PM KY

Estava outra noite ajoelhada no chão dividindo a tampa de uma privada com Charlotte Chandelle. Enquanto todo o Presídio para Travestis de Franco da Rocha roncava, eu e minha coleguinha de cela acabávamos com nossos lindos narizinhos sugadores. De repente surgiu uma dúvida:

_ Vem cá, vinhada. Aondji é que a senhora consegue esse babado, hein? Estamos num presídio, garaio.

_ Ah, minha querida. Não estou aqui há anos sem conhecer as pessoas certas. Vou te apresentar ao PM Karlos Yedo. Vem comigo.


Saímos pelo corredor de nosso pavilhão vestindo nada além de nossos pijaminhas by Paris Hilton. LuvSuxxx tinha ido me visitar e levou umas pantufas lindíssimas do
Taz. Minhas amigas trava são super fofoletes, eu sei.

O local de encontro entre Charlotte Chandelle e o tal do PM Karlos Yedo era dentro do estoque do refeitório de Billie Jean. O esqueminha naquele presídio era dubalacubacu! Eu me sentia Alice perdida no labirinto! Tantos corredores, portas, janelas, travestis. Uma loucura!
O bofe não havia chegado e ficamos de conversa furada básica pós-padê. De repente, não mais que de repente, uma mão agarrou meu pescoço!


_ Socorro, Charlotte! Estão tentando me enforcar! Chama a polícia!
_ Eu sou a polícia!
_ Charlotte! Chama a bandidagi!
_ Ela está com você?

_ Solta a bichinha, PM KY!! Tá machucanu a coitada! - cai no chão que nem um saquinho de gogozitos. Xente, eu andava tão com o edi na mão que achei que estava sendo morta por Big Berta! - PM KY, quero te apresentar minha amiga de cela e de longa data, Maddyrain.
_ Venha para a luz, bofe! - e ele veio. Fiquei passada! Bege! PA-PUM! Morri. O PM Karlos Yedo, ou PM KY pras mais íntimas, era o bofe que toda biluzinha pediu para Madonna no show dela em dezembro. Sabe aquela hora em que ela parava e deixava alguma bilu da plateia escolher uma música? Então? A biluzada gritava: "Eu quero é rola!" O bofe era um moreno bronzeado, olhos sedutores, alto... o corpo não era sarado à la The Week, mas era forte, todo bem estruturado. E a cereja do bolo: fardado. Fiquei toda cagada ali mesmo.
_ Você é Maddyrain?
_ Meu nome já está correndo pelos muros do presídio? - perguntei rindo que nem uma menininha boba.
_ Sim. Não é qualquer pessoa que desafia Big Berta. Estava ansioso para conhecer você. Valeu a pena esperar. Você é lindo.

_ Linda, gato. Linda. Atóron a distinção de gêneros.
_ Lindo. Estou vendo um homem na minha frente.
_ Ah, meu kérido, é porque a piruka ficou num saco de lixo!
_ Então...
_ Então que eu tô sobranu, néam!? Vátománotoba, Maddyrain! Você não pode ver macho e fica com o edi piscanu! Que horror!


Eu não sei se eu tava toda retardadinha, mas o bofe me olhava fundo nos olhos, revirando cada prega de meu edi. Acho que ele quer me comer! Ai que tudo!

_ Apareça SOZINHO amanhã, neste mesmo lugar.

_ Então tzá...
- e, como uma assombração, o PM KY desapareceu nas sombras do estoque de Billie Jean.
_ Gata, tô bege.

_ Pois é, é bofão, néam?! Tô boba! Achei que o bunito era heteroanta!


Voltamos para nossa cela e até esquecemos de pegar o padê com o KY. Felizmente ainda tinha um tiquinho entre os sutiãs de Charlotte Chandelle.
Enquanto as paredes do Presídio iam sendo tingidas de cores neon, Heather Small e o M People surgiram do nada na porta de nossa cela e começaram a cantar Love Rendezvous!
Passamos o resto da noite dançando pro M People invisível na porta da cela.
Ai, atóron ficar colocada! Vejo cada coisa!

Um beijo,

Maddyrain

Love Rendezvous


Master Mix

Radio Mix

K-Klass Klub Mix

Pharmacy Dub

Uno Clio Dub Vocal

My only weapon in my charm...

Selo "Chupa meu Edi" de Qualidade:

Como eu sei que muitas leitoras minhas são semi-alfabetizadas, então vamos à aulinha de francês com Mme. Maddyrain: rendezvous (leia "rãndêvú", com biquinho, tzá?) significa encontro amoroso. Craro que no Brasil virou randevu, que significa puteiro mesmo. Tzá, mel béin? Atóron a phynesse do Brasil!

Essa viagem loka pelo edi da Língua Portuguesa serviu pra dizer que Love Rendezvous é maravilhosa! Aliás, M People é (ou era) maravilhoso! Atóron a voz potente e arrasa quarteirão da Heather Small. Eu e minha amiguéenha Litta Walitta nos acabamos no bate cabelón!
Podem pegar a Master Mix que é uma delícia. Super M People. Tem que gostar de house phyno de qualidade. Se o seu babado é electro bosta, se joga em outro lugar!

O K-Klass Klub Mix é um dos meus remixes favoritos de todos os tempos! Atóron cada elemento desse remix! Desde o começo com aqueles vocais escandalosos até a batidinha happy house aceleradinha na medida certa! Maravilhoso!
Depois de anos cavocando os buracos da Internet, consegui o Pharmacy Dub que é, basicamente, a versão instrumental do K-Klass. Tudibom! Sijoga!
O remix do Uno Clio não é tão legal, então a xente encerra por aqui.

4 Bilus felizes:

André Mans disse...

q tal um filme sobre esse relato?
sucesso!!!!!!!

Fernanda disse...

Ai, Maddy, adoro cada episódio dessa sua saga no presídio. Vc devia publicar tudo isso aí, ia vender mais que Carandiru!
Bjo!

thedramaisburning disse...

kkkk, adoro os contos, rsrs
ahazou com celebration,
bee vamos pra deuiqui juntas....

Mia disse...

Adorei o relato...PM KY é demais!
Beijos phynna!

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela