, mas todos enfrentando as mesmas crises ou experenciando as mesmas coisas, mas de formas diferentes.

Quando escrevo, inspiro-me pelas coisas que realmente vivi, pelas coisas que imaginei ter vivido e também pelas experiências de meus leitores. Às vezes escrevo coisas que eu gostaria de ter vivido. Fecho os olhos e sou capaz de criar toda a cena na minha cabeça.
Comemoro hoje o quarto aniversário do blog. Sei que ele poderia ser mais presente, mas a minha primeira (e mais importante) vida é tão corrida. Quantas vezes não quis escrever sobre essa vida que está sempre nos bastidores. Sem personificações. Escrever sobre o que me aconteceu no serviço. Sobre como foi realmente minha balada no último sábado. Sobre o que assisti e gostaria de compartilhar... Tento tornar a vida que escrevo a mais mirabolante e interessante possível. Nem sempre consigo... ainda bem. 

Já agradeci tantas vezes aos meus leitores pelo apoio e preferência ao longo dos anos que hoje quero agradecer a todas personagens, fictícias ou reais, que apareceram por aqui nestes quatros anos. A vida de Maddyrain não teria tanta graça sem a presença constante de Kilo Minhoca e Litta Walitta para lhe acompanhar. A vida sexual de Maddyrain não seria tão apelativa sem um Fabinho das Bananas e tantos outros ilustres desconhecidos para lhe enfeitar.
Bom, não vou conseguir encerrar o post de hoje sem agradecer sua atenção nestes quatros anos. É muito tempo, minha gente! Muita música (quase tudo apagado, é verdade)! É muita coisa pra se falar! Muita história inventada (ou não)! Muitas palavras preenchendo cada contorno de Maddyrain e de tudo que lhe rodeia. Criando essa personagem doida e seu universo ainda mais inusitado!

Quando sento para escrever no meu blog a única intenção que realmente tenho em mente é em tornar os seus dois ou cinco minutos de leitura por estas terras agradáveis. 

Um beijo,
Maddyrain et al.
 
Life

Long Version
Radio Edit
Special Radio Mix
The Capital Radio Session
Cosmack Extended Mix
Cosmack Mix
Cosmack Radio Edit
Cosmack Instrumental
Meme's Clublife Mix
Meme's Radiolife Edit
Brooklyn Funk R&B Mix - No Rap
Brooklyn Funk R&B Radio Edit


Chupa, oh chupa, oh chupa, oh chupa meu cu, cu, cu, cu:
Amores, a música de hoje não podia ser outra que "Life" da queridona Des'ree. Eu sei que essa música tanto na Alpha FM que muita xente já nem a aguenta mais, mas eu adógo! Tão bonitinha e fofa!
Como o que é bom é sempre melhor quando maior, se joguem na Long Version de "Life". Uma delícia! O Special Radio Mix não muda muita coisa, mas tem umas batidinhas discretas a mais que fazem a diferença nos refrões. Amo!

Os remixes feitos pelo CJ Mackintosh não são dançantes como a xente gostaria e seguem uma linha mais r&b. Podem pegar o Cosmack Extended Mix pra conhecer, mas sem grandes expectativas de quebrar o pescoço, tzá?
Pra essa finalidade, temos o delicioso (e raro) Meme's Clublife Mix do brazuca Memê. Como praticamente tudo desse orgulho nacional, o remix é um house phyno super gostosinho. Super recomendado!

1 Bilus felizes:

Marco disse...

Parabens, mta luz e amoo esse mix do Meme!!

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela