Manual de Bons Costumes para as Bilus Solteiras

[modo "Maddyrain Loyola" on:]

MANUAL DE BONS COSTUMES PARA AS
BILUS SOLTEIRAS

BY MADDYRAIN
VOLUME I

Amores do meu edy, não é porque você é solteiro e teu kool não tem dono que você precisa sair pela vizinhança gritando "Eu quero é rola!" ou "Sou passiva com orgulho!". Chega desse tipo de comportamento chulo de bichinha da laje. Titia Maddyrain Loyola vai te ensinar como ser um solteiro chique, phyno e bem amado (porque nada pior do que uma biluzinha solteira e mal amada).

Como se portar com as amigas casadas
Você tá solteiro e todos seus amigos estão casados? Amô, nada pior do que aqueles casaizinhos gays chatos, esbanjando felicidade enquanto levam o cachorro pra passear e você ali, comprando G Magazine pra ahazzar na frustração.
Primeira atitude da bilu solteira e inteligente: se você tem amigos que só te procuram quando estão solteiros, joga tudo fora no lixo! Você é muito mais do que uma biluzinha amiga de buatchi! Agora, meu amô, se o bophy da sua amiga é ma-ra-vi-lho-so tipo o Cadu do Big Brother 10 e parece ter um necão odara, SUPER recomendo que você mantenha a amizade até conseguir acabar com esse namoro.

Uma das metas mais importantes na vida das bilus é: DESTRUA O NAMORO / CASAMENTO ALHEIO! Se você não pode ser feliz, niguém será. Repita isso todos os dias na frente do espelho.

Como se portar com os bophys na buatchi
Bilu solteira acha que vai achar o marido na buatchi. Mel beim, quem presta e realmente importa não vai pra buatchi. Pelo menos não nas buatchis que você frequenta, tzá? Gente bonita e interessante viaja. PRO EXTERIOR. Vai pras buatchis de Ibiza e Nova York, não essas bocas de fumo do Centro de São Paulo. Então, meu amô, o babadu é juntar dinheiro e viajar. Nada melhor do que fofar com algum bophy que não fala a sua língua e não vai entender se você dizer que cobra (e cobra caro) pelos serviços sexuais.

Mas, vamos imaginar que você deu sorte e conheceu um bophy wannabe husband na sua buatchi local. Se você é a passiva da relação, gata, nunca, JAMAIS pague uma bebida pro bophy. Ele que pague pra você! Você tem que se valorizar! Não aceite cervejas! Se ele oferecer uma bebida e você não beber por princípios religiosos, reveja sua religião, porque não pode coexistir uma bilu gay e crente no mesmo corpo. Amô, você é que possui o buraco que ele quer enfiar a neca. Você é que manda na situação.
Se você é virgem, lacrada e pura, ahazza no rebolar da cintura pra deixar o bophy bem taradão, bebe todas às custas dele e ahazza no beijinho de despedida. Perca a sua virgindade com alguém que realmente vale à pena.

Se você é o vinhado mais rodado da dancefloor, procure o cantinho escuro mais próximo e ahazze nos orifícios.

Como se portar nas redes sociais
Amô, vamos ser realistas. Você tem Orkut ou Twitter REPLETO de possíveis pretendentes, mas insiste em ficar fazendo a loka do seu respectivo kool com as amigas passivas, rasgando o verbo e pintando tudo de rosa? É óbiveo que a bopharada vai fugir correndo de você! Lembre-se que o mundo gay, além do mais animado dos mundos, é também um dos mais hipócritas. Exemplos: a bilu gosta de ser arrombada por tudo que é coisa fálica e não fálica, mas afirma solenemente que é versátil. A outra é uma verdadeira Vera Verão, mas fala no chat do UOL que é discreta e não dá pinta. Meu kool. Enfim, a bicharada das redes sociais gosta de biluzinhas discretas. Ainda mais se você tá colocando a sua cara a tapa. Seja discreto e guarde a purpurina pra jogar com as amigas na buatchi.
Agora, meu amô, se você tá ahazzando com um perfi fake que mostra todas as suas entranhas sexuais, seja você mesmo!

Esse é só o primeiro volume, meus amores. Claro que tenho um monte de dicas importantes, mas eu preciso vender o meu peixe aos poucos pra ganhar dinheiro. Afinal, de que importa ter um namorado, mas ser infeliz? O importante mesmo é ser você mesmo, estar feliz solteiro ou casado. Só assim você encontrará um bophy pra dar umas trepadas fixas. Aliás, o maior clichê dos clichês é a mais pura verdade: quando você menos esperar, o amor aparece na sua porta.

Um beijo,
Maddyrain Loyola
Sossialáitji da náiti de São Paulo

[modo "Maddyrain Loyola" off.]

Single Ladies (Put a Ring On It)

Main Version
Instrumental
Dave Audé Club Mix
Dave Audé Remix Radio
DJ Escape & Tony Coluccio Club Mix
DJ Escape & Tony Coluccio Remix Radio
DJ Escape & Tony Coluccio Dub
RedTop Club Mix
RedTop Remix Radio
RedTop Dub
Maurice Joshua Club Mix
Maurice Joshua Club Edit
Craig C.'s Master Blaster Remix
Craig C.'s Master Blaster Remix Radio
Karmatronic Remix
Karmatronic Remix Radio
Lost Daze Dating Service Remix
Lost Daze Dating Service Remix Radio
Olli Collins Remix
Japanese Popstars Remix
My Digital Enemy Remix

I got a gloss on my lips, a man on my hips...

Chupa meu edi que eu gosto:
Beyoncé = selo "Neca Gostosa"! Incrível! Essa mulher transborda mel do edy, só pode! Todo mundo quer colocar a mãozinha na Beyoncé (aka SerOnça)! Eu quero ser a Beyoncé quando eu crescer! Assim todo mundo vai querer me tocar também. Se você tem vivido em outro planeta e nunca ouviu Single Ladies (provavelment o maior hit da Beyoncé depois de Crazy in Love), tudo bem! Eu entendo que nem todo mundo tem acesso à Internet e TV. Mas não vamos continuar ahazzando na santa ignorância musical! Super se joga na Main Version e ahazza na coreô! Quero ver o seu vídeo no YouTube junto com o daquela biluzinha fervida.

Ai, são tantos DJs diferentes que nem sei por onde começar! Dave Audé simplesmente tem me deixado arrombada com seus últimos trabalhos. Uma coisa melhor que a outra. Podem pegar o Dave Audé Club Mix que eu duvido que vocês não vão gostar. É muito bom! Ainda mais batidão e pintoso é o DJ Escape & Tony Coluccio Club Mix. Pura pinta na buatchi, meu amô! Muita bateção de cabelón, carão. Enfim... essas coisas.

O RedTop Club Mix não é o melhor remix do RedTop pra Beyoncé. É um pouco mais lento, mas super interessante mesmo assim. Recomendo, mas não espere uma coisa violenta no edy.
Finalmente Beyoncé cansou do soulful house do Maurice Joshua. Se até eu que sou eu já tava cansadinha, imagina a SerOnça. O Maurice Joshua Club Mix é aquela coisa básica de sempre... vocais super acelerados numa base cheia de harmonia e gracinha, mas que não rola uma dublagi nem fodenu. Quem consegue ser ainda pior nos vocais acelerados é o Junior Vasquez, mas estamos livres dessa peste por enquanto.

O resto, meus amores, super não fazem a minha cabeça. Aliás, Craig C., Karmatronic, Lost Daze. Nunca gosto das coisas que eles fazem. Pra não dizer que tudo é muito chato, o Lost Daze Dating Service Remix tem umas batidas interessantes e até me faz bater os pezinhos, mas ainda prefiro a bateção de cabelo infernal do DJ Escape & Tony Coluccio.
Por fim, o My Digital Enemy Remix está longe de ser excelente, mas é um remix quase que totalmente instrumental bem interessante também. Vale por curiosidade.

0 Bilus felizes:

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela