Calor na bacurinha

Pego minha bolsinha, jogo um monte de camisinha lá dentro, tiro um pedaço super secreto do forro, entupo de padê, jogo meu absorvente por cima e estou pronta pra trabalhar.

Sinto um calor na bacurinha só de pensar no perigón de andar pela avenida, semi-nua, de salto alto e rostinho angelical.

Vou pro espelho, passo rímel, batom vermelho puta-do-Nordeste, ajeito a gilete debaixo da língua e estou pronta pra sair.

Sinto um calor na bacurinha só de pensar no filho da puta que tentar me dar o calote. Comeu, tem que pagar.

Vou pra rua, neca presa com Emplasto Sabiá, peitinhos ao vento, caminhando contra o vento, sem lenço, sem documento.

Sinto um calor na bacurinha quando para um bofe do bem e me chama pra conversar. Gato, pra você eu fazia até de graça.

Vou pra buatchi, me pinto toda de prateado, cabelo duro pra frente. Incorporo a Madonna do clip de Fever e ahazzo na dublagi.

Sinto um calor na bacurinha quando me chamam pelo microfone e a biluzada começa a bater palma.

Chego em casa e depois de tanto calor na bacurinha, a calcinha está toda molhada.

Ai que loucura!


Fever

Live from Saturday Night Live, 1993
Album Edit
Extended 12"
12" Instrumental
12" Intro W/O H3000
Hot Sweat 12"
Hot Sweat 12" Mix
Peggy's Nightclub Mix
Bugged Out
Bugged Out Bonzai Dub
Shep's Remedy Dub
T's Extended Dub A
T's Extended Dub B
Back To The Dub 1
Back To The Dub 2
Drum Dub 1
Bonton Infernal Dub
Bass Dub and Tag Piece
Instrumental and Extra Piece
Edit One
Edit One Instrumental
Edit Two
Murk Boys Miami Mix
Murk Boys Deep South Mix
Radio Edit
Oscar G's Dope Dub

Captain Smith and Pocahontas had a very mad affair...

Selo "Chupa meu Edi" de Qualidade:
Xente, vou contar para vocês uma das minhas piores decepções na vida. Eu era mocinha, peitinhos em fase de crescimento, xaninha despelada e me jogava assistindo o clip de Fever. Pegava um spray prateado e pintava todo o meu cabelo. Ficava igual à Madonna e ahazzava na dublagi. Finalmente chegou o grande dia, fui ao shopping e comprei meu CD do Erotica. Qual foi a minha surpresa quando começou a tocar Fever a versão do album não era a versão do clip!? Xente, eu queria morrer ali mesmo. PA-PUM!
Se você, assim como eu, prefere a versão do clip, se jogue no Edit One. Maravilhoso! Daniel Abraham é o must! Pra você ahazzar com o seu talento de Susan Boyle fodida da vida, pegue o Edit One Instrumental.

Com o tempo, meus amores, passei a atórar a versão original de Fever e hoje é uma das minhas favoritas. Aliás, o Erotica me deixa toda cagada. Fever é um housezinho safadjinho super maravilhoso produzido pelo Shep Pettibone. Uma das melhores parcerias de Madonna. Pegue a Extended 12" e ahazze no perigón. O Hot Sweat 12" é mais underground, um clima mais dark pra biluzada house curtir no after hours. Eu atóron! Meu sonho é me jogar no dark room ao som desse remix. Super diabolique!

Murk Boys emprestaram seus dotes musicais pela primeira e última vez pra Madonna em Fever. Eu não sou lá muito fã do remix deles pra essa música, mas o Murk Boys Miami Mix é até interessante e digno. Uma batida mais underground também, mas menos diabólica.

Se você é uma biluzinha dub como eu, sorria. Fever é entupida de dubs e afins. Começo indicando um dos melhores dubs de todos os tempos. Peguem e se acabem no Shep's Remedy Dub. Tudo de bom! Atóron cada elemento desse dub. Os backing vocals que não foram aproveitados na versão final são de deixar qualquer bilu cagada. Eu tenho certeza que Shep Pettibone andava com uns amigos um pouco macabros nesta época, porque os remixes que ele fez pra Fever têm uma pegada tão sinistra... O Bonton Infernal Dub é praticamente batidas e ambientação pra filme de terror em buatchi de vinhado. Tem uns vocais estranhos que me deixam toda assustada.
O Back To The Dub 1 utiliza os vocais da então inédita Goodbye To Innocence. Você consegue imaginar como as fãs ficaram na época do lançamento desse remix? Até imagino a bicharada se matando pra descobrir que garaio de música era essa que ela cantava!

Amores, Fever é repleta remixes e a maioria é promocional. Coloquei aqui os oficiais, como sempre. Sou suspeita pra falar, mas super recomendo se jogar em todos. Maddyrain é boazinha e colocou como bônus a versão ao vivo no Saturday Night Live de 1993. Uma graça a voz da Madonna grossa. Vale a pena.

1 Bilus felizes:

Litta Walitta disse...

Geeente eu fico toda gagada com Fever!! Atóron o perígon da Madonna!! :)

Ai como tem remix que eu nunca tinha ouvido, jesuis! Já tô me jogando no medáfire pra baixar tudjinho!

Só maddyrain pra me fazer voltar do limbo e dançar novamente como se não houvesse amanhã....

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela