Procura-se Roxxana Veludo desesperadamente

Sabe quando você tá andando pela rua, toda bunita, balançando os têtês pra lá e pra cá e completamente despreocupada com onde tá pisando porque só pensa em exibir o carão pra quem tá passando e, de repente, não mais que de repente, pisa na merda? Aquela sensação desagradável de estar atolando na merda. Aquele cheiro que instantaneamente sobe ao nariz. Aquela raiva por seja lá qual foi o ser que cagou na rua. Entaum, meu amô, eu corria num túnel de fuga à la dark room, ia pisando não quero nem saber em quais bichos e coisas pelo caminho. Minha vontade era navalhar todo ser cagante do mundo! Começando pelo edy!

Meu plano era bem básico: chegar até o presídio, entrar lá na maior caruda fingindo ser um guarda bem pouco sensual e conversar com Roxxana Veludo. O que conversar já era outros quinhentos. Na escuridão do túnel, ouvi uma voz vindo do meu lado direito.

_ Maddie, a senhora ainda não sabe o que perguntar pra Roxxana, né?
_ Naum. E posso saber por que você tá empoleirada no meu ombro, Kilo Minhoca?!
_ Agora que a gente morreu, vamos te atazanar! Seremos a sua consciência!
_ Era só o que me faltava ter Kilo Minhoca e Litta Walitta como minha voz da razão!
_ Gata, a senhora tá mais perdida que rabo de bichinha virgem no club de sexo do Centrão! Você precisa da nossa ajuda.
_ Amore, eu não entendi a referência à bichinha virgem porque isso eu fui séculos atrás. Tudo que sei é que preciso me encontrar com Roxxana Veludo! Ela deve saber como consertar esse futuro imperfeito.
_ Claro que ela sabe, Maddie. Como é que a senhora veio parar aqui?
_ Eu abri a minha caixinha de Pandora no último suspiro de vida...
_ Então, gata... junta os pontos. O que é que a senhora precisa perguntar pra Roxxana Veludo?
_ Como é que ela tá? Tá boaw? Inháim, como vai, como vai, como vai? Vou bem, muito bem, bem, bem!
_ Ai, que horror! Sempre achei a senhora mais inteligente! Litta, seja mais didática.
_ Maddyrain, cadê a porra da sua caixinha?!
_ E eu lá vou saber?!
_ Justamente! Quem é que sabe? A Roxxana Veludo!
_ Aim, que loucura! Plim! A lampadinha em cima da minha cabeça acendeu!
_ Você tem que perguntar pra ela onde tá essa caixinha pra voltar ao passado e mudar o futuro, Maddie!
_ Quem tem que morrer naquele dia na inauguração da Ilha do Sexo é Roxxana Veludo, não Maddyrain!

Loucura! Loucura! Loucura! Me senti saída de uma trama de fixação científica! Meu cavalo sempre leu muito história dos X-Men. Só pode ser isso! Senti pena das bilus leitoras completamente perdidas nessa mega trama de viagem no tempo! Enquanto Litta Walitta e Kilo Minhoca discutiam com saudosismo na minha orelha as cores de esmalte com nomes mais bizarros de outroa, avancei até a saída do túnel.
Do lado de fora, São Paulo continuava a mesma merda escura, suja e fria. O antigo Teatro Municipal que agora servia como presídio de segurança máxima encarava a vista devastada com antipatia e tristeza. O cheiro de nena que o Vale do Anhangabaú exalava novamente me deixou nauseada. Fiz um 21 pro Hugo assim que sai do túnel. Litta e Kilo ficaram com nojo e desapareceram dos meus ombros. Caminhei até a entrada do presídio como se fosse o guarda modelo da corporação.

_ Identificação!
_ Não tá vendo minha plaquinha com meu nome?
_ Boa noite, Capitão Born. Pode passar!

O interior do Teatro Municipal havia perdido toda pompa e looshu do passado. Todo mármore do salão de entrada agora exibia uma coloração escura e mucosa. Todos os guardas por quem eu passava pareciam tristes e deslocados naquele ambiente sufocante e assombrado pelos gritos de agonia e desespero que vinham das profundezas do teatro. Fui seguindo as plaquinhas até as celas do povo perigoso e diferenciado. Um guardinha cochilava no posto.

_ Acorda, meu amor! Você não é pago pra dormir! Sentido!
_ Opa! Desculpa! Capitão... hmmm.. Bórni?
_ Born, soldado! "Born"! Vim vistoriar a interna Roxxana Veludo!
_ Senhor, para entrar nas celas deste bloco é necessário apresentar a papelada...
_ Eu sei, soldado. Será que eu aparento ter saído de um bueiro qualquer e surgido aqui num passe de mágica? Tá tentando me ensinar a trabalhar, soldado?!
_ Não, senhor! Perdão!

Apresentei a pasta com os documentos que elzei da cobertura do ministro de segurança pública e me achei merecedora de um Oscar por minha interpretação. Talvez só o "meu amor" ficou deslocado no contexto, mas o restante foi mais macho impossível! O guarda abriu o portão para o corredor com as celas. Um odor azedo de suor, mijo e otras cositas más tava impregnado no ar. O interior das celas era escuro, mas dava pra distinguir pessoas escondidas espreitando do escuro.

_ Qual é a cela de Roxxana Veludo, soldado?
_ É a...
_ Eu tô aqui! Apareceu a margarida, olê, olê, olá...

Senti um calafrio...

Show Me

Urban Soul Original Mix
Def Club Mix
Def Radio Edit
Def Instrumental Mix
Def Dub-Appella
Him & Her Mix

It don't matter if you're gay or live...

Vou te mostrar meu edy pra você chupar:
"Show Me" é uma daquelas pérolas que poucas pessoas conhecem e merecem ser divulgadas! Eu só conhecia o remix do David Morales e acho, assim, MEGA válido toda biluzada baixar! Se joguem no Def Club Mix! Puro escândalo daqueles vocais andrógenos! Não sei se é homem, mulher ou bilu cantando! O clima do remix é todo dark room house. Uma loucura. Se gostar, pega também o Def Instrumental Mix, que não é totalmente instrumental, mas é legal. Outra versão pra deixar você todo cagado é o Def Dub-Appella! Uma loucura!
Por fim, o Urban Soul Original Mix, que tem uma pegada mais dance e bonitinha também, mas a estrela da vez é o Morales que SUPER ahazzou com essa música.

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
Aim, xente, hoje é pouca coisa, vai! Ajuda a tia Maddyrain, ajuda?

radio edit 3:55
him & her dub
phillip & danny's twilo edit 8:42

1 Bilus felizes:

Muñoz. disse...

Maddy e agora?

Super estou acompanhando a sua aga.
Beijos

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela