Amor & Negócios

Acordei toda cagada. De um lado, Reynaldo, do outro, Marcos... meus filhinhos. Todo dia eu olhava para o céu e falava: Obrigada, Cher... Você ahazzou nos meus filhinhos, viu? Se quiser, manda mais uns três. Estou super afim de adotar mais alguns. Quero um gang bang só com filhinhos de Maddyrain. Meu telefone sem fio (também conhecido como torradeira) tocou e Murilo Muniz veio me despertar:

_ Dona Maddyrain, sua amiga Kilo Minhoca está na linha.
_ Inhaí, bon djia, vinhada, tá boa?
_ Inhaí, passiva. Deu muito nessa noite?
_ Sou uma trava com muito amor pra dar, Kilo Minhoca. Dou a noite toda, a manhã toda, a tarde toda... O dia inteiro...
_ Vadia. Gata, vamos comigo retirar o Barney do conserto? Ele quebrou de novo. Não tá aguentando o tranco.

Barney e Alexandre Pires formavam a dupla sertaneja de dildos de Kilo Minhoca. Depois de meia hora, estávamos sentadas na recepção da assistência técnica Work that Dildo esperando entregarem o Barney. Kilo Minhoca estava inconsolável.

_ Gata, brincar com um dildo só depois de conhecer os prazeres de duas máquinas rotativas no edi não é a mesma coisa. Se eu tiver que jogar Barney no lixo, será um aperto no coração! Terei que comprar Barney II hoje mesmo!
_ Xente, mas a situação tá assim brava no mercado, gata? A senhora não tem ido mais nas saunas, dark rooms, casa de swing, lambada, salsa e merengue?
_ A situação está brava gata... Eu gosto de neca bem grande e dura, aquelas que até machucam na hora da paulada na cara. Só tenho encontrado nequinha! Nem cosquinha fazem!
_ Ai que uó!
_ Me conta tudo agora, Maddie. Que porra de casamento foi aquele? Achei que não ia rolar nada!
_ Pois é gata... A melhor coisa que eu podia ter feito foi casar... Descobri no altar o babado todo! Fiquei bege. Antanibal estava casando comigo por dinheiro, você acredita!?
_ Justo com você? Uma fudida!?
_ Pois é! Não... calma lá... é mais ou menos isso, gata! A vó do mancebo está cagando sangue e dinheiro. Está prestes a morrer e decidiu que só deixaria a herança se... adivinha... ele se casasse com uma trava de looshu.
_ Ou seja, a senhora.
_ Pois é, meu amor. Fizemos um acordo e eu ficarei com 70% da herança, mais um flat looshuoso e a guarda dos dois filhinhos! Não é o máximo!?
_ Ahazzou gata!
_ O amor é assim, amiga... Ama mais quem paga mais.
_ Também acho.

O técnico chamou Kilo Minhoca e falou que o dildo estava sem conserto. Tadinha... tinha entrado gogozito no motorzinho e tava tudo perdido.
Bom, nem tudo. Miraculosamente, ele conseguiu transformar o Barney num radinho portátil em forma de neca. Fomos pra casa ouvindo Janet Jackson cantando That's the Way Love Goes no novo radinho de Kilo Minhoca.

Daqui alguns anos ele viraria peça num museu de arte moderna em Berlin. A arte é assim, meus amores. Hoje é feio e estranho, amanhã é conceitual.



That's the Way Love Goes

Album Version
Instrumental
That's the Way Love Goes/If (Medley)
CJ FXTC Club Mix
CJ FXTC Instrumental
CJ FXTC Bass Hit Dub
CJ R&B 12" Mix
CJ R&B 7" Mix
Macapella
We Aimsta Win Mix #1
We Aimsta Win Mix #2
We Aimsta Win Instrumental

I'm gonna make you crazy...

PodKétji da Maddyrain

Selo "Chupa meu Edi" de Qualidade:
Ai xente.... deixa eu falar... posso falar? Atóron essa música da Janet! Acho um looshu! Uma batidinha gostosa... dá vontade de aquendar uma neca. Pra quem não conhece e faz tempo que não aquenda gostoso, pegue a Album Version e se joga no bokétji. A versão ao vivo, onde ela faz um medley com outra música que eu amo, If (que um dia pintará por aqui), não é muito legal... aliás... Janet ao vivo não é legal. A bunita tem um gatinho na boca e só caga ao vivo.

Meu queridón CJ Mackintosh ahazzou nos remixes pra essa música. O R&B 12" Mix é super parecido com a versão original, apenas com umas batidas a mais e o tempo levemente acelerado. Nada muito digno de nota, mas como não fugiu da original, é recomendado.
Agora meus amores... o FXTC Club Mix é pra deixar a biluzada fã do house com a calcinha molhada. Batidas rápidas, vocais acelerados... um show do gozo múltiplo. Atóron!! O Bass Hit Dub é maravilhoso também, um pouco mais calma-lá-minha-filha, mas ahazzador de edi também.

Por último, temos uns remixes r&b dignos de alto nível de rejeição.

1 Bilus felizes:

DJ Benjamin Ferreira disse...

Ouvi por aí que tem uma bilu chamada Licky Lindinha querendo participar dos podcasts da Maddy Rain, e que a agente dela vai entrar em contato com a produção de Maddy.

Bjs e uma linda semana!

Alô?! Maddyrain chamando!

Você acaba de adentrar as entranhas do mundo de Maddyrain, uma profissional da "náiti guêi" de São Paulo que ama house music e decidiu fazer a boazinha e compartilhar parte de seu acervo musical.

Filhos da Maddyrain

Ocorreu um erro neste gadget

Maddyrain recomenda!

Arquivos da Maddyrain

Você é da caravana de onde?

Clientes:


Mais detalhes da clientela