Bonequinha de looshu

Vale a pena ler/ouvir de novo:
Um de meus posts favoritos! Chega de momento revival, meus amores! No próximo post, minha resposta ao pedido de casamento do Fabinho das Bananas! Um beijo!

****
Recebi uma ligação importante, finalmente. Chega dessa vida de trotes e clientes querendo trepar sem pagar. É um perigo divulgar seu telefone nos orelhões, viu? Super não recomendo deixar o telefone da sua casa.

_ Maddyrain, queremos te transformar numa boneca inflável!
_ Ai que loucura! Mas não vou perder meus clientes assim!? Imagina só esse povo fodendo minha versão bonequinha de luxo e ignorando os prazeres de mi cuerpo!

Depois de muito considerar a proposta por meio minuto, tomei um táxi, porque agora sou phyna e plástica, e fui pra reunião com a neca presa pra trás pelo incrível poder de fixação do Emplastro Sabiá!

Cansada de prender sua neca com durex e perder parte da pele no processo? Conheça o Emplastro Sabiá! O melhor amigo das travas após a xuca e uma neca dura! Emplastros Sabiá, revolucionando o travequismo.

Vesti um modelito super sério. Tailleur Prada cor de burro-quando-foge, sapatos de salto alto da Gucci, óclão da Fotótica e, como eu tava toda assada na virilha, decidi ir sem calcinha à reunião na sede da Meteu. Pros desinformados de plantão, Meteu é uma fábrica de bonecas infláveis.
Sentei numa mesa enorme, cheia de executivos de terno, um mais feio e gordo que o outro. Todos me olhavam com cara de lobo mau.

_ Inhaím... bom dia, tudo baum?
_ Maddyrain, esses são os executivos da Meteu e não vemos a hora de meter com você.
_ Ai que loucura! Nem fiz a xuca, gato! Não vim preparada!
_ Então vamos falar de negócios. Queremos elevar o esplendor de Maddyrain a um novo patamar! Vamos alavancar nossas vendas e o nome da Maddyrain divulgando a sua boneca inflável em duas versões: uma para as crianças e outra para os pais. Teremos propaganda na TV, anúncio no rádio, outdoors.

Minha cabeça foi sendo povoada com imagens de meu corpinho nos outdoors da cidade, filas kilométricas de crianças e seus pais nas lojas de brinquedo para comprar minha boneca inflável. Todo mundo se divertindo com meu corpo plástico. Fechei o contrato e fui encaminhada para o departamento de criação. Um bophy gostossérrimo com a neca pra fora me esperava.

_ Opa, beleza, gatona?
_ Hmmm... ai que loucura.
_ Tá vendo aquele bidê ali? Vai ali, faz uma xuca gostosa e vem pra cá. - obedeci como uma carneirinha olhando praquela neca gostosa - Pronto? Vamos tirar o molde do seu corpo, gatona. Primeiro, no estado fechado. Depois, a gente fode um pouco e tira o molde do rabo arrombado. Beleza?
_ Gato, o babadu é o seguinte: meu edi não tem esse "estado fechado" aí já faz tempo, viu?
_ Bom, então vamos tirar só no estado arrombado.

Depois de uma fodelância gostosa só para alargar mais o que já é alargado naturalmente, fui para o estúdio gravar o meu comercial.

_ Maddyrain, você está atrasada para a gravação!
_ Calma, amô! Estavam tirando os moldes de meu corpinho sensual! Quero tudo muito detalhado.
_ O pessoal do som já chegou! Seu comercial terá música!
_ Ai, que tudo! Vou poder dublar?
_ Não, para isso temos a cantora. Aqui está o seu script! Decore tudo em 3 minutos!

O cenário do comercial era uma praia cheia de areia artificial, uns guarda-sóis aqui e ali, um mar de papel celofane azul. Tudo muito fake, como todo bom sexo com bonecas infláveis. Super contextualizado.
Kelly Key chegou no estúdio.

_ Oi, Maddyrain! Que gostoso te conhecer!
_ Ai, mágueguéissu? O que você tá fazendo aqui?
_ Eu vou cantar no seu comercial! Sou a Barbie girl, se você quer ser... meu namorado...
_ Póparáh! Diretor! Você me trás a Kelly Key pra cantar no meu comercial?! Eu lá tenho cara de travesti que contracena com Kelly Key!? Eu quero o Aqua! Quero glamour!

Depois de uma breve negociação pelo telefone, a Aqua chegou no estúdio e começou a ahazzar com Barbie Girl. Nada como trabalhar com os originais.

Oi meu amô! Chega de aquendar esse edi frouxo e sem xuca! Chegou a minha boneca inflável!
I'm a Barbie girl, in a Barbie world!
Olha só! Ela fala!
Ai que gostoso! Gosto assim! Hmmm... que necona gostosa!
Tem pro filhinho e pro papai! Toda a família vai brincar com meu corpinho!
A vida plástica é fantástica!
Um beijo,
Maddyrain

Barbie Girl

Radio Edit
Extended Version
Original Extended Mix Edit (thanx, Paulina Glossy...)
Acoustic Version
Perky Park Club Mix
Perky Park Club Mix Edit (thanx, Paulina Glossy...)
Spike's Plastic Mix (low quality...)
Spike's Anatomically Correct Dub
Dirty Rotten Scoundrels Clinical 12" Mix
Dirty Rotten Scoundrels 12" G-String Mix
Dirty Rotten Scoundrels Radio Mix
Eddie Baez Hard Plastic Mix (thanx, Paulina Glossy...)

You can brush my hair, undress me everywhere...

Chupa meu edi que eu gosto:
Xente! Quem é que não conhece essa música?! Desculpa, amô, mas se você NUNCA ouviu Barbie Girl na sua vida, se mata RIGHT NOW! Depois de se matar, se joga na Radio Edit só para não continuar alimentando essa ignorância desnecessária.
Barbie Girl foi o primeiro single de grande evidência da grupinho de silly pop dinamarquês Aqua. Eu atóron e, nos meus anos de total desinformação musical, considerava o Aqua uma reincarnação do saudoso Deee-Lite. Depois percebi meu engano. Deee-Lite jamais será substituído.
Depois de se jogar na versão original de Barbie Girl, se joga também na Extended Version. Saudades dessas versãos longas, viu? Hoje dia, tudo é curto. Até a neca. A Acoustic Version também é bonitinha. A voz da mocinha do Aqua, Lene, é uma gracinha. Nas baladjéenhas do grupo dá pra perceber que a bunitinha até sabe cantar como xente.

Pra você bater o cabelón pra lá e pra cá, chacoalhar as tetinhas e fazer beicinho, se joga, meu amô, se joga com muita fé na sua piruka no Perky Park Club Mix! É o melhor remix do pacote. Simplesmente arrombador de edis! Atóron! Super diva club gay! Podia tocar hoje na buatchi e eu tenho certeza de que as biluzinhas ficariam doidas do edi da mesma forma!
O Spike's Plastic Mix também é super recomendado. Nem tão vinhado, mas super bonitinho. Parece a versão original com umas batidinhas caribenhas. A qualidade tá meio cagadinha, então ahazza na caridade se você tiver com qualidade melhor. Sou uma diva dub, vocês já sabem, então super recomendo o Spike's Anatomically Correct Dub. Dark tribal vinhado gostoso, bem mais interessante que o Plastic Mix. Ahazze na macumba, meu amô!

Os remixes do Dirty Rotten Scoundrels são ótemos! Ótemos para serem ignorados. O remix do Eddie Baez também não me agradou muito. Muito travequismo sem glamour!

0 Bilus felizes:

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela