Parabéns, Linha Quente da Maddyrain!

Sento na frente do computador e penso e penso. O que vou escrever hoje? Vou escrever algo engraçado ou ponderativo? Algo pra dar uma cutucada ou logo uma alfinetada com agulha de crochet? Não é fácil ter inspiração. Ela não vem todo dia. Talvez, se eu passasse o dia inteiro com a barriga pro ar, sem nada pra fazer, tivesse mais lampejos criativos, mas com a vida atribulada, com milhares de coisas pra fazer, tem dias em que não tenho absolutamente nada de bom pra escrever. Mas também há dias em que tenho uma ideia brilhante e quero correr pra casa, sentar na frente do computador e pensar e pensar.

Penso em você que me lê. O que você vai achar? Vai dar risada de alguma bobagem? Vai achar que tudo é verdade? Meu texto é verossímil? Vai se emocionar quando estou down? Vai se revoltar com minhas críticas? Vai fazer download das músicas que eu recomendo? Vai se interessar por algum artista que não conhece e eu estou apresentando? Penso em tanta coisa. Penso se alguém lê tudo até o final, mas nunca pensei se alguém de fato entende o que eu escrevo. Às vezes, penso que escrevo pra mim e apenas eu. E, sim, eu me divirto com algumas coisas que escrevo. E, sim novamente, já terminei alguns textos me desfazendo em lágrimas.

Nestes dois anos de jornada bloguística com meu próprio espaço, já escrevi de tudo: já dei dicas de comportamento, mesmo não sendo nenhum referencial para isso. Já ensinei a fazer a xuca, já contei milhares de vezes como conheci meus melhores amigos, Maddyrain já trocou de nome e personalidade quinhentas vezes... Enfim... tem dias em que acho que não tenho absolutamente mais nada para narrar. O que mais poderia Maddyrain viver? Penso então em uma morte bem dramática pra minha personagem, mas sinto como se uma pequena parcela minha fosse morrer também. Afinal, Maddyrain tem muito de mim. Diz muitas coisas que eu verdadeiramente acredito e penso. Mas também diz e faz coisas que eu jamais diria ou faria.

São dois anos pensando, escrevendo, relendo e revisando palavras que talvez seriam em vão sem o retorno de meus leitores. Já falei antes, mas nunca é demais repetir: sempre que recebo uma mensagem agradecendo algum remix, um comentário na caixa de bate-papo ou um e-mail enviado diretamente para o endereço da Maddyrain, penso que tudo vale a pena. Tenho a confirmação de que, sim... tem gente lendo o que eu escrevo. Tem alguém do outro lado gostando e incentivando algo que faço por mero hobby e amor à escrita. Então sento na frente do computador e penso e penso.

Penso em você, meu querido leitor.

Em nome de todos e todas que por aqui já passaram...

Obrigado(a)

PS.: agradecimentos mais do que especiais a todas as pessoas que permitiram (ou não) sua participação nestes dois anos de histórias. As aventuras de Maddyrain não teriam um terço da graça que têm sem vocês.


Make the World Go Round

Deep Dish Round the World Remix
Deep Dish Edit
Deep Dish In Orbit Dub (low quality...)
Deep Dish Lost in Space Beats (low quality...)
StoneBridge Club Mix
StoneBridge Edit
Classix Media Mix
Malcolm Duffy's Trade Dub
Curtis & Moore Traveling the World Mix
Curtis & Moore Edit
Curtis & Moore My Dub Go Round
Ramsey & Fen Radio Edit
Tony de Vit Sundissential Mix
Knuckleheadz Remix
Knuckleheadz Radio Edit
Solsonik Re-Styling 2004
Solsonik Re-Styling 2004 Radio Edit
Wild World S.J. Radio Mix (thanx to Paulina Glossy!)
Heaven Anthem Mix
Robbie Rivera Remix
Soulshaker Original Club Mix
Soulshaker Original Radio Edit
Stereojackers Remix
Bassmonkeys Remix
JD Rox Remix
R1 Remix

A lifetime full of passion and play...

Chupa meu edy mundo a fora:
Xente, hoje é dia de crássico absoluto da dancefloor aqui no blog! "Make the World Go Round" é provavelmente o único hit da Sandy B, coitadinha! Foi lançado em 1996, mas ainda tocava no começo de 2000, quando moi colocou os pézinhos santos na buatchi. Parece que essa música foi feita pra ser dublada e bater o cabelo! Incrível! Craro que todo mundo só conhece o remix do Deep Dish, néam? Nem imagino se existe uma versão original pra essa música, mas quem se importa? O Deep Dish Round the World Remix deve ter tocado em TODAS as buatchis guêis do mundo. FATO! Dez mintuos de puro luxo e glamour dance, meu amô! Se joga com toda as suas forças, porque esse remix é icônico!
Um pouco mais apagado, mas também digno, temos o StoneBridge Club Mix, que segue a linha dance básica dos anos 90. Super gostoso e traz lembranças boas... O Classix Media Mix do Kerri Chandler também segue o padrão dance da época. Uma delícia! Os remixes da época do lançamento do single são maravilhosos!

"Make the World Go Round" foi obviamente relançada ad infinitum ao passar dos anos e duvido muito que tenha parado em 2010. O primeiro relançamento foi em 98, pouco tempo depois do lançamento original do single. O Curtis & Moore Traveling the World Mix também é dançante e super gostosinho com aquele pianinho house safadjénho. Uma delícia! O Curtis & Moore My Dub Go Round também é dubabadu e mais pesadinho nas batidas. Recomendado! O resto dos remixes dessa época a xente joga no lixo.
Em 2004, o single foi relançado again. O Solsonik Re-Styling 2004 tem uma pegada old skool deliciosa e super gostosinha pras buatchis mais phynas. Adógo e olha que eu geralmente não gosto desses remixes que são lançados mil anos depois da versão original! O Heaven Anthem Mix segue a linha diva gay que tocava nas buatchis guêis na época. Super bate cabelo e despirocante. Se joga também no Robbie Rivera Remix, que é bem diferente de todos os outros remixes que eu já ouvi dele.

Por fim, os remixes mais atuais foram lançados em 2010. O Soulshaker Original Club Mix é aquela coisa club que a xente já tá cansada de ouvir. Uma coisa meio Freemasons... sabe? Gostoso e válido, mas ninguém consegue superar a genialidade do remix do Deep Dish, lançado a mais de dez anos. Sorry!

Maddyrain não tem, Maddyrain quer:
Xente, rodei mundos e fundos atrás desses remixes, mas não encontrei nenhum. Ou são todos MUITO raros ou absolutamente ninguém se importou em compartilhá-los um dia na Internet! Queria tanto ser a primeira... Fika a dika!

6:23 again dub
ramsey & fen remix
wild world s.j. mix
wild world s.j. dub
stylus club anthem
stylus street mix
candy stations sweetest dub

3 Bilus felizes:

Titchya Alda disse...

Maddy! Parabéns! Você é Diva! Muito antes de criar o Abapha eu lia o seu blog e sempre gostei demais de você. Atóron seu perigón!

dudurj disse...

ADoro o blog, principalmente quando vc fala de Madonna, e amo os textos de rain, fico todo cagado...

bjo muah

@arthurarruda

Marco disse...

Maddy... parabens sempre! Vc eh otima e tem excelente gosto!! P.S. - Amo a Soulshaker da Sandy B!

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela