Bodas de cera

Outro dia, eu estava numa loja especializada em listas e presentes de casamento e li a relação completa de bodas. Descobri que quatro anos de casamento equivalem a bodas de cera. Como não gostei muito do nome, decidi que quatro anos equivalem a bodas de amor. Um pouco piegas, eu sei, mas melhor que cera.

Eu sou da opinião que quatro anos não são fáceis de se conseguir, já que inúmeros problemas podem ocorrer no meio do caminho. Assim como ocorreram em nossos quatro anos. Gosto de olhar para atrás e enxergar lá no começo o brilho do seu sorriso ao me encontrar pela primeira vez e vê-lo refletir até hoje. Não sei se já te falei isso antes, mas sempre achei o seu sorriso encantador. E o seu olhar também. Acho tão engraçado quando conseguimos nos falar apenas pelos olhares que trocamos. Claro que nem sempre a mensagem é positiva, mas pelo menos ela é compreendida.

Também gosto de encarar nossos quatro anos como uma nova conquista a cada encontro. A cada ato bonito. Claro que nem sempre conseguimos. Você talvez nunca soube disso, mas te encontrar na porta do velório de meu pai foi a coisa mais reconfortante do dia. Tão importante como conversar com ele pela última vez. Eu acho que já te disse isso antes, mas eu tenho tanto medo de morrer. De deixar tanta coisa inacabada. De não poder ter me divertido tanto como eu gostaria. De deixar pra trás pessoas importantes como você. Por isso, todo final de ano para mim é como se todos fossemos morrer juntos vendo os fogos de artifício. Não gosto nem de pensar nisso...

E quando nos separamos duas vezes por menos de um dia? Sim, foram horas em que os olhos não secaram um só instante. Horas em que nada de bom acontencia. Horas em que um pedaço do coração parecia ter parado de bater. Horas para valorizar o que, talvez pela comodidade, não damos sempre o devido valor.
Nossas vidas são uma melodia de amor. Já percebeu como a música esteve sempre presente? Foi um DVD de clips da Gloria Estefan o seu primeiro presente para mim. Foram os shows da Madonna e Kylie Minogue os que mais marcaram nossas vidas. O seu curso de DJ. Tantos CDs trocados. Tantas músicas que representam nossos momentos.

Talvez eu nunca tenha transparecido tanto no meu blog como hoje, mas não podia deixar de registrar aqui, no palco de tantas de nossas discussões, o quanto eu te amo e desejo multiplicar esses quatro anos por inúmeros outros quatros anos. Obrigado pelo amor constante, diário e inesgotável. E também pela compreensão de sempre.

ILY

Melody of Love (Wanna Be Loved)

West End 7" Radio Mix
Classic Club Mix
Classic Club Edit
Boss Mix
Junior Vasquez DMC Remix
Epris Mix
Epris Radio Mix
(thank you!)
AJ & Humpty's Anthem Mix
Mijangos Powertools Trip #1

Never dreamed that true love would help me find my way...

Chupa meu edi que é de borracha:
Back to Maddyrain: Aim, que delícia! Donna Summer é sempre bem-vinda, néam? Melody of Love não fez aquele sucesso todo e acho que nem tocou nas buatchis daqui, mas enfim. A música é puro balacubacu e eu SUPER recomendo quase todos os remixes. Mas vamos falar dos melhores, começando pelo David Morales. Aquele mesmo. O Classic Club Mix é puro classic house na veia. Eu atóron! Aim que saudades desses remixes dele, viu? Por que ninguém mais lança single com classic house? A bicharada phyna atóra! Bom, pelo menos eu e a Litta Walitta atóramos. Parece que não dá pra existir David Morales e Junior Vasquez ahazzando com a mesma música, néam? Quem saiu perdendo nessa foi o Juninho Vasconcelos, que lançou um remix porco e fraco. Vamos ignorá-lo hoje.

O West End 7" Radio Mix continua na linha classic house do David Morales, ahazzando com o começo básico mela calcinha e depois se jogando nas batidas house. Uma graça! Mas se você quer uma coisa... assim... mais arrombante pra você disporocar completamente e perder a compostura, se joga no ótemo Epris Mix. É o melhor remix de hoje! Uma coisa super bate cabelo e underground diva! Atóron! Aquele começo acapella me deixa TODA cagada. O Epris Radio Mix nem parece que é a versão editada do remix original, mas uma variação do remix do West End.
Quem acha que o Richard 'Humpty' Vission surgiu com American Pie da Madonna tá muito enganado. O bunito é das antigas, meus amores! Podem pegar o AJ & Humpty's Anthem Mix que também é super club diva. Um club com uma pitadinha latina. Por fim, o remix do Mijangos que também pode ser ignorado.

1 Bilus felizes:

Raphael disse...

Bilú amada...... q post lindo!!! Confesso, até me emocionei! 4 anos juntos realmente não é fácil, mas enfim, sejamos felizes. Ame, ame muito mesmo e ahazze como sempre!! Muah!

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela