Meu nome é... Maddyrain!

Sabe, eu tenho um super problema sério pra guardar nome de bophy. É sempre assim pra me referir a algum bophy da buatchi Ah... aquele lá que tem a neca cabeçuda ou Aquela biluzinha que tem a boca fedida. Já é um sufoco guardar os nomes extravagantes das amiguêis, imagina guardar o nome de cada bilu que me aparece na buatchi querendo um abraço e um autógrafo! Minha amiga LuvSuxxx certa vez me ensinou uma dika ótema: levar um papelzinho pra anotar o nome e alguma característica particular da pessoa. Juro que tentei, mas no final da noite o meu papel tava lotado de telefones. Aliás, eu NUNCA ligo. Aí outro dia, uma bilu virou pra mim na buatchi e perguntou:

_ Maddyrain, da onde surgiu seu nome exótico?
_ Olha, mamãe me pariu, olhou pra essa bonequinha de luxo no berçário e gritou "Maddyrain"! A loka. É brincadeira. Ela gritou "Isso não é meu", mas abapha.
_ Ai, conta pra gente! Sempre quis saber!
_ Amore, não é óbiveo? É o remix de Maddy com Rain.
_ Tá, tô na mesma.
_ Gato, ou você é inteligente ou não é. No seu caso, não é, néam?

No começo de minha carreira performática até os dias de hoje de glamour cibernético, foi difícil deixar marcado meu nome. Então, amô, se você quer ser uma biluzinha famosa, siga minhas dikas pra ficar conhecida e destemida na noite! Antes de mais nada, o que eu já vi de xente escrevendo Maddy Rain, MaddyRain e coisas do tipo. Meu nome de guerra é Maddyrain. Tudo junto, sem acento e com sotaque de xente phyna. Se você não sabe fazer sotaque de xente phyna, então você não é xente phyna. Simples assim.

Na próxima vez que você for pra buatchi, leve aqueles canetões, sabe? Isso, aquele mesmo que a senhora usa pra cavocar o edy nas horas vagas. Corra pro banheirão, mas vá pro reservado. Sai dessa vida de bater punheta no mictório, tzá? No reservado, escreva na parede ou na porta "Fulana de tal esteve por aqui". Claro que você não vai escrever "Fulana de tal", néam? Eu tenho que explicar tudo porque tem cada biluzinha desinformada que me visita, que jesuis, viu? Se você tá afim de fazer dinheiro, coloca algo mais sugestivo, tipo "Fulana de tal, passiva, kool aberto. Ligue e goze". Funciona, tzá?
Acho bobagem escrever na parede do dark room, amô. Ninguém vai ler, neám? Então ahazze nos reservados. Depois você vai pros banheiros de shoppings e restaurantes CHIQUES, claro. Ninguém vai dar a mínima se a "Fulana de tal" aparece no Habib's ou no Shopping Light, mas será um ahazzo saber que a "Fulana de tal" esteve no Fasano e no Shopping Iguatemi, por exemplo.

Depois comece a espalhar a sua reputação pelos setes mares, amore. Certa vez, eu e Kilo Minhoca estávamos numa buatchi lá na Ilha Porchat completamente bêbadas e correndo o sério risco de cair no mar. A buatchi era em um antigo clube de Carnaval desativado em cima do penhasco. Uma coisa... assim... linda, mas super decadente, sabe? Já contei da vez que levei um choque no dark room? Então, foi nessa buatchi. Pirata. Olha o nome! Abaphe the case... Mas como eu tava contando, começou o show de drag queens caiçaras do local. Terrível. Até eu bêbada dublava melhor que as bunitas no palco. Virei pro lado e uma sapa mais máscula que muito bophy por aí pulava e vibrava.

_ Aim, gata... você tem que ver o show da Maddyrain! Aquela sim é drag queen!
_ Éam!
_ Ai! Maddyrain! Eu adoro a Maddyrain! Vi um show dela outro dia na Praia Grande! Adorei!
_ A senhora fez show na Praia Grande, Maddie? Não sabia... que nível, hein?
_ Gata, eu só faço circuito Consolação/Arouche, esqueceu? Então, amore, esse show foi divino, néam?
_ Foi! A Maddyrain é ótima!

Pra vocês verem como minha reputação já estava muito além do que eu podia imaginar, néam? Depois de espalhar seu nome pela noite guêi, se jogue nos orelhões de sua cidade. Ahazza nos adesivos sensuais e com propaganda enganosa. "Fulana de tal, mulata, peituda e necuda". Olha, não tem como não ficar famosa! No meu tempo pré-Internet, era super importante fazer esse tipo de propaganda, sabe? Meu adesivo favorito era "Maddyrain, faço faxina e engulo tudo" ou então "Maddyrain - 18 anos, PAM e mágica". O bophy ligava super curioso pra saber o que era PAM. Passiva até a morte, amore. A mágica você irá descobrir no local. Hoje o babadu é outro. Você faz propaganda pelo Orkut, Twitter... enfim, essas mídias sociais que super cansam a nossa beleza intestinal, néam?

Um beijo,
Maddyrain

Say My Name

Album Version feat. Kobe Bryant
Album Instrumental
Radio Edit (thanx to Haton!)
A Capella

Maurice's Bass 2000 Mix
Maurice's Last Days of Disco Millennium Mix
Maurice's Old Skool Dub Mix
Digital Black & Groove Club Mix (thanx to Haton!)
Digital Black & Groove Instrumental (low quality...)
Timbaland Remix
Timbaland Remix Instrumental (low quality...)
Nitro Remix with Rap
Nitro Remix without Rap
Nitro Remix Instrumental
Dreem Teem Club Mix
Noodles Mix (thanx to Haton!)
Storm Mix by Tariq


You actin' kinda shady...

Chupa meu edi que é de Novalgina:
Atendendo o pedido de uma bilu que tava me implorando Say My Name desde a época do especial Beyoncé, hoje é dia de Destiny's Child. Agora quero ver o bunito agradecer a gentileza, néam? Bom, Say My Name foi a primeira música das Garotas do Destino que eu ouvi na vida e achei um ahazzo. Uma diva da laje com muito glamour. Se você por algum motivo obscuro nunca ouviu Say My Name, super se joga na Album Version. A versão Instrumental também é uma graça pra você praticar suas aulas de canto clássico.

Hoje o selo "Chupa meu Edi" será super curtinho, já que só os remixe do Maurice Joshua são recomendáveis, como sempre. Vamos começar pela bateção de cabelo old skool do Maurice's Last Days of Disco Millennium Mix. Uma coisa... assim... disco house maravilhosa! E com vocais regravados. Atóron! O bunito tentou inventar moda e cagou com o Maurice's Bass 2000 Mix. Ficou parecendo funk carioca. Ou seja, fujam. O Digital Black & Groove Club Mix também é dele e é mais jogativo e pintoso que o remix disco. Super recomendado e eu tenho CERTEZA que ele usou um sample do remix do Calderone pra Beautiful Stranger da Madonna! O resto, meus amores, são aquelas coisas r'n'b e "wannabe drum'n'bass" que pedem pra ser ignoradas.

1 Bilus felizes:

Tchelo disse...

GATA!!!
Como sempre AHAZOU, e como sabe sou uma bilu Luciana Gimenez, SUPER POP #ALOCKA adoro esses remixes de hits POP's.
Beijão
Sautati

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela