Guia prático da bilu desempregada

Depois do sucesso arrombante do primeiro volume do Guia prático da bilu desempregada, chegou a hora de ajudar você, biluzinha available no mercado de trabalho, a se dar bem na entrevista de emprego! Vamos recapitular rapidinho o que rolou no primeiro volume? Bom, a dica fundamental foi MINTA SEMPRE. No currículo, na entrevista, pro bophy na buatchi. A loka. Eu sou super contra mentiras, tzá? Só pra constar... mas se você não tem lá muito o que dizer, o que fazer? Bom, vamos à nossa simulação de entrevista de emprego?

GUIA PRÁTICO DA BILU DESEMPREGADA
VOLUME II
BY MADDYRAIN

Amore, a não ser que sua entrevista seja prum cargo no mundo da moda ou door de buatchi, não vá toda montada pra entrevista. Não vamos causar uma demissão antes mesmo de ser contratada, néam? Vai de hominho bem profissional. Se não sabe se deve usar roupa social ou algo mais comum, pergunte no primeiro contato. Se continuar na dúvida, vá chique. É melhor causar assombro pela chiqueza do que pela pobreza.

Chegou na entrevista e descobriu que é dinâmica de grupo? Não arranque todos os fios de nylon da piruka! Mantenha a calma, olhe pros outros candidatos como se fossem montinhos de merda e assuma a Odete Roitman que há dentro de você. Enfim, o post de hoje é pra entrevista de emprego individual, então deixaremos a dinâmica em grupo pra outro dia! Se por um acaso divino o entrevistador for um bophy... assim... merecedor de uma calcinha no chão e uma boca na piroca alheia, ignore o fato e seja profissional pelo menos uma vez na vida! Geralmente, a entrevista irá começar MUITO tempo depois do planejado. Controle seus impulsos de subir na mesa e dar um show de extravagância e sorria sempre.

_ Oi, bom dia. Desculpe o atraso, estávamos em reunião.
_ Tudo bem. Eu tô desempregada mesmo, não tenho absolutamente nada pra fazer e acho o futuro da nação travesti ficar sentada folheando revista de anos atrás. - CONTROLE EMOCIONAL, vinhado! - Tudo bem, acontece. (sorriso falso escondendo a vontade de metralhar alguém)
_ Bom, fiquei bastante impressionado com seu currículo! Você parece ser perfeita para a vaga, mas vamos conversar um pouco primeiro.
_ Craro, bêin. Tudo mentjira, viu? - guarde a verdade para outra ocasião! - Obrigada! Espero estar à altura do cargo.
_ Você diz aqui que seu primeiro emprego foi na multinacional x. Comente sua experiência nessa empresa.
_ Ah, eu disse isso, éam? Qual o nome do lugar mesmo? Aim, não me olha assim! Não é que eu não sei, eu só preciso refrescar a memória, tá sabendo? - amore, decora porra do seu currículo falso antes da entrevista, néam?! - Ah, foi uma experiência muito construtiva que tive na empresa x. Comecei como assistente administrativa e cheguei ao cargo de chefia da equipe de blubous. (desenvolva a ideia falando o que aprendeu no lugar, como era edificante o seu relacionamento com seu chefe... enfim... use toda sua imaginação nesse momento)
_ E por que você deixou o cargo se tinha chances de crescimento?
_ Aim, eu tava de saco cheio! Não aguento bichinha ploc ploc dando ordem pra mim! Fico possessa! - amore, a culpa nunca é sua! - Ah, foi uma decisão muito difícil de ser tomada, mas eu senti que já havia chegado no estágio mais alto de meu crescimento profissional que a empresa tinha a me oferecer e decidi que era o momento para buscar algo novo e mais desafiante.
_ E qual é a sua pretensão salarial no momento?
_ Ah! Olha gato, eu sou viciada em tudo que é narcótico proibido por leis brasileiras, coleciono tudo que vejo pela frente... sabe, tenho esse toque, confesso... todo final de semana eu tô na buatchi com as amiguêis fervendo e bebendo. Isso sem contar nos retoques que dou na fachada, néam? Calcula aí quanto você acha que eu mereço ganhar! - atenção, meu amô, porque essa é a maior armadilha da entrevista de emprego! Pense assim, se você quiser pouco, o entrevistador vai pensar que você não é digna pra vaga; se você quiser muito, ele vai te achar a última Coca-Cola do deserto! - Bom, minha pretensão salarial não está nem abaixo do que eu ganhei na última empresa que trabalhei, nem acima da média do mercado, segundo pesquisas que realizei. No momento, estou procurando por algo na faixa dos x Reais.
_ Bom, está dentro do que estamos dispostos a pagar. E qual é o seu maior defeito e qualidade?
_ Gatinho, meu maior defeito é esse fogo no rabicó que nunca apaga! Uma loucura! E maior qualidade? Hmm... ser quem eu sou, néam? Você me desculpe, mas modéstia não é comigo! - segunda maior armadilha da entrevista, gatón! Não começa a falar que é próativa, esforçada, inteligente e o caralho a quatro porque essas respostas são ultra mega manjadas! - Bom, minha maior qualidade é querer sempre aprender coisas novas e avançar na carreira. Talvez meu maior defeito seja nunca estar contente com meus resultados... querer sempre superar a mim mesma. (sorrisinho manjado de novo!)
_ Nossa, estou impressionado com seu currículo e com seu desempenho em nossa entrevista. Ainda temos alguns candidatos para entrevistar, mas estou muito satisfeito. Nós entraremos em contato até a próxima semana para te passar uma posição mais concreta, ok?
_ Ah tá! E eu sou a Bozolina, néam? Eu sei que vocês não vão ligar! Vocês, povo do RH, são piores que xente da balada! Nunca liga ou dá o telefone errado. Isso não se faz com a xente que tá desesperada querendo emprego! - honey, eu sei que é a mais pura verdade, mas contenha-se neste momento importante de sua vida como a bicha mais mentirosa da galáxia - Tudo bem então. Eu fico no aguardo. Obrigada pela atenção e espero ter me saído bem. (e dá aquele sorrisinho de gatinha da 25 de Março que só você tem)

Não se esqueça nunca de estudar bem o seu currículo pra evitar perguntas que você não sabe a resposta simplesmente porque ela não existe! É tudo coisa da sua cabeça! Então coloque em prática esses anos de experiência dando o truque na buatchi e invista em algo para o seu futuro! E boa sorte!

Um beijo,
Maddyrain

Star People

LP Edit
'97 Radio Edit
MTV Unplugged
MTV Unplugged Edit
Forthright Club Mix
Forthright Radio Edit
Forthright Dub Mix
Galaxy Mix
Supernova Dub

Who gives a fuck about your problems, darling, when you can pay the rent...

Chupa meu edy estrelado:
Xente, vamos concordar numa coisa? O George Michael ERA muito, mas muito gostoso, néam? Principalmente com esse visual "te como toda na buatchi". Uma loucura! E que voz, hein? Jesuis... Star People é uma gracinha e tem toda aquela pegada jazz pop phyno da época do álbum "Older". Podem pegar a LP Edit pra conhecer, mas gosto mais da versão de 97. Ele regravou os vocais e deu uma remixada gostosa na música. Super recomendada! A versão acústica do MTV Unplugged também é maravilhosa! Xente... esse homem canta bonito até ao vivo! Já pensou essa voz no seu ouvido? Se bem que eu tenho quase certeza que o George Michael é passivone...

Os únicos remixes recomendáveis hoje são do Forthright. Se joguem no Forthright Club Mix que é uma delícia dance bem agitada. Atóron! Se gostar, se joga também no Forthright Dub Mix. Os outros remixes não são terríveis, mas tão anos-luz de molhar a minha calcinha. Pra não dizer que sou muito má, até rola um bate cabelón com o Galaxy Mix.

1 Bilus felizes:

André disse...

Maddy, vc sempre ahazzando nos seus guias práticos, e eu sempre MORRENDO de rir! AAAAAMOOOO... Beijos minha gurú!

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela