Macumba nele!

Com as três acordadas na compania do cardume de elefantes dançando na minha cabeça, contei tudo que havia acontecido pra Kilo Minhoca e Litta Walitta. Kilo demorou um pouco pra entender quem era o Lírio Intestinal.

_ Maddie, como assim?! Ele te traiu com alguém chamado Lírio Intestinal!? Eu nunca vi essa bicha na avenida, e olha que de avenida eu entendo!
_ Diana Ross, pode uma bicha ser mais lesada?! E olha que você é a menos colocada de nós três! A bunita tá falando daquele jardineiro, o Istuarti Lirôu!
_ Ai, que horror! E não é que parece mesmo uma coisa saída do intestino aquele menino? Até eu era mais bunita quando menina. Maddie, eu tenho a solução pro seu problema.
_ Aim, gata... que não seja nada alcóolico ou dopante. Preciso de pelo menos um dia de repouso antes de pensar em me colocar de novo.
_ Pegou pesado, né bicha? Mas não é nada disso, não. Eu e você vamos à casa da Mãe Lenita!
_ "Mãe Lenita"? O nome da sua mãe não é...
_ Não, bicha burra! Mãe Lenita é minha guia espiritual!
_ Você quer me levar pra macumba? É isso? Meu amô, eu já tentei de tudo nesta vida. Não seria a primeira vez que eu iria pra macumba.
_ Não é macumba! Ela atende num terreiro, mas a gente não vai ficar pros trabalhos. A não ser que você queira, né? Olha, eu super topo! Não se sinta acanhada. Você sabe que eu adoro uma macumbinha básica.
_ Era só o que me faltava! E você lá acredita nessas coisas, Maddyrain!? Esse povo é tudo salafrário!
_ Ai, que horror! Não fala assim da Mãe Lenita! Deixa eu contar como conheci ela. Eu sentei na cadeira dela e ela falou "Você é bicha. Trabalha com a família". Na época eu trabalhava com minha tia. Inclusive, foi ela que me indicou a Mãe Lenita. Fiquei Bélgica! Perguntei pra ela "Como você sabe?" e sabem o que ela me respondeu? "Eu vi nas cartas"! Eu queria ter um dom assim. Eu ia ficar rica. - preferi não comentar nada. Só de bater os olhinhos na Kilo Minhoca você já sacava que aquela Coca era Fanta, mas me deixei levar. Vai que dava certo, néam?

Fabinho das Bananas ficava muito pouco tempo em casa. Dizia pra Litta Walitta que tava resolvendo uns problemas de contratação pro puteiro de Roxxana Veludo na Ilha do Bororé e só voltava pra dormir. Nem comer vinha comendo. Meu kool se contraiu de pena, mas já dizia uma velha conhecida: "Pena hoje, amanhã galinha". É bem por aí! Combinei com Kilo Minhoca de irmos até o terreiro de Mãe Lenita no dia seguinte.

_ Litta, vai dar pra senhora substituir nós duas?
_ Como assim?! Dá pensando que aqui é a casa da mãe Joana?! Aqui é um puteiro, é verdade, mas não vem com putice pra cima de mim! Mal dou conta do MEU trabalho, que dirá do trabalho das duas donzelas macumbeiras!
_ Gata, essa casa tá às moscas faz tempo! Roxxana Veludo tem dormido na Ilha do Bororé com o Pigmaleão, Fabinho das Bananas só vem à noite pra dormir. Até os seguranças tão abusando das instalações e não saem da piscina! Ninguém vai perceber que a xente tá indo pra São Miguel Paulista fazer macumba.
_ E a gente vai de carro. Voltamos rapidinho.
_ De carro?! Tão lokas da xereca, né? E você vai de carro importado pra São Miguel Paulista?! Quer voltar fatiada pra casa?
_ Aim... ela tem razão. Não tem nenhum carro velho na garagem, néam? Vamos de metrô mesmo.
_ Ai, que horror! Mas pra chegar na casa da Mãe Lenita de transporte público, vamos ter que pegar tudo! Trem, ônibus, metrô, lotação e até charrete!
_ Charrete?! Ela mora numa fazenda?!
_ Não, coitada. É que o município é muito pobrezinho.

De fato. Pegamos uma sacola de feira que Litta Walitta encontrou perdida pela casa, colocamos alguns salgadinhos Elma Chips, umas garrafas de Coca Cola Zero (porque é phyno estar constantemente em regime) e partimos na nossa jornada até São Miguel Paulista sem hora pra voltar. Olhei pra trás e acenei como uma estrela de cinema pra Litta atrás dos portões da mansão de Roxxana Veludo. Não chora! A xente volta ainda hoje! Se Litta soubesse onde a xente tava se metendo, ela jamais teria deixado eu partir com Kilo Minhoca pro desconhecido da periferia de São Paulo...

I Want You - You Want Me

Extended Version
Edit Version
Hip Hop Mix
Bonus Beats
Def House Mix
Red Zone Mix

You're so sexy, babe...

Você chupa meu edy - Eu chupo sua neca:
Era muito comum no começo dos anos 90 encontrar grupos americanos formados basicamente por vocais negros com uma mulher pra ahazzar tudo. A pegada desses grupos era geralmente r'n'b e os singles ahazzavam no house da época. É o caso da música de hoje do Starpoint. Podem pegar a Edit Version pra perceberem o que eu tô falando. Eu nunca ouvi outra coisa deles, mas acho um desbunde o remix do David Morales pra "I Want You - You Want Me"! Aliás, só postei esse single hoje pra divulgar o Def House Mix! A loka! Depois de cortar os pulsos de saudades dessa época de ouro do house, se joga no Red Zone Mix! Maravilhoso!

0 Bilus felizes:

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela