Open house & edy

Eu, Litta Walitta e Kilo Minhoca também somos travestis de Diana Ross e merecemos descanso na véspera de Natal! A mocinha da "Festinha Animadinha" me ligou logo cedo oferecendo uma festa natalina pra xente trabalhar. Olhei bem na cara dela via a linha telefônica (aposto que ela se sentiu olhada pele telefone) e respondi Pra trabalhar, meu amô?! Eu quero uma festa de Natal pra eu me acabar de comer e beber até altas horas! Ela ficou enfurecida. Me perguntou onde é que ela ia encontrar alguém pra trabalhar no Natal. Mandei ela procurar na Internet. Sempre tem xente desocupada lá.
Hoje a festa seria na nossa casa! Seria nossa open house misturado com open edy. Sai pela cidade colando convites pelos orelhões mais conhecidos pelo povinho sórdido do Centro de São Paulo.

Open house & edy
Venham todos pra nossa festinha no apê com muita comida, bebida e padê
(não incluso... cada um leva o seu)!
Com show de travas caricatas depois de uns bons drinqui!

_ Ai... mas será que vem alguém? É véspera de Natal?
_ Vem sim. Esse povo é morto de fome. É só falar que vai ter comes e bebes que o povo faz caravana.

Como Litta Walitta adquiriu certa experiência na cozinha enquanto trabalhou pra Roxxana Veludo, ela ficou encarregada das comidinhas. O cardápio seria dividido em dois: pra turba de desconhecidos serviríamos amendoim e cerveja de qualidade desconhecida. Pras bilus conhecidas a xente decidiu guardar a comida num armário da cozinha. Teríamos um peru bem gordo e suculento, farofa Yoki (minha favorita!) e cidra.
Kilo Minhoca ficou encarregada de arrumar a casa. Não que fosse um trabalho de Hércules, já que o apartamento era minúsculo. Eu fiquei com a parte musical da festa. Separei meus MP3s natalinos pro começo da festinha e reservei os bate cabelos pra depois da meia noite.

A xente ainda tava pelada se montando quando o interfone tocou. Era nosso primeiro convidado! Quem seria?! Peguei qualquer vestidinho vermelho Valentino do armário e corri pra porta. Ajeitei as tetas fakes no sutiã e abri a porta sorridente. Um mendigo sujo e com barba gigantesca sorriu de volta.

_ Feliz Natal!
_ Aim, naum! Naum me abraça que eu tô limpa! Tomei banho e o vestido tá semi-lavado também!
_ Quem é, Maddyrain? - Litta saiu pelada do quarto.
_ Ai, que horror! É um mendigo! O que o senhor tá fazenu aqui, posso saber? - Kilo Minhoca tentava esconder a (pouca) decência.
_ Ué, eu li o convite no orelhão!
_ Mas o convite era só pra pessoas mais... arrumadinhas. Não pra ralé de São Paulo!
_ Eu disse que essa ideia de sair convidando desconhecidos ia dar merda... - o interfone tocou novamente. Era outro convidado. Outro mendigo. Mais sujo e mal cuidado. O interfone não parava de tocar. A porta não parava de abrir. Minha pressão foi subindo.
_ Xente, isso aqui vai virar um abrigo da prefeitura?!
_ Olha, a gente agradece a visita de todos vocês, mas vocês vão precisar ir embora. A gente tá esperanu uns convidados pra nossa festa de Natal e não pega bem vocês aqui...

Os mendigos, devidamente acomodados em nossos sofás, olharam pra xente com espanto e tristeza. Começaram a se levantar e ir embora, reclamando que nunca foram tão mal tratados na vida. O peru no forno espalhava seu cheiro pela casa inteira. Minha barriga nada de tanquinho roncava. Xente, vamo acelerar? Eu tô com fome. Um mendigo olhou pra trás. Ia falar alguma coisa, mas preferiu ficar quieto.

_ Xente! Que loucura! Nem acredito que conseguimos nos livrar de todos!
_ Agora nossos convidados de verdade podem chegar! Eu até fiz a xuca!
_ Nós três fizemos, gata. Mas tô achando que não virá ninguém...
_ Ai, que horror. Por que?
_ Intuição travesti.

Fui pra janela ver se algum convidado tinha chegado. Os medigos ainda estavam saindo do prédio. O cheiro do peru tinha impregnado nas paredes. Se eu tava com fome, imagine eles... Hey! Hey, vocês! Vocês mesmos! Podem voltar! Tem peru pra todo mundo! Tem música boa! Tem champagne vagabunda! Tem espírito natalino!
Nossos convidados voltaram pra festa ignorando completamente o fato de terem sido colocados pra fora poucos minutos antes. Era a magia do peru. Passamos a noite conversando, comendo e bebendo. A xente descobre cada coisa de quem menos espera... Cada história de vida ouvi!

No céu, Mário Endless, a Trava Noel, passou em seu trenó puxado pelos gogo boys de olhos vermelhos distribuindo dildos pras bilus. Abracei minhas amigas. Abracei meus convidados (com nojinho, mas abracei). E abraçaria vocês, meus kéridos leitores, se pudesse. Sintam-se abraçados e chupados nessa noite de Natal!

Um beijo e feliz Natal para todos vocês!
Maddyrain

Joy to the World

Club Mix
Celebration Mix
Celebration Mix Edit
Flava Mix
Crash Dub Crash

Joy to the people everywhere you see...

Pendura sua bola de Natal em mim, meu amô:
O Natal chegou, meus amores! E tem coisa melhor do que passar o Natal dando pinta pra sua família dublando Mariah Carey remixada pelo David Morales?! Acho válido chocar a família numa data especial! A Mariah, que não é boba nem nada, já lançou dois CDs só com músicas natalinas. Eu sempre achei que o fundo do poço tá chegando quando um artista decide lançar esse tipo de coisa...
Anyway, "Joy to the World" foi lançada como single e recebeu remixes do "God on Earth" David Morales. O Club Mix tem todo o clima house Natal bilu que só o Morales conseguia fazer. Os vocais são os mesmos da versão original e acho super válido, mas o babadu mesmo é o escandaloso Celebration Mix! O clima é praticamente o mesmo, mas com mais ênfase aos elementos house e aos vocais regravados. Uma delícia! Aquele começo com a Mariah gritando toda frenética "Joy... joy... joy... joy" ad infinitum me deixa TODA cagada! O Flava Mix não foge muito da mesma base, mas tem um trecho com uns sintetizadores deliciosos.

0 Bilus felizes:

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela