Guia Prático do Cunete Gostoso

Hoje eu vou compartilhar com vocês o que tenho ensinado pro Julio Baiano toda vez que deixo o bophy deitar aquele corpo delicioso na minha cama. É uma batalha constante ensinar aquele homem que tinha tudo pra ser O fodedor... bom, tirando o pau, que não é lá essas coisas!
E a primeira lição será aquela que leva todas as bilus passivas à loucura! O CUNETE, meu amô!

GUIA PRÁTICO DO CUNETE GOSTOSO
BY MADDYRAIN

Olha, vou começar sendo bem franca, tzá? Eu NUNCA chupei um edy e pretendo não chupar um tão cedo na minha vida passiva. Meu negócio é pau, piroca, rola, pinto, cacete e caralho. Nessa ordem ou tudo misturado. Mas já tive o edy chupado fárias fezes e por fários tipos diferentes, então experiência não é um problema, néam? Então não espere que eu diga o gosto que um edy tem... (thank Donna Summer!)

Bom, vamos ser bem realistas: não dá pra sair chupando qualquer edy por aí. E o mesmo se aplica às necas, néam? Vai achando que todo edy é limpo e saudável que você vai longe assim, meu amô... O que eu já senti de edy fedido em dark room não tá escrito! E pro futum subir tão alto assim, imagine a decência alheia! Então, só chupe o edy de quem você tem, no mínimo, algum tipo de intimidade. Não caia de boca no primeiro edy da buatchi. O mesmo eu não posso dizer pras boqueteiras de plantão... Mas tudo é uma questão de nojinho pessoal. Se você não tem absolutamente nenhum problema com a nena alheia, então vá fundo com a língua, meu amô!

Uma boa solução pra checar se o edy não tá checado é dar aquela enfiadinha safada e pervertida de dedos. Na pegação, eu sei que é SUPER normal rolar uma dedada, então não se faça de puritana pra mim! Enfiou o dedo, discretamente confira se não saiu gogozito nele. Não se esqueça de ver debaixo da unha, tzá? Fika a dika!
Se você é mais aventureira, dê uma cheiradinha no dedo. Não espere uma fragrância de lavanda francesa do campo, mas também se sentir cheiro de enxofre, fuja! 

Vamos propriamente ao cunete então! Enfim, dedou, cheirou, experimentou, degustou e viu que dá pra chupar o edy da biluzinha, caia matando! Toda bilu passiva adora levar uma linguada no rabo. E alguns ativos também gostam, tzá? Só que esses ativos são ativos do edy, néam? Ativo que é ativo nem deixa pegarem na bunda dele. Pelo menos era assim no meu tempo de Avenida Brasil...
Antes de enfiar a língua no rabo da bilu, brinque com a bunda dela. Uma mordidinha aqui, outra ali é sempre bem-vinda. Principalmente se a biluzinha gostar. Deixe marcas também. Por que não marcar o território com um puta chupão na bunda? A biluzinha vai praticamente implorar pra você chupar o edy dela!

Comece chupando e passando a língua ao redor do edy. Não seja afoito e se jogue direto no olho de Rá. Brinque um pouco com a bilu antes de fazê-la delirar. Faça como você gosta que façam com sua neca. Você também pode fazer a linha abusada e deixar um chupão no edy da bilu, mas já ouvi relatos de que depois fica dolorido na hora de dar...
Alguns edys não tem nem pregas nem dignidade e não se espante se você encarar (literalmente) um edy couve-flor. Como o meu não é assim (acredite se puder!), não sei como você deve chupar um edy assim tão sofrido. Acho que nesse caso, meu amô, nem precisa perder tempo chupando a bilu, viu? Já vai metendo porque essa tem fogo no rabo!

Outro coisa que também faz a passiva delirar é levar cusparada no edy. Xente, eu fico loka quando sinto o bophy cuspindo no meu rabo! Não sei explicar! E se acontece comigo, deve acontecer com as outras passivas também. Então cuspa e brinque com os dedos novamente. Já estará tudo molhado mesmo, então não perca tempo e comece a alargar o edy que você irá comer... isso se ele não for largo ainda!
Aí você já pode começar a linguar o edy propriamente dito. Finja que sua língua é um pau... o seu pau... e coma a bilu com ela. Também não mata ninguém dar leves mordidas no edy nessa hora. Se a bilu for mais selvagem, é capaz que ela peça pra você morder com força e marcá-la. Não vá arrancar pedaço! Controle seus impulsos zumbis!

Nesse momento, foda e chupe o edy da bilu, intercalando os movimentos. Mas atenção! Algumas bilus são egoístas e podem bater uma punhetinha gostosa com você chupando o edy delas, deixando você literalmente na mão! Meu conselho é que role um 69 gostoso nessa hora, assim nenhuma das partes sai perdendo.
O cunete, quando feito com tempo e dedicação, é o melhor caminho pra uma trepada gostosa e quente. O povo adepto do bareback no recinto (sempre tem uns, néam?) pode até já engatilhar a neca logo depois do cunete. Ou então, por que não usar a própria saliva e os cuspes como lubrificantes? A bilu passiva precisa ser um pouco mais larguinha, então não tente isso com as virgens... (como se ainda tivesse alguma por aí!).

Como prova de que vocês aprenderam tudo direitinho com Maddyrain, quero que vocês coloquem em prática meus ensinamentos COMIGO! Entrem em contato e eu passo meu endereço pra receber minha legião faminta por edy...

Um beijo,
Maddyrain

Love's Divine

Single Edit
Acoustic Version
The Passengerz Sanctuary Club Mix
The Passengerz Divine Radio Mix
Murk Light-n-Lovely Mix
Murk Dark-n-Dirty Dub
Deepsky Club Mix
Deepsky Edit


Meu edy é DIVINO:
Vou começar as recomendações de hoje sendo bem franca! Só postei "Love's Divine" por conta de um único remix que eu acho válido vocês conhecerem! Tô falando isso porque "Love's Divine" tá longe... bem longe... de ser uma das minhas favoritas do Seal. Podem pegar o Single Edit pra verem que não é nada de mais. Uma baladinha bem básica e sem sal ou pimenta. Aliás, palmas pros DJs que conseguiram tirar a música desse estado de inércia.
O The Passengerz Sanctuary Club Mix é um dance bem contido e nada pintoso, mas bem interessante e bonito. O The Passengerz Divine Radio Mix é um pouco mais acelerado pra tornar a versão original mais digerível a quem ainda escuta rádio.

Como eu já falei, o grande babadu de hoje é o MARAVILHOSO remix dos Murk Boys! Se joguem, meus amores, com muito amor e glamour no coração no Murk Light-n-Lovely Mix. É um remix realmente lovely, mesmo repetindo a mesma estrofe sem parar. Lindo, lindo, lindo! Como ele é bem diferente do estilo pancadão dos Murk Boys, temos o Murk Dark-n-Dirty Dub pra não deixar os fãs decepcionados.
Por fim, temos o Deepsky Club Mix, que é o remix mais animado de hoje. Não mudou minha vida e talvez não mude a sua...

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
Aim, sem medo de ser feliz! Num tenho mesmo!

album edit 4:06
single edit with drums 4:30
single version 4:05
the passengerz sanctuary dub mix 7:40
the passengerz dub 7:00

3 Bilus felizes:

Daniel Tavernaro disse...

Pequeno infarto quando li a parada das unhas. E quem as rói?

Anônimo disse...

Já fiz com meu namorado. Foi bom, mas só ele tinha prazer, não vi graça. Ele pede pra eu fazer mais vezes, mesmo qnd rola 69, ele chupando minha pika não quis. P mim não tem graça. O melhor mesmo é ser mamado e depois meter muito.

Anônimo disse...

amigo o nome "passivo" é só pq a bixa recebe as necada, eu sou ativo e tipo, meu namorado me chupa muito bem e eu tenho q dá um jeito de retribuir na mesma moeda, e já q ele prefere o prazer anal, o cunete é uma melhor opção q boquete, e se vc ama realmente seu namorado, deia atras de dar prazer pra ele, msm vc não tendo, pq quantas vezes ele já deve ter te chupado sem tá com um minimo de vontade

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela