Diva do vestiário

O berro preencheu o andar todo da academia e eu senti que todos os olhos e câmeras tavam voltados pra mim e Litta Walitta. O que mais me assustou nem foi o grito em si, mas o fato de ele ser feminino!

_ Ai, porra! A gente entrou no vestiário FEMININO!
_ Litta, maldita! Isso não se faz! Xente, desculpa! Não precisa gritar, sua escandalosa! Foi um engano! - um segurança correu em nossa direção.
_ Posso saber o que os dois tarados tão pensando em fazer!?
_ Xente, que loucura! Somos novas na academia! Entramos no vestiário feminino por engano. Hellooooo... não dá pra sacar que a xente não só não gosta de xana como tem nojo também? - o segurança media a gente de cima a baixo. Como toda boa desesperada, medi o cafuçu da mesma forma. Hmmm... não. Muito peão de obra pro meu gosto. E olha que eu gosto de um tipo pedreiro!
_ E você pode mostrar pra gente onde tá o vestiário masculino?
_ Éam! A xente tá loka pra ver umas necas!
_ Ver o que?
_ Ver os armários... Alejandro, quanto menos você falar, melhor!

O vestiário masculino ficava no andar de cima. Dessa vez, ninguém gritou quando entramos, mas o povo me olhava estranho. Minha autoestima nas alturas dizia que olhavam pras minhas banhas. Preferi achar que era o tom de rosa berrante da minha fantasia de "bilu da academia".
O vestiário era enorme e repleto de armários que iam do chão até o teto. Fiquei impressionada! Pensei nas biluzinhas que vão numas academias que, quando têm vestiário com armários, são cubículos em que não cabe nem uma bolsinha básica de trabalho na avenida! Litta pegou um armário pra nós duas: o 69. A safada é tão pervertida que ainda me lançou uma risadinha maliciosa. Minha autoestima me atacou novamente. Será que essa bisca tá rindo de mim porque sabe que não faço um 69 desde que os dinossauros andavam pela Terra?! Maldita...

Os bophys estavam espalhados pelos corredores e alguns conversavam entre si. É difícil não ser preconceituosa, mas existe raça mais imbecil que homem heterossexual? Os que não falavam de buceta, falavam de futebol. Os que não falavam desses temas super interessantes, conversavam sobre bomba e complementos alimentares. Os que não conversavam sobre absolutamente nada disso, caçavam os demais com os olhos. Me senti numa guerra em que as bilus disputavam os corpos com laser nos olhos!

Uma réplica de modelo da Calvin Klein dos anos 90 veio se trocar no mesmo corredor em que estávamos. Fiquei petrificada olhando aquela delícia tirando a roupa e colocando o uniforme de malhação. Mataria pra ver o que a cuequinha guardava e quase... QUASE... perguntei se podia dar uma espiada! Litta parou de guardar nossas tralhas no armário e ficou admirando o bophy também. A baba escorria da boca das duas.
Nada me irrita mais do que xente bonita que sabe que é bonita e esnoba os reles mortais como nós. O modelete olhou pra nós duas com desdém estapado no rosto e eu me senti a coisa mais insignificante do mundo. Terminou de se trocar, jogou o cabelo penteado pra trás e foi pra sua aula como se nada fossemos.

_ Se o desprezo fosse uma pessoa...
_ Deixa estar, Litta! Deixa estar! Pois eu vou emagrecer... vou queimar cada centímetro de gordura desse corpo volumoso... e treparei com essa personificação de desejo carnal! E sabe o que eu farei depois?
_ Sei! Você vai passar um cheque milionário só pra se vingar!
_ Naum! Bom, talvez sim! Mas vou gravar tudo e jogar na Internet! Vou marcar o meu retorno às camas do Brasil com um sextape com esse bophy! Você vai ver só!

Continuamos explorando os domínios do vestiário, mas agora motivadas pela ira de termos sido rejeitadas. No final do corredor de armários ficava a parte com os reservados e os chuveiros. Para a nossa alegria, os chuveiros NÃO eram reservados e o povo tomava banho um do lado do outro, correndo o risco de ter de se agachar pra pegar o sabonete no chão. Só de pensar em como meu sabonete viveria no chão, a neca tentou lutar de novo freneticamente contra o peso do meu ser que lhe cobria. 

_ Aim, vamos tomar banho!?
_ Tá loka, Maddyrain! A gente nem malhou ainda!
_ Eu sei... mas quero estrear os chuveiros... tá entendendo?
_ Maddyrain, a falta de prática deve ter deixado você mais ingênua. O povo tá tudo malhando... Isso aqui vai pegar fogo mais tarde!

Pensei novamente no meu sabonete sambando no chão daquele chuveirão e decidi que era melhor ir pra minha primeira aula na "Work, Bitch!".... Jump!

Needin' U

Original Mistake
Original Mistake Radio Edit
Boss Anthem Mix
Boss Anthem Edit Mix
Boss Anthem Radio Edit
Need a Dub
One Rascal Mix
One Rascal Edit
Unabomber Mix
Unabomber Edit Mix

Needin' U II

Radio Mix
2001 Main Anthem Mix
2001 Main Radio Edit
Soul on Soul Mix
Dark Face Dub
Dark Face Dub Edit
Stereo Dub


Meu edy precisa da sua neca:
Hoje é dia de crássico, meu amô! E um crássico de ninguém menos que o David Morales! Já sabe, néam? Preparem-se pra ahazzar! "Needin' U" já é bem antiga e fez um sucesso absoluto na época. A versão original é praticamente instrumental, mas tem uns vocais aqui e ali. Pegue o Original Mistake pra conhecer. O Boss Anthem Mix não é muito diferente, mas aumenta o glamour pra dez minutos! Só pras mais corajosas do recinto! O Need a Dub é bem diferente e tem umas batidas a mais bem gostosas. Glam, amô! Glam! Os outros remixes da época não adicionam NADA de importante, então beijos.

Em 2001, Morales decidiu relançar "Needin' U" com vocais da Juliet Roberts e eis que ganhamos "Needin' U II" - A Missão! A loka! Os vocais divísticos da Juliet casaram super bem com as batidas! Pode pegar o 2001 Main Anthem Mix e se acabe! O Soul on Soul Mix deixou a música com uma pegada lounge chique e animado super interessante.
O Dark Face Dub é, como diz o nome, um dub bem dark (room). Uma delícia pra deixar tocando enquanto você fofa gostoso! Por fim, o MARAVILHOSO Stereo Dub, que também segue essa linha dark tribal, mas mais despirocada e com vocais adicionais. Pra você ficar colocada e se acabar!

0 Bilus felizes:

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela