You better work, bitch!

Meu primeiro dia na academia. Foi como perder a virgindade. Mas sem a neca entrando e saindo. Ou seja, me caguei toda. Litta Walitta me esperava na porta do apertamento e eu ainda olhava pro meu guarda-roupa pensando no que usaria. Nada servia. Nada era esportivo. Nada era bonito. Decidi ir vestida de Maddyrain. Mal vestida. Litta me olhou de cima a baixo e soltou o veneno.

_ Maddyrain, a senhora vai pra academia ou pro açougue?
_ Gata, eu não tenho roupa pra malhar. Diferente da senhora, néam? - Litta tava toda produzida no outfit básico de perua de academia. Até bandana tinha.
_ Vamos logo. Deve ter uma lojinha lá na academia. Você sabe que hoje em dia todo lugar tem lojinha.

Julio Baiano nos esperava na porta da "Work, Bitch!", a academia atrás de casa. Aquela coisa morena, sarada, careca, com brações abriu o sorriso mais lindo do mundo ao me ver. Litta Walitta estufou os peitos de borracha e eu só consegui pensar no quanto a foda com Julio Baiano era brochante. O bophy ignorou os impulsos avassaladores de Litta completamente e veio me cumprimentar com um beijo. Até do beijo eu não tinha gostado!

_ Opa, que bom que as damas chegaram. Separei uns aparelhos no capricho pra vocês!
_ Julio, eu já te falei que a xente não vai ficar se acabando na musculação. Isso é coisa de vinhado desesperado por sexo. A xente quer fazer ginástica e coisa assim.
_ Mas... você trouxe alguma outra roupinha, gatona?
_ Eu falei pra ela que ela tava indo pro açougue... Se bem que... pensando bem... não deixa de ser um açougue, né? - e Litta abriu aquele sorriso que eu conhecia MUITO bem. Decidi usar meu peso a meu favor e joguei a biscate longe.
_ Tem alguma lojinha aqui, Julio? Preciso comprar uma roupinha pra malhar porque eu não tenho nada.

A lojinha ficava no segundo andar, do lado da lanchonete. A vida vive querendo foder comigo, mas no mau sentido! Litta Walitta, toda rancorosa por ter sido arremesada longe, sentou numa cadeira e mastigava lentamente uma coxinha enquanto eu provava uns trapos. 
Cada vez que eu saia do provador e me olhava no espelho eu me sentia mais e mais ridícula. Litta Walitta nem tentava segurar o riso, aquela puta! Finalmente escolhi uma calça de lycra preta e um maiô rosa bebê. Algo bem angelical, mas, ao mesmo tempo, violento, gótico e esportista. Chamaria meu look de "bebê demoníaco decide malhar".

_ Tzá, e agora? É só entrar na aula e se acabar?
_ Ai, Maddyrain! Vamos dar uma olhada no vestiário!!
_ Eu?! Entrar no vestiário feminino!? NEM MORTA!
_ Não seja burra, viada! Vamos entrar no masculino!
_ Mágomo com a xente vestida assim!?
_ Eu vim preparada, bicha. A senhora devia ter pensado um pouco com a neca pra variar. - num movimento rápido, Litta arrancou a piruka e a jogou dentro da mochila que carregava nas costas. Percebi que ela tava sem maquiagem no rosto. A viada era esperta, viu!? O outfit esportista era totalmente unisex, então até que Litta enganava bem! Era só não abrir a boca, não gesticular, não andar... Até piscar denunciava!
_ Litta, mas a senhora é MUITO truqueira!
_ "Litta", não. Agora sou Fernando... lembra!?
_ Aim, você não espera que eu incorpore Alejandro aqui, néam!?
_ Gata, a senhora quer ou não quer ver umas necas gratuitamente?
_ Mas mesmo assim! Olha a minha roupa! - Litta me olhou com repulsa.
_ Maddyrain, o que mais tem em academia é gente doida. Ninguém vai notar na sua roupa... principalmente diante do seu... tamanho. Vai, tira a peruca e joga aqui dentro junto com a minha!
_ Eu só espero que você não tenha piolho! Chato eu sei que tem!

Soltei os grampos que seguravam a piruka e voltei a ser Alejandro. Ale-Alejandro. Fui pra lojinha e tirei o pouco da maquiagem que eu tava usando no espelho do provador. Sai de lá me sentindo gorda, feia e ridícula. Imagina se eu não preciso de ajuda com a minha autoestima!
O vestiário ficava no mesmo andar. Fomos até a porta como duas criminosas. Comecei a imaginar a cena de gang bang que eu tava prestes a vivenciar e senti a neca lutando contra o peso e as camadas de gordura que a sufocavam. Litta olhou pra mim com cara de safada e perguntou Você tá depilada, néam? Eu nem sei, gata! Você trouxe camisinha? E abrimos a porta do vestiário.

Um grito gelou meu coração! Prendi o edy com força e senti a xuca sendo desfeita lentamente dentro do meu pobre e obeso ser...

Follow Me

Club Mix
Radio Mix
Instrumental Mix
Dub Mix
Acappella
The Roger S Remix
Full Intention Club Mix
Full Intention Club Mix Edit
Full Intention Radio Edit
Eddie Amador Main Mix
Eddie Amador Dub Mix
Eddie Amador "Casa Grande" Mix
French Club Mix
French Radio Mix
Jay-J & Chris Lum Vocal Mix
Fred Everything & Olivier Desmet SF Vocal
Fred Everything & Olivier Desmet SF Dub
Harry Choo Choo Romero & Jose Nunez Big Room Drama Mix
Harry Choo Choo Romero & Jose Nunez Deep in Jersey Mix
Harry Choo Choo Romero & Jose Nunez Deep in Drums Mix
Mauritzio Remix
Richard Dinsdale Remix
Vanjee & Alex S Mix


Siga aquela neca:
Aim, xente, eu sei que já postei a crássica "Follow Me" antes, mas a merda do MediaFire apagou TODOS os remixes da pastinha, então juntei toda minha audácia e decidi repostar "Follow Me", com algumas versões novas!
"Follow Me" é um clássico da house music e merece ser ouvida por todo mundo! Se jogue no Club Mix e dance bastante essa delícia de música! Pra deixar tocando enquanto você limpa a casa, pegue o Instrumental Mix. Adógo! O Dub Mix tem umas batidinhas a mais super gostosinhas.

"Follow Me" foi lançada e relançada diversas vezes ao longo dos anos. O primeiro remix oficial é o do Roger Sanchez e, infelizmente, não chega aos pés da versão original. Aliás, acho que nenhum remix chega! Podem pegar o Roger S Remix, que é aquele house básico que a xente tanto gosta.
Depois veio o glamour phyno e chic do Full Intention com o Full Intention Club Mix, que basicamente só adicionou batidas mais club em cima da original. Uma delicinha. Os remixes do Eddie Amador não fazem a minha cabeça, então tchau. A merda French Club Mix a xente vai SUPER ignorar.

O Fred Everything & Olivier Desmet SF Vocal é bem gostoso e interessante. Um bom exemplo de como remixes atuais pra clássicos da dancefloor podem dar certo.
O Harry Choo Choo Romero & Jose Nunez Big Room Drama Mix é MUITO travesti e eu confesso achar que não combina com "Follow Me". Não é ruim, mas ficaria melhor em outra música! O Harry Choo Choo Romero & Jose Nunez Deep in Jersey Mix é mais contido e menos ahazzante de edys.

Se o remix do Harry Choo Choo Romero não combinava com a original, o Mauritzio Remix tem toda uma vibe Ilha de Caras que SUPER caiu bem! Uma coisa Ibiza deliciosa!
Por fim, peguem o Vanjee & Alex S Mix. Muito bom e válido. Enfim... essas coisas contemporâneas que não sei classificar...

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
Aliás, quero faz tempo, mas ninguém me dá!

new solution for the underground 7:16
can you feel the dub 7:00
full intention dub 9:01

0 Bilus felizes:

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela