Maddyrain O'Hara

Fabinho das Bananas me ligou e me chamou pra jantar fora. Olhei ao redor de minhas almofadas encardidas repletas de restos de esfihas e kibes do Habib's e respondi Craro que posso, meu amô! Não tô fazendo nada de mais e preciso mudar meus hábitos alimentares urgentemente! Tentei me levantar, mas a preguiça era tão grande... ou talvez o peso do meu corpo... que a força da gravidade me puxava pra baixo. Pedi socorro.

_ Litta! Kilo Minhoca!! Alguém!! Socorro! - Litta Walitta chegou depois de três minutos de súplicas e berros com a cara toda amassada.
_ Ai, o que que foi!? Eu tava dormindo e você sabe que tomo medicamentos pesados pra dormir, sonhar e acordar! Maddyrain, que cheiro rançoso neste quarto! 
_ Aim, não me enche! Me ajuda a levantar!
_ Quanto tempo você não toma um banho? Olha a coloração dessa roupa!
_ Por favor, Litta! Sem críticas! Eu estou com a autoestima baixa! Muito baixa!
_ Baixa e porca!
- com esforço, me levantou do meu leito glutão.
_ Eu preciso de ajudar pra me arrumar, Litta! Tenho um encontro com  Fabinho.
_ Você tem um encontro!? Como é que você vai nesse encontro com aquele bophy gostoso assim!?
_ Assim como? Eu vou tomar banho, tzá?!
_ Banho não emagrece. - viado tem a incrível capacidade de ser a criatura mais cruel do universo. Olhei pra ela prestes a chorar - Engole o choro, viado. Você tá gorda e sabe disso. Você não quer ajuda pra tomar banho, NÉ?
_ Naum! Eu ainda consigo me lavar! Claro que não em todos os lugares... mas consigo! Acho que vou precisar de você pra me vestir. Procure algo em meu armário enquanto tomo banho.

Enquanto ia pro banheiro, vi Litta Walitta tapando o nariz antes de abrir a porta do armário. Aim, que horror! Como se eu fosse esconder comida com as roupas! Doritos não é comida, néam?! Entrei em nosso banheiro pequeno e me olhei no espelho. Meu rosto continuava o mesmo. Gracioso... e cheinho. Sorri e minhas bochechas inflaram. Será que eu farei sucesso na Ursound? Xente, preciso fazer uma xuca! Sempre dou pro Fabinho! Comi tanto nos últimos dias que não posso arriscar uma fofada sem xuca!
Peguei o chuveirinho e nos encaramos por alguns minutos. Sentei na privada e comecei a planejar como faria pra enfiar aquela coisinha delicada no meio de minha buzanfa selvagem. Eu tinha engordado tanto recentemente que a gordura tinha se espalhado pra todas as partes do meu corpo. Minha bunda era agora duas enormes bolas de canhão. O edy eu desconfiava que continuava o mesmo. Ou seja... proporcional à bunda. Tentei afastar as bandas e enfiar o chuveirinho no rabo, mas não consegui. Gritei por socorro.

_ Litta! Vem cá!
_ Que foi?
_ Preciso da sua ajuda...
- e mostrei o chuveirinho pra ela.
_ Ah, não! Você quebrou o chuveirinho!? Já sei! Sentou em cima dele, né?
_ Naum! Eu preciso que você abra a minha bunda e enfie o chuveirinho no meu edy! - ela me encarou espantada.
_ Eu juro, Maddyrain... Eu juro que JAMAIS pensei que você me pediria algo assim!
_ Litta, eu não conseguirei fazer a xuca sem sua ajuda! 
_ Eu me pergunto, Deus, o que a gente não faz pras amigas levarem rola nesta vida?!

Virei-me de quatro, numa acrobacia desengonçada e perigosa, e Litta, com experiência e asco, afastou as bandas da minha bunda e enfiou o chuveirinho onde não bate a luz do Sol. Se você se atrever a soltar água de xuca em mim, eu juro que te mato neste banheiro minúsculo! Ela sabia que corria perigo mortal.
Terminado o servicinho sujo, entrei no banho. Se me virasse muito pra direita, esbarrava nos frascos de shampoo. Se fosse muito pra esquerda, corria o risco de cair fora do box. Fiquei estática deixando a água escorrer pelo meu esbelto corpo e torcendo para que ela passasse por todas as dobras do meu ser. Em seguida, fui pro quarto. Litta havia escancarado a janela pra arejar o recinto.
 
_ Gata, tenho uma péssima notícia pra te dar.
_ O que?! Não chegou meu China in Box ainda!?
_ Você vai sair pra jantar fora e tá esperando chegar o China in Box!? Maddyrain, você não tem roupa pra usar! Aposto que seus vestidos Gucci, Pucci, Ducci, Buccita estão todos pequenos em você!
_ Aim, e agora!? Você tem algo pra me emprestar?
_ Eu!? Olha minha silhueta, gata! Não tem nem comparação!
_ E agora, Litta?! Não posso sair nua em pelo na rua!
_ Por que não? Não seria a primeira vez, você sabe...
_ Mas eu era mais magra e graciosa! Hoje, sou essa coisa disforme.
_ Exagerada! Hmmm... acabei de ter uma ideia! Vamos fazer um vestido bem chique usando a cortina da sala que tiramos pra lavar!

Pausa dramática. A "cortina da sala que tiramos pra lavar" era um "brinde" que veio com o apartamento. O tecido já tava tão sujo que eu juro que não sabia definir sua cor inicial. Não devia ser muito distante do tom amarronzado atual.

_ Eu não posso usar aquilo, Litta! 
_ Ah, não me venha com dignidades agora, Maddyrain!
_ Não vou usar aquilo, já falei! Ligo pro Fabinho, desmarco o encontro e fico com meu China in Box! - o celular tocou. Era ele.
_ Já cheguei. Pode descer.
_ Aim, Fabinho... sabe o que é...
_ Desce logo! Quero te devorar hoje!
_ Já vou! Litta, pega a cortina! Rápido!
_ Sabia que sua fome por neca ainda era a mesma.

Litta jogou a cortina em cima de mim, deu umas voltas, jogou um pedaço pra cima, outro pra baixo, fez uma saia longa e amarrou um cordão com uma argola de madeira ao meu redor. Olhei-me no espelho e me achei a coisa mais ridícula do mundo. O celular tocou de novo. Aim, meu kool! Vou assim mesmo! Ele me quer pelada! Tanto faz a roupa que uso!
E desci pra encontrar Fabinho...

How Can I Love You More

Radio Edit
Classic Mix
Club Mix
Holy Love
Acapella
Sasha's Master Mix
Sasha's Master Edit
Sasha's Ambient Dub
Sasha QAT Mix
Rollo's Mix
Jimmy Gomez 6am Vocal Mix


Como posso dar mais meu edy?
Olha, eu já tô careca de tanto escrever aqui o quanto eu adógo o M People! Não vou ser repetitiva, mas só queria reforçar na cabecinha de vento de vocês que eu acho a Heather Small uma coisa de outro mundo! Se joguem na versão Acapella pra se cagarem todos!
"How Can I Love You More" é um dos principais hits do M People e uma das minhas favoritas, mas vou ser bem franca e admitir que a versão original (aka Classic Mix), apesar de bonitinha, não molha tanto a minha calcinha. É um house pop gostinho pra deixar tocando na sua festinha. O Club Mix jogou umas batidinhas mais dance, mas nada de espetacular também.

Quem deu outra cara pra música e a deixou famosa foi o extinto Sasha com o Sasha's Master Mix. O clima house da original é misturado ao estilo trance phyno típico dele. Enfim, uma obra-prima! Pra vocês ficarem ainda mais colocados, peguem o Sasha's Ambient Dub! Uma loucura!
"How Can I Love You More" ainda ganhou um remix (e um dub que eu não tenho, mas dou meu edy até fazer bico pra tê-lo) do meu muso inspirador Rollo, o Rollo's Mix. Embora longe de ser um dos ápices da carreira do bunito, a versão dele é bem interessante e tem umas batidas dubalacubacu! Se joguem! 
Por fim, temos a versão mais recente (já com uns quinze anos nas costas, mas abaphe the case!) do Jimmy Gomez, mas dessa eu não sou muito fã, então peguem por sua conta e risco!

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
Hoje os pedidos são poucos, já que consegui coisas que passei milênios procurando! Já esses dois remixes aí de baixo... ah, meu amô... te chupo inteiro se você me mandar!

sasha's keyapella 5:57
rollo's dub 5:05

0 Bilus felizes:

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela