Maddyrain no País das Rolas Maravilhosas

Quinto Capítulo

Ainda com uma neca na mão e outra na boca, Maddyrain foi surpreendida pela Travesti de Cócoras que chegou em seu quarto como um furacão.

_ Maddyrain! Te peguei com a boca na piroca!
_ Aim, que susto! Quase que engasguei!
_ Guardas! Levem esses dois e CORTEM-LHES AS BOLAS! Quanto a você, sua porrinha, você irá a julgamento!
_ Xente, máguê lugar é esse que não se pode nem chupar uma rola em paz?

Os guardas amarraram Maddyrain e jogaram-na no calabouço da buatchi Luís Carralho. Enquanto aguardava seu julgamento, a biluzinha frenética que havia trazido Maddyrain até o País das Rolas Maravilhosas veio visitá-la completamente cobera por um manto púrpura.

_ Maddyrain? Acorda, vinhada! Como consegue dormir tão tranquilamente um dia antes de ser julgada pela Travesti de Cócoras?
_ Aim, mas não posso nem mais dormir na santa paz divina agora? O que você quer, hein? Se não fosse por sua culpa eu ainda tava na Tunnel com minhas amigas travestis dando close na porta do banheirão.
_ Eu não te falei pra senhora não chupar nenhuma neca aqui? Você só pensa em chupar, chupar, chupar. Toma, agora tá aí presa e vai perder as bolas amanhã.
_ Pra sua informação, eu não tenho mais bolas. Me tira daqui, bilu! Me leva pro meu mundo de novo. Quero voltar pras buatchis de São Paulo! Quero voltar pro meu padê!
_ Eu trouxe algo pra amenizar sua espera.
_ Oba! Padê!
_ Não é padê. - a biluzinha abriu uma caixa e tirou um dildo enorme de dentro - Eu sei que nessas horas tudo que mais queremos é uma neca no rabo.
_ Aim, que fofolete!
_ Eu também já passei por isso. A Travesti de Cócoras mandou cortarem minha neca, olha. - a biluzinha abriu o manto e mostrou o lugar em que ficava sua ex-neca.
_ Aim, que horror. Te pegaram chupando também?
_ Pior que isso, chupando e dando ao mesmo tempo. A Travesti de Cócoras decidiu me capar e me contratou como seu eunuco particular. Um horror. Preferia ter morrido de homorragia... Ai, tem alguém vindo! Boa sorte amanhã!

A biluzinha desapareceu na escuridão da masmorra. Maddyrain voltou pro seu colchão, enfiou o dildo no rabo e dormiu o sono dos inocentes. Na manhã seguinte, dois guardas pelados e necudos vieram acordar nossa heroína. Aim, que susto! E essas necas na minha cara logo de manhã? Xô, tentação! O tribunal estava montado no palco da pista.

_ Maddyrain! Você está sendo acusada de ter chupado um pau no meu reino. O que tem a dizer para tentar se defender?
_ Mas eu não chupei nada, eu juro!
_ Mas como tem a audácia de mentir, sua porrinha? Eu te peguei com a boca toda esbugalhada!
_ Não era eu! Era minha irmã gêmea, a Ruth!
_ Ela tá louca. Bom, pra encurtar todo o processo, você é culpada e condenada à guilhotina. Eu li isso num livro infantil e achei o máximo. Guardas, CORTEM-LHE A CABEÇA!
_ Aim, que horror! Nunca fui tão maltrada na minha vida! Não cheguem perto de mim que eu estou possuída por alguma entidade desconhecida e perigosa! - num impulso de raiva, Maddyrain arranhou o rosto da Travesti de Cócoras. Três guardas sarados foram necessários para conter a raiva masculina até então adormecida de Maddyrain.
_ Embora você não mereça, qual é o seu último desejo?
_ Eu quero ver a neca da Travesti de Cócoras!
_ Sua porrinha audaciosa! CORTEM-LHE A CABEÇA! E depois CORTEM-LHE AS UNHAS!

Em câmera lenta, Maddyrain ouviu a lâmina da gilhotina soltar e cair na direção de seu pescoço. Num susto danado, Maddyrain abriu os olhos. Tudo escuro. Jesuis! Morri! Eu tô sem a cabeça! Sou a travesti da lenda da trava sem cabeça!

_ Cala a boca que eu quero foder!
_ Mágomoé que eu tô falando se tô sem a cabeça?!
_ Maddie! Fica quieta, passiva!
_ Kilo Minhoca! Você também morreu?!
_ Xente, a Litta fica dando padê desconhecido pra ela e olha no que dá. Vem cá, sua abusada.
_ Xente, claridade! Eu não perdi a cabeça?!
_ Deve ter perdido pra ficar gritando feito uma loka no dark room.
_ Dark room?! Aim, que loucura! Foi tudo um sonho?!

Maddyrain voltou para o dark room e percebeu que havia acordado no País das Rolas Normais. Ela nunca descobriu o que havia misturado para ter uma viagem tão alucinante, mas prometeu a si mesma nunca mais beber novamente...

Fim

Sweet Dreams

Original
Maurice's NuSoul Club Remix
Maurice's DubSoul Remix
DJ Escape & Tony Coluccio Club Remix
DJ Escape & Tony Coluccio Dub Remix
Groove Police Club Remix
Groove Police Dub Remix
Jamie J Sanchez Club Remix
Jamie J Sanchez Dub Remix
Steve Pitron & Max Sanna Club Mix
Steve Pitron & Max Sanna Radio Edit
Steve Pitron & Max Sanna Beyond Dub
Harlan Pepper & AG III Remix
Olli Collins & Fred Portelli Remix
Karmatronic Club Remix
Lost Daze Remix
Medicin Club Remix
Smash Mode Club Remix
Dave Spoon Remix
OK Dac Remix

Tattoo your name across my heart...

Chupa meu edy que é de tangerina:
Xente, hoje é dia do troféu "Neca Gostosa"! Todo mundo colocou a mão em Sweet Dreams, que loucura! No meio de tanto single lançado do último disco da Beyoncé, Sweet Dreams não fez um sucesso ahazzador de edys aqui no Brasil, mas eu super atóron a versão Original. Uma das minhas favoritas junto com Smash Into You. Quero só ver como será o próximo disco da bunita, viu? Esse é o problema de ahazzar com um álbum... o povo cria uma expectativa danada com o próximo! Tenho até pena da Lady GaGa, viu? Tadinha dela se ela cagar no maiô com o próximo disco...

Vamos começar o arrombamento de edys com um classic house maravilhoso! Embora o Maurice Joshua sempre ahazze no soulful house, eu acho o Maurice's NuSoul Club Remix uma coisa super à la David Morales quando ele tava inspirado! Maravilhoso e super recomendado! O Maurice's DuSoul Remix também me deixa completamente cagada.
Mas enfim... classic house ou souful não é pra todas, néam meus amores? Então vamos se jogar no DJ Escape & Tony Coluccio Club Remix que é pura fechação de buatchi! Um ahazzo pra você bater muito o cabelo e jogar piolho na bicharada. O Groove Police Club Remix continua seguindo a linha club diva, mas é mais happy fag. Eu acho que ando muito despirocada fag, não sei...

Se você também é uma despirocada fag, se joga no Jamie J Sanchez Club Remix e junte-se ao Partido das Travestis. Eu não sei por que, mas acho o Harlan Pepper & AG III Remix a cara de buatchi hetero. Olha, não vou nesses recintos há milênios, mas sempre tem uma biluzinha deslocada por lá, néam? Pra não deixar essa alma perdida chateada, o DJ pode tocar esse remix.
O Medicin Club Remix também pode tocar, mas aí a biluzinha vai querer soltar a franga no meio da bopharada. Por fim, a última recomendação de hoje é o Smash Mode Club Remix que deve ficar um ahazzo naquela aula babadu de jump.

1 Bilus felizes:

DanceMania disse...

faltou a versão do César Machia, que fora produzida antes mesmo da musica ser lançada [pois vazou antes] e mesmo o remix dele tem o nome errado :-) remix super necessário na necessaire da avon. fykdyk

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela